Os Vampiros energéticos são um caso complicado, pois estamos falando de pessoas e não seres “malignos”, portanto precisamos de paciência, observação e claro, consciência dos nossos limites para que não acabemos mal.

“Quem pode ser o vampiro energético?” – Drácula? Edward? Seres que aparecem na calada da noite? Não! Infelizmente, os vampiros energéticos podem ser qualquer um. Podem ser um de seus amigos, parente, colega de trabalho – ou seja, alguém bem inesperado e que está do seu lado todo dia. Não vem escrito na testa quem é e quem não é, por isso, olhos atentos! Vamos ver como identificar e possíveis maneiras de dar um jeito nisso.

vampiros energéticos - vampiros energéticos texto

Os vampiros que existem são vampiros energéticos. Não, não chupam sangue. Se você sente vontade de beber sangue ou morder alguém é provável que tenha a doença chamada “raiva” ou uma outra chamada “porphyria “. Procure o médico.

Vamos ver uma lista com várias atitudes dos vampiros energéticos. Claro que uma mesma pessoa não terá todas essas atitudes, mas se ela apresentar umas 2 de forma marcante ou mais, preocupe-se.

Importante: identificar-se um pouquinho com as descrições é comum, você deve preocupar-se somente se as situações estiverem acontecendo com frequência. Se estiver acontecendo com grande frequência e intensidade, associe o tratamento diário com auxílio médico.

Atitudes mais comuns dos Vampiros Energéticos

1 – A pessoa fala demais, sem parar, sempre querendo toda atenção.

2 – Sempre é vítima de algo. A família a odeia. O chefe é um ruim. Os amigos são falsos. Ela “vive tendo pesadelos”. Se alguém discorda dele logo a pessoa é ignorante, preconceituosa, ou qualquer coisa do tipo. Nada dá certo. Impressionante, não?

3 – Seu ego é incontrolável! Se alguém fala baixo já acha que é porque está falando mal dele. Se alguém olha para o lado, é porque está disfarçando que estava espionando. Tudo que acontece é por causa dele.

4 – Grita, se descabela, e tenta conseguir tudo que quer por meio de agressões físicas ou verbais.

5 – Os vampiros energéticos também podem apresentar mania de sabe-tudo. Não importa o assunto, ele sempre estará certo e você errado. Mesmo que você conheça o assunto há anos.

6 – Críticos. O que você fizer estará errado. Feio. Irregular. Sem graça. E o que você disser ele vai usar contra você. Tem percepção e memória incrível, mas usa apenas para desprezar, acabar com a força de vontade dos outros.

7 – Nada é culpa deles. Ele está no carro a mil por hora, passa o sinal vermelho, mas a culpa será do pedestre que estava atravessando.  Chegou atrasado no trabalho? Culpa da mãe que não o acordou. E por aí vai.

8 – Vive em crises ou extremos… desnecessários. Ou seja, a própria pessoa caça os problemas para poder ter do que se queixar.

9 – Se distancia das pessoas e depois as culpa por “abandono”. Faz chantagem emocional. Faz mistério sobre tudo e não aceita ajuda – e depois reclama que ninguém ajuda. Complicado.

10 – A pessoa é incapaz de ouvir. Vai te interromper toda vez que abrir a boca para falar, não importa onde ou qual o grau de importância do que estiverem conversando. O vampiro energético vai te parar para falar da vida dele. Qualquer coisa sem valor algum. Não espere que ele se manque.

11 – Imagine a cena: você ao telefone, fazendo cálculos para um cliente, olhando uma tabela complicada, pensando rápido em como vender num preço bom e a pessoa chega do seu lado, te atrapalha, não quer saber o que você está fazendo e ainda sai reclamando que você “é estúpido”.

12 – Você está contando para seu amigo uma coisa terrível que aconteceu, aí vem o vampiro e diz que com ele aconteceu algo pior. Se você leu um ótimo livro, ele leu um melhor. Ele sempre tem ou fez algo melhor ou muito mais terrível que você.

13 – Tem um projeto em mente e está contente? Nem fala para o vampiro, pois ele vai te desanimar dizendo que é difícil, que vai precisar de ajuda, mas ninguém ajuda ninguém, que você sem grana será quase impossível…

14 – Está se sentindo lindo para a festa? Se prepara para a crítica. Os vampiros energéticos acham defeito em tudo.

