A Lua Cheia acontece quando a lua brilha inteira, completa no céu, toda prateada. É nessa lua que trabalhamos a energia em sua totalidade. O amor completo e sincero, a prosperidade sem ser somente material, mas a plenitude, a celebração do poder em seu auge, como uma mulher grávida que só aguarda seu bebê nas últimas semanas. E é sobre esse poder de totalidade que vamos falar na sugestão de esbbath!

esbbath de lua cheia - esbá de lua cheia - esbat de lua cheia - ritual de lua cheiaComo falamos no artigo sobre os Esbbaths, a lua lhe dará mais poder no dia que ela entrar. Então, espere chegar o dia e faça seu esbbath de lua cheia. Existem milhares e infinitas formas de se comemorar um esbbath, este ritual é apenas um deles e tem como objetivo trazer plenitude para algo que você deseje muito. Pode ser que não tenha o resultado desejado de primeira, pois dependerá do tempo que você já tem de prática. Se é sua primeira vez, faça sem medo e refaça no outro mês, e no outro se for necessário também. A prática leva a perfeição.

O que você precisa:

  • o caldeirão – ou uma panela de ferro ou de barro;
  • louro e/ou alecrim e/ou pétalas de flor branca e/ou vermelha,
  • 1 vela branca;
  • uma ametista (espiritualidade) ou quartzo rosa (amor), quartzo verde (saúde), ou sodalita (sabedoria e conhecimento) ou pirita ou turqueza (dinheiro);
  • 1 taça de vinho (caso você REALMENTE não possa ter ou beber vinho, use suco NATURAL de frutas ou água pura);
  • uma maçã, a mais fresquinha que você conseguir;
  • opcional antes de começar o rito: ter tomado banho de alecrim com manjericão;
  • opcional 2 antes de começar o rito: limpar e proteger o ambiente com a fumaça de 1 incenso de mirra.
  • opcional 3: vá de roupa branca ou apenas não use nada.

O Esbbath de Lua Cheia

Faça o círculo mágico.

Acenda a vela, enquanto mentaliza e sente as energias ao seu redor se manifestarem. Se puder fazer isso ao ar livre, melhor ainda. Podem participar quantas pessoas quiser, apenas tenha uma maçã para cada pessoa.

Organize o espaço de modo que você fique bem próximo ao caldeirão e todas as outras coisas fiquem ao redor, tudo pertinho. O cristal escolhido deve estar com você (cada um pode escolher o cristal que preferir, de acordo com o que deseja), seja dentro do sutiã, seja num colar, mas que esteja com você.

Em seguida, diga em voz alta (se houver mais pessoas, falem uma por uma, e não precisa desejarem a mesma coisa, contanto que cada pessoa peça uma coisa só) o que quer que a lua potencialize, que traga esplendor, totalidade. Por exemplo:

“Lua Cheia, te peço que torne ainda mais feliz e amoroso meu relacionamento com Fulan@”

Ou, outro exemplo:

“Grande Lua Cheia, te peço que torne minha saúde mais firme, e forte como seu brilho no céu”

Ou, outro exemplo:

“Poderosa Lua Cheia, te peço que torne meu sucesso no trabalho ainda melhor”

Posso pedir todas essas coisas juntas só para mim? Não é que não pode, mas é você estará dividindo a energia em várias partes, fazendo assim com que não totalize coisa alguma. É como dividir 1 copo de água entre 10 pessoas. Vai acabar a água e ninguém vai matar a sede.

Feito isso, segure a maçã (se houver mais pessoas, cada um com sua própria maçã) e vá ver a lua. Olhe para ela, apenas contemple enquanto ela te energiza. Quando sentir-se pronto, feche os olhos e visualize seu desejo e a bênção da lua cheia energizar a maçã. A maçã, como símbolo de imortalidade, jovialidade, amor e até mesmo prosperidade, vai fazer esse papel muito bem.

Abra os olhos e dê uma mordida, com gosto, na maçã. Volte para seu caldeirão.

Queime as ervas escolhidas enquanto continua a mordiscar sua maçã. Cultue a lua… ame-a. Fale com ela, mostre seu carinho em palavras, em oração, numa música que seja… Fale do que vê nela em relação à magia, ou mesmo a algum fascínio seu.

Quando sobrar somente o cabinho, as sementes e um restinho (quase nada mais) da maçã, jogue no caldeirão. Coloque mais ervas e mais fogo. Agradeça.

Brinde com o vinho! Erga a vela ou leve para fora. Se você estiver já ao ar livre, apenas tome seu vinho tranquilamente. Mais uma vez, agradeça.

Desfaça o círculo mágico. Está feito.

Cristais podem ser usados normalmente para outros fins. Os restos que sobraram no caldeirão podem ser jogados na natureza. E o restinho de cera da vela jogue no lixo.

E é isso. Fique atento a todo os sinais, busque colaborar com seu pedido no dia a dia… e continue fazendo o ritual, ou faça quando precisar.

Até a próxima!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links: