Coisas caindo, quebrando do nada. Vultos esquisitos. Sensação de arrepios…Sonhos cansativos, repetitivos, vozes estranhas… E isso só acontece na sua casa? Quando você vai para outros lugares, casas de outras pessoas, nada disso acontece?

Pode ser que exista alguma energia maligna na sua casa. Seja magia contra você, seja espírito, energia podre de alguém perverso que more com você. É possível banir isso, ainda que não de uma só vez.

Vale se atentar a alguns detalhes:

1. Se for algo como um espírito que fica grudado em alguém, exemplo: que tenha vícios como bebida, aí é muito mais complicado… pois ainda que se expulse o ser, ele pode voltar quando a pessoa sair de casa. Ou seja, também é preciso mudança da parte da pessoa.

2. Pode ser que não seja nada de fora… pode ser algo que você mesmo cria. Afinal, nós temos poder. E quando nos fixamos em algo, exemplo: insistir em ser muito pessimista, isso vai criando uma energia densa e horrível de se livrar. Como um grude. Não é fácil mudar pensamentos, hábitos, portanto, procure ajuda profissional.

3. Pode ser que você se livre do problema, de primeira. Mas, se for algo que foi enviado, a pessoa que enviou pode retornar a enviar… Então, se percebeu que tudo melhorou e de repente voltou…já sabe. Pois é, nada é permanente. Você expulsa e dali um tempo pode ser que volte a mando de alguém.

4. Este ritual é voltado para o lar e as pessoas que moram nele. Pode ser usado para um escritório, um negócio comercial, qualquer lugar que possua um local físico, 4 paredes.

5. Recomendo fazer o ritual bem no finalzinho de lua minguante, o que chamamos de lua negra. Lá para o penúltimo ou último dia de lua minguante, qualquer hora. Pode repetir quantas vezes quiser e julgar necessário.

Sugestões

Chame alguma divindade ou entidade que você já cultue para te dar forças e te ajudar com proteção. Não existe forma certa de fazer isso, faça como está acostumado.

Quem não cultua/não tem conexão com divindade/entidade alguma, recomendo que faça um feitiço de proteção de sua preferência antes do ritual.

Antes do ritual, tome um banho mágico de limpeza, algo como arruda ou cascas de alho.

É interessante usar algum amuleto/talismã de proteção pessoal.

Antes do ritual, evite se empanturrar de comida ou bebida.

Separe tudo para não sair no meio do ritual… e acabar enfraquecendo a energia. Lembre-se de que está expulsando algo realmente ruim da sua casa… Não pode ficar dando bobeira.

O que você vai precisar

  • Caldeirão ou outro recipiente onde você possa fazer fogo
  • 3 velas pretas e 3 velas brancas
  • azeite ou outro óleo ritualístico de banimento ou limpeza
  • enxofre em pó
  • para queimar dentro do caldeirão: ervas relacionadas à banimento e limpeza, e adicione pequenos galhos ou carvão, para ficar mais tempo queimando. Use papel branco, fósforo e/ou álcool para te ajudar a queimar. Evite usar parafina para queimar no caldeirão, já que faz mais fumaça e tem um cheiro bem desagradável… pode te atrapalhar.

O Ritual

Antes de tudo, se for seguir a sugestão e invocar alguma divindade/entidade, já faça agora.

Faça um círculo mágico sem demarcações físicas. Use suas mãos ou o que preferir para lançá-lo no ar, apenas ao redor de si mesmo. Diga algo como “Eu lanço o círculo mágico somente ao meu redor, que me acompanhe para onde eu precisar caminhar durante o ritual. Que seja bem-vindo o auxílio de todo ser de luz que deseje o meu bem”.

Ao redor do caldeirão, não muito perto para não derreter demais, coloque as velas pretas à esquerda e às velas brancas à direita. Unte as velas pretas com azeite e então passe o enxofre em pó. Não acenda ainda.

Acenda o fogo do caldeirão, e, com firmeza e determinação, vá jogando as ervas aos poucos. Você vai começar a falar algo como…

Eu invoco as forças do fogo purificador

Que bane tudo que é podre, que transforma, que cura

Venha fogo, venha para o meu lar

Eu invoco toda sua força para nos limpar

Venha e fulmine este ser maligno

Esta energia densa e negativa

Queime o mal que há neste lar

Atrapalhando a vida as pessoas que vivem aqui

Venha Fogo Divino, Fogo Sagrado

Acenda as velas pretas, que estão untadas e com enxofre em pó. O enxofre tem um cheirinho meio ruim mesmo, evite ficar muito perto da vela queimando. Prossiga com os encantamentos. Algo como:

Que toda energia maligna presente nesta casa

Espírito, magia para o mal, foco de negatividade

Que sejam expulsos

Que sejam banidos

Saiam deste lar

Que o Fogo Divino os Queime e Transforme 

Eu, como morador deste lar, te expulso

Saia daqui

Eu chamo a força do fogo

E com a luz brilhante da purificação, expulso todo mal

Não tenha pressa. Faça sua magia com o coração determinado, confie no que está fazendo, não hesite, não pare no meio. Talvez ouça alguma voz ou barulhos insistentes para chamar atenção… é só uma forma de te atrapalhar.

Enquanto a vela preta queima, se quiser também chamar por sua divindade mais uma vez e pedir ajuda para banir o ser/energia/etc, pode chamar. Essa é a hora.

Volte para o fogo do caldeirão. Se estiver apagando, faça mais fogo. Volte a chamar a força do fogo divino, o fogo purificador, para banir e transformar.

Então, agora é hora de acender as velas brancas.

Se quiser untá-las com algo como óleo de alecrim, algo de proteção, fique à vontade. Ao acender as velas brancas, peça por proteção. Visualize a energia do fogo se expandir por toda a casa. E conforme o fogo se expande, a energia se torna suave. Como se nascesse novamente.

Visualize a casa ser protegida por focos de luz.

Se concentre. Sinta o calor do fogo. Deixe que purifique você também. Não tenha pressa…

É normal que se sinta tenso, mas tente não entrar na onda do medo.

Deixe as velas queimarem. Deixe o fogo do caldeirão apagar aos poucos sozinho. Abra janelas e deixe ventilar.

Espere até que todo fogo tenha acabado e a última vela tenha derretido completamente… Então, já pode agradecer a todos que invocou e desfazer o círculo.

É normal que se sinta exausto. Magia consome energia, assim como fazer exercícios ou trabalhar. Tome um banho, coma algo leve e vá descansar. Depois você faz uma oferenda, sem pressa, na natureza, para o Fogo e aqueles que invocou. Algo como vinho ou frutas ao pé de alguma árvore. Se tiver uma oferenda que está costumado a fazer para sua divindade ou entidade, faça também.

Está feito.

 

Até a próxima!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.

 

8 COMENTÁRIOS

  1. Abri aqui pois comentei hoje com minha mãe que a casa está com uma energia pesada. Entrei aqui no blog procurando outra coisa e dei de cara com o ritual. Estava lendo a descrição do ritual e conforme eu lia o banimento, na minha cabeça mesmo, comecei a sentir uma tensão, um clima estranho, um certo medo. E logo depois, um odor doce, que durou alguns segundos e sumiu.
    E isso porque eu apenas li, não fiz nada.
    Acho que isso é um sinal FORTE de que preciso fazer algo logo.

    • Não amore… não dorme não…
      Você tem que ficar firme e forte, acordada, para ficar de olho. Pode ser que o ser não seja totalmente expulso…
      Se estiver dormindo, como vai notar como as coisas estão andando?

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.