A bruxa moderna mora no meio da Selva de Pedra, mas arruma um cantinho para uma queima de ervas, arruma um tempinho para seus feitiços e rituais, e faz como pode para ter a graça de ver a imagem de seus deuses. Pode ser uma imagem em argila, uma representação linda que viu na internet e resolveu imprimir! Pode ser um desenho, feito com suas mãos, e com o que tiver disponível em casa.

A bruxa vive com o que tem, ainda mais nessa pandemia, tentando sobreviver em casa! A magia na cozinha, mais do que nunca, ganha destaque! Os temperos têm seu papel de destaque. Orégano para aceitar e poder se resolver consigo mesma. Canela para prosperar! Um pouco de pimenta do reino para afastar certas coisas negativas e cansativas.

A foto é no meu quintal, de um ritual com fogueira, com a Deusa Athena, uma delícia!! Mas, lá ao fundo, pode ver as luzes de outro prédio. Fios telefônicos, fios elétricos na avenida. Talvez um poste, uma luz de um carro, e assim é. Tem trem, tem pessoas gritando, tem festa, tem motos barulhentas.

A bruxa moderna não é menos bruxa por não estar numa floresta.

Nunca menospreze o que você tem, ou o que você é. Aproveite tudo que estiver disponível.

Afinal, a bruxa é uma criatura transformadora! Somos criativas, vivemos sabendo que tudo tem seus ciclos – de vida e morte, mas também de mudanças e evoluções!

 

Heya!

Quer ajudar o blog a seguir com mais e mais publicações?

Vem conhecer o PADRIM << só clicar!

 

Autora: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

 

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.