15 – NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓTESE ALGUMA fale sobre amor com vampiros energéticos. Ele sempre terá uma situação terrível que o fez desiludir do amor. Vai dizer para você sair dessa. Depois vai dizer que torce por você. E vai ficar nessa “duas caras” até você brigar com seu parceiro. Aí o vampiro chega falando mil coisas pra você terminar duma vez.

16 – Qualquer dor ele já acha que está super doente. E pede para você ir ao hospital com ele. Lá, vai ver que não é nada, mas ele vai insistir. Precisa de atenção, e vai se encher de remédios que viu no Google.

17 – Adora questionar. Você vai sair? Pra onde? Com quem? Por que? Quem mais vai? Posso ir? Ah, não posso ir? Porque? Você não gosta mais de mim? Poxa, pensei que éramos amigos! … E vai te perturbar, chantagear, chorar, fazer o diabo a quatro até conseguir o que quer: você chateado.

18 – Narciso problemático. Ele se acha lindo, mas fica falando que é feio esperando elogios. Não basta um “está bonito”, senão irá fazer drama. Compete aparência com TODOS, e repara em detalhes insignificantes.

19 – Esse em especial, fique alerta: adora bajular. Escolhe alguém e vive bajulando. Se a pessoa mudou o cabelo: MEU DEUS, QUE LINDO! E vai postar nas redes sociais “best friend forever” e vai atacar qualquer amigo seu que aparecer na parada. Ele tem que ser seu único amigo. Terrível.

20 – O senhor das promessas e das cobranças. Ele promete que vai fazer isso, aquilo e tudo que puder imaginar. Claro, não vai dar tempo. Aí começa a pedir desculpa, chora, faz drama, a família não ajuda, etc etc. Mas experimente dever… ele vai cobrar todo dia. Numa brincadeira, no telefone às 2 da manhã, no seu almoço, no casamento da sua irmã…

Como lidar com os Vampiros Energéticos

É comum que tentemos ajudar, mas a pessoa precisa querer se ajudar também. Recomendo, portanto, que se quer ajudar a pessoa a melhorar seja franco e diga logo tudo de uma vez. Ah, não pode falar porque é alguém como um chefe? Então proteja-se.

Não deixe sua aura livre para o sugador. Como se proteger? Banhos purificadores, abre caminhos, protetores, energia negativa, feitiços de proteção, contra inveja, amuletos como turmalina negra, ametista, pedras solares e repelentes.

Dar adeus e nunca mais ver a pessoa também resolve. Sem dó, é sério. Principalmente se essa pessoa não for alguém importante na sua vida.

É da família? Aquela tia que vem todo sábado quando sua família se prepara para sair? Comece a dar uns cortes. Não leve a pessoa com você, ela precisa aprender que não é assim que se age. Se ela quer bater papo, avise que vem. E se vier de surpresa, lide com a consequência. Ninguém é obrigado a adivinhar que fulaninho vai aparecer bem na hora que você está saindo.

Porque esses avisos?

Os vampiros energéticos literalmente se alimentam da energia dos outros. Suga nossa aura, nossa vontade, cansa nossa mente e corpo. Ele é vazio, portanto é como um buraco negro! Te deixa sem ânimo de fazer qualquer coisa, te deixa fatigado, sem vontade mesmo de fazer o que gosta. Sua energia vai embora. Pode nos levar a depressão, loucura, raiva, pode trazer doenças psicológicas e até mesmo físicas como anemia.

Uma boa parte desses vampiros energéticos nem sabem que o são, por isso o conselho de conversar com a pessoa, ser franco. E se você mesmo for um… cuide-se! Tente notar como as pessoas ficam depois que saem de perto de você, as coisas que acontecem com você, como as pessoas te tratam… Os que sabem normalmente são as pessoas que tem certas atitudes no intuito não só de te sugar, mas de magoar, chatear, maltratar mesmo…

Cena do filme "Entrevista com Vampiro". Texto vampiros energéticos - vampiros energéticos

Cena do filme “Entrevista com Vampiro”.

E esses vampiros lindos medievais? Existem? Não, só no filme “Entrevista com Vampiro”.

Até a próxima!

Rosea Bellator
Email: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto e imagens é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links: