Agora já sabemos o que é a Arte da Bruxaria e quem é o Bruxo. Vamos falar hoje sobre o que é a MAGIA.

A magia é muito falada em toda e qualquer cultura. Circe foi uma grande bruxa com várias histórias da mitologia grega. Será que é possível tantos povos falarem de um mesmo assunto sem que ele exista? Obra de John Williams Waterhouse, l'envieuse Circe.

A magia é muito falada em toda e qualquer cultura. Circe foi uma grande bruxa com várias histórias da mitologia grega. Será que é possível tantos povos falarem de um mesmo assunto sem que ele exista?
Obra de John Williams Waterhouse, l’envieuse Circe.

Já esteve com alguém e sentiu-se inexplicavelmente mais alegre? Ou estranhamente triste e desanimado? Já esteve em algum lugar e sentiu uma sensação de crescimento interior? Como se ali você pudesse fazer tudo? Tem algum lugar que é “seu canto”, local onde você consegue desenvolver suas ideias, ou algo do tipo? Esses sentimentos especiais se dão por conta da energia presente no momento. No caso de alegrias, renovações, crescimento, sentimento de crescimento temos o que você pode entender como energia boa. Em casos de depressão, tristeza, sentimentos ruins temos o que se pode entender como energia ruim ou sugadores.

A natureza tem uma energia imensa, neutra e facilmente moldável, ao contrário das pessoas. Os seres humanos são complexos demais. Quando estamos felizes podemos funcionar como amplificadores de energia. Podemos contagiar todos ao nosso lado. Quando estamos tristes temos efeito ao contrário, nós apagamos a energia, e podemos ainda sugar a energia das pessoas próximas de nós. Sugar energia também pode ser feita propositalmente, mas não é sobre isso que falaremos agora.

Existem pessoas que não entendem quando se fala em energia positiva ou negativa. Tudo no universo tem duas polaridades, como vemos no Yin Yang, deus e deusa, positivo e negativo, luz e sombra.

Tudo é energia. Nós possuímos uma forte e incrivelmente transformadora energia capaz de se expandir e contrair.

Ainda não entendeu como diferenciar a energia?

Pois bem, vamos aos exemplos práticos:

Digamos que eu queira fazer um ritual para renovar minhas forças, para trazer prosperidade para minha vida. É comum que o bruxo observe as fases da Lua para tais feitos. Vamos analisar: a Lua cheia é poderosa para muitos fins, é a Lua em sua fase plena. A Lua Crescente é a fase onde a natureza está literalmente crescendo, se desenvolvendo. A Lua Nova é o início, é época das sementes começarem a fincar suas raízes e se preparem para crescer. Já a Lua Minguante é a fase da morte, do fim, hora de ceifar. Qual dessas Luas é a mais apropriada ao meu ritual? Bom, se preciso de prosperidade e renovação nada melhor que a Lua Nova! Poderia ser feito numa Lua Crescente ou Cheia, mas não teria a força da renovação que possui a Lua Nova. A Lua Minguante é única não indicada, visto que ela finda ciclos. Se eu desejo renovação, é porque já estou em processo de fim de ciclo, sim, se eu já estou pensando numa nova fase é porque para mim a fase que vivo já está na hora de sumir.

Viu só como podemos diferenciar a energia e poder então aproveitar de diversas formas suas transformações? Tudo é energia e está em constante transformação. Se a energia não se transforma é porque algo está errado.

Nossa mente é capaz de mover muita energia com muita força de vontade. Essa força de vontade aliada à fé e ao treinamento de seus talentos somados temos o nascimento da Magia. Conseguiu entender agora?

Magia é energia direcionada para atender alguma necessidade.

Por isso dizemos que de nada adianta juntar um bocado de ingredientes, fazer fogueira, pagar dízimo, seja lá o que for que pede sua crença e começar a orar se não houver força de vontade, fé e consciência que nós somos seres com habilidades incríveis de transformar mesmo apenas com palavras. Aí você me pergunta, se a energia é tão importante, porque para fazer um feitiço precisamos de ingredientes[bb]específicos? Bom, responderei isso em outro post!

Rosea Bellator

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Veja mais posts sobre a Arte da Bruxaria

Parte 1  – a arte da bruxaria

Parte 2 – bruxaria é religião?

Parte 3 – quem é o bruxo?

Parte 5 – os ingredientes das bruxas

Parte 6 – as artes divinatórias (introdução)

Parte 7 – feitiços e rituais (parte 1)

Ver mais continuações