Amar é também deixar ir.

Permitam-me contar uma historinha. Todo mês, trabalho com uma divindade diferente. Mudo os ciclos de acordo com as lunações. Inicio na lua nova, termino na lua minguante. Faço um trabalho chamado Tarot lunar. Quem quiser conhecer, é só me mandar um e-mail. Bem, nunca pensei em aprender com Afrodite, mas, quer saber? Foi incrível. Diferente do que muita gente insiste, ela não vem só para falar de sexo. Oh sim, ela fala disso, HEHEHE, mas não é só! Afrodite veio me inspirar, veio me ajudar a encerrar a maluquice que foi 2019, veio me desacelerar. Estava difícil sentar e sei lá, ver um filme. Ficava agoniada, tinha que fazer algo. Responder e-mails, talvez? Afrodite veio tirar isso, veio mostrar que isso me fazia mal e que, sim, o mundo pode esperar eu me recuperar para poder seguir – normalmente – no dia seguinte.

A Deusa do Amor pediu uma representação, lá no início de nossa jornada em dezembro, e eu fiz um desenho. Comecei resmungando, porque não sabia como fazer. Ela só sussurrou e me mandou soltar a mão. “Deixa o lápis deslizar no papel!”. Nem acreditei que fiz em questão de minutos! Consagrei com muito carinho e meditei. Ela disse que, como oferenda, ao terminar o ciclo, que a imagem fosse queimada e entregue à ela. Confesso que passei o ciclo todo pensando nisso…Bem, mas me foi uma lição também. Não foi fácil fazer isso. Eu me apeguei ao desenho (poxa, finalmente consegui fazer algo que eu também gostei!), não queria queimar. E assim, mais uma vez, ela fazendo eu me abrir e tentar.

Então… encerrei o ciclo de Afrodite para iniciar um novo ciclo, agora com Hades. Espero poder vir falar sobre ele também, haha!

Queimei a imagem. Só a tenho em foto agora, que jamais será a mesma coisa, contudo, tudo que ela ensinou e essa experiência final, não tem preço. Tudo tem seu propósito. Portanto, “quando terminar, deixe ir”.

Deixe ir, será libertador. Heya!

Como disse ano passado, passarei a contar mais de casos assim. Afinal, tudo evolui e a Oficina das Bruxas, com seus 8 anos, também merece evoluir. Tenho certeza de que essas experiências, ainda que eu não conte certas coisas mais íntimas, servirão como apoio e incentivo para muitas pessoas que estão aí na caminhada espiritual, na bruxaria, ou apenas tentando entender algumas coisas da vida.

 

Beijokas!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

 

Quer ajudar o blog a seguir com mais e mais publicações?

Vem conhecer o PADRIM << só clicar!

 

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.