O que você faria se fosse um gerente de banco, que vive uma vida louca, e… de repente… começasse a receber desenhos estranhos de um ursinho te observando? Vamos para mais um dos #ContosDaBruxa 👻 Hehehe!

Vamos chamar o gerente de Marcos. Bem, Marcos tinha acabado de pedir o divórcio, e agora a ex estava tentando dizer ao juiz que ele não cuidava da filha. A real é que ele tinha mesmo pouco tempo, mas ela simplesmente não cuidava e sumia no mundo. Ele estava tentando uma nova vaga em uma cidade mais tranquila. Marcos estava com a filha e estavam felizes. Porém, o juiz decidiu que teria um tempo de adaptação para a criança, que tinha autismo. Pois bem, ele não reclamou. Que assim seja, certo?

Depois dos dias de adaptação, a ex foi embora. A criança parecia bem. Porém, desenhos estranhos começaram a surgir. Primeiro, era só um ursinho, o Juju, que a menina adorava. Aí os desenhos ficaram mais mal feitos, feios, sujos, estranhos. Vinham com frases como “Olá? Tudo bem?” ou “Estou vendo você”. Ele perguntava e a filha dizia que não era dela.

Eu passou a guardar os desenhos e a ficar de olho. Nunca via a menina desenhar nada. Não podia ser ela. Conseguiu a nova vaga, foi para a cidade pequena. Só teria os dois na casa. Os desenhos não paravam. Irritado, ele começou a brigar com a filha, até que ela disse: é a mamãe. Porém, após dizer isso, chorou muito e ficou sem falar com o pai.

Como a ex-mulher não poderia estar ali, ele passou a suspeitar de magia. Será que aquela mulher teria feito magia para deixá-lo maluco? Devia ser isso! Ela queria fazê-lo brigar com a filha e assim perder a guarda!

Na hora do almoço… A menina comia, em silêncio. Ele abriu a geladeira e lá estava um desenho de um ursinho chorando, dizendo “Você vai me perder, você não me ama”. Ele se controlou e amassou o desenho. Jogou fora. Assim que mandou a menina para a escola, voltou em casa para pegar o urso e ver se tinha algo nele! E… Tinha mesmo… Uma câmera e um celular, hahahahaha! Não tinha magia nenhuma. A ex via ele pela câmera e ligava para a filha. Dizia que era só um jogo! Hahahaha! Sim, ela queria ele doido!

Calma, nem tudo é bruxaria!

 

Quer me contar sua história? Só mandar para o meu e-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

 

Até a próxima!

 

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

 

Quer ajudar o blog a seguir com mais e mais publicações?

Vem conhecer o PADRIM << só clicar!

 

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.