Olá pessoal!

O artigo de hoje não é um “pedaço de conhecimento”, mas sim uma proposta!

Sim, uma Proposta Bruxesca! Hehehe!

Uma Proposta para quem está interessado de verdade na magia, que quer aprender ou invés de ficar pedindo feitiços pra isso e aquilo.

Muito bem, você aceita?

proposta - proposta bruxesca

Abaixo coloquei algumas questões para que estudem, reflitam e tentem responder para si mesmos. Não vou “corrigir” nada. São questões práticas, teóricas, questões sobre a vida espiritual, material, valores e indicações de exercícios para você mesmo. Por que isso? Porque só pensando por si mesmos é que vão entender o que é a magia, e para que estudá-la. Ah sim, anote tudo 😉

Atenção! Levar essa proposta à sério pode fazer sua mente expandir.

Para refletir:

1 – Sem frescura, sem encher de glamour, pois somos seres humanos e temos defeitos sim. Pensando nisso, pergunte para si: Porque quero aprender magia?

2 – Por que evito tanto lidar com meu lado espiritual?

3 – Por que falo mais do que escuto e observo?

4 – Por que procuro mestres ao invés de ser meu próprio mestre, procurar seus livros, estudar e ter minhas próprias conclusões? Por que evito pensar, usar o raciocínio junto da intuição, quando é basicamente isso que acontece com os bruxos, xamãs, etc? (Ou seja, não dá para ser “somente lógico” nem “somente movido por intuição”).

5 – Para que ter poder? Afinal, existem diversos tipos de poder, como poder sobre si mesmo, poder interno, poder para controlar algo… Defina qual poder REALMENTE deseja, para que o quer.

Para estudar:

1 – O que é feitiço de banimento e quando usar? O que é feitiço de proteção e quando usar? O que é feitiço de prosperidade e quando usar? Afinal, feitiço dá certo? Sim, não? Por que às vezes dá certo, por que às vezes não?

2 – Posso fazer ritual para qualquer deus, isso todos sabem. Mas posso, num mesmo ritual, invocar deuses de culturas diferentes? Sim? Não? Porque?

3 – O que significar acender uma vela no meu altar? Afinal, o que me representa o altar?

4 – O que são símbolos? Porque devo estudá-los? Tem alguma importância?

5 – Por que devo estudar para que serve cada erva? Cada cristal? Preciso ter uma tabela enquanto não aprendo, para consultar?

6 – Quando devo fazer um ritual, ou seja, invocar grandes forças? O que é envolvido num ritual? É algo banal que pode ser feito rapidamente?

7 – Sobre oráculos, sabemos que não existe “o melhor oráculo”, pois cada pessoa tem sua afinidade… Responda: porque é bom aprender ao menos 1 oráculo? Quais os benefícios e responsabilidades? Identifique ao menos 5 tipos de oráculos.

8 – Falando em responsabilidade: quais as responsabilidades de se usar magia?

9 – O que são as religiões? Para que servem? Identifique algumas religiões e pesquise sobre elas, veja onde são iguais e onde diferenciam.

10 – Wicca é bruxaria? Sim, não? Porque? O que é wicca? O que é Bruxaria? Pesquise sobre ambos, compare.

Exercícios para fazer no dia a dia:

1 – Escreva uma carta para si mesmo.

2 – Medite 20 minutos por dia. Somente você e o silêncio.

3 – Agradeça mais do que reclama. Para cada vez que esquecer de agradecer, obrigue-se a guardar 10 reais.

4 – Separe 1 dia no mês para passar o dia inteiro sem internet, sem fofocas, sem música. Apenas leve um caderninho, lápis e fique perto da natureza, anotando pensamentos, coisas que observa no ar, na terra, nas plantas, no seu espírito, etc.

5 – Todo final de semana: leia ni mínimo 1 capítulo de um livro de magia e pratique algum feitiço, exercício ou ritual. Faça 1 ritual por mês de agradecimento aos seus deuses/guias/universo/anjos, ou o que você acreditar.

Sugestões:

1 – Leia 1 livro sobre magia pelo menos a cada 2 meses, anote tudo que achar importante, pesquise tudo que não entender.

2 – Use algum oráculo para seu autoconhecimento 1 vez por mês.

3 – Faça um caderno e anote todo final de semana como foi a semana toda. Anote a lua, o clima e sonhos.

4 – Todo esbbath separe um banho mágico para abrir caminhos e escolha uma má atitude ou hábito para tentar amenizar. Passe a comemorar os sabbaths, nem mesmo que seja acendendo um incenso, fazendo uma comida diferente e uma meditação em casa.

5 – Ao invés de pedir, pedir, pedir, procure ajudar, ajudar, ajudar. Procurar, procurar, procurar. Ao invés de sentar e só falar, ouça, tome uma atitude[bb].

Ao final, guarde tudo isso num envelope, junto da carta que escreveu e releia daqui a alguns anos, 1 ano, e faça um comparativo: você antes e depois. Ah sim, tudo que perguntei aqui ou deixei para refletir, já falei sobre algo no blog, portanto nem adianta me perguntar nos comentários porque não responderei nada relativo às questões colocadas aqui, sem cola! HAHA! Se virem, pesquisem! Já ajudei demais 😉

E essa é a proposta.

Desejo o melhor para todos vocês que aceitarem a Proposta Bruxesca!

Au revoir!

Rosea Bellator
E-mail:
 oficinadasbruxas.odb@gmail.com

COMPARTILHE !
Artigo anteriorHades e Perséfone: Feitiços e Rituais
Próximo artigoMeditação com Ártemis – Tomando uma Decisão
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

19 COMENTÁRIOS

  1. Rosea me passa o grupo do blog? Por favor, estou louca para conhecer bruxinhas e bruxinhos :'( infelizmente sou uma solitária, fica difícil não dividir experiências mágicas as vezes!

  2. Amei a proposta Rósea, estou aceitando de mente aberta.
    Desde que comecei a me dedicar seriamente ao estudo da arte venho lendo seus post, todos muito inspirador.

    Abençoada seja.

  3. Bom dia. Sigo Você e seus ensinamentos. Hoje ao ler este artigo sorri comigo mesmo. Danadinha você! Num exercício vamos repassar parte de nossa história, nossas motivações e conhecimento. Parar, analisar e prosseguir . Valeu. Bom dia e muita luz para você.

  4. Perfeito, obrigada por dar essa grande ajuda para o início de minha caminhada. Descubro a cada dia que ainda não sei nada, mas vou atras de todas as respostas sem medo.

  5. Olá Rosea…

    Valeu o artigo, como sempre veio na hora certa. Várias coisas desse roteiro eu já incluo na minha vida, mas como alguém que tem Netuno (o disperso) na casa mais alta do mapa natal já viu né? Aqui comigo é tudo meio disperso. Vou concentrar então usando esse guia que vc postou e avanteeeee…

    Namastê!!!

    Débora

  6. Amei de paixão!!!! Digo de ser lido e relido e fazer isso. E deixar o universo fluir a nosso favor. Era desse post que estava precisando para o dia de hoje, muito obrigada!!!!

  7. Rosea adorei a ideia, penso também que seria bem legal se pudêssemos ter um chat, para que entre as pessoas que fazem parte da filosofia pudessem se conhecer, trocar ideias sobre o que lemos, o que pesquisamos….ou até mesmo por skype O que vc acha?

    • Nadia, acho bem legal essa ideia… inclusive fiz um grupo faz tempo, mas parece que as pessoas em geral não querem compartilhar, só o famoso “venha à mim” e isso me irritou bastante.
      Vamos ver num futuro próximo 🙂

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.