Continuando o Estudo do Tarot, vamos seguindo com a carta d’O Julgamento.

Vamos ver seus símbolos, cores, personagens, o que significa e mais. Esse estudo servirá para todos que seguem o estilo do Tarot de Marselha, ou seja, para todos que possuem  a mesma simbologia.

O JULGAMENTO

20

A carta do Julgamento, que também pode aparecer como “O Juízo Final”, ” A Ressurreição” ou ainda como “O Aeon”, mostra a consciência, o teste, as duras provas.

Quem são essas pessoas? Alguém está ressuscitando? E o anjo com a trombeta? E esses raios saindo das nuvens? E essa paisagem dourada?

Todas essas questões e reflexões são válidas para essa carta!

Abaixo temos algumas imagens, de outros tarots, da carta do Julgamento. Observe atentamente os símbolos que se repetem.

o julgamento arcano xx 20

Pontos em comum da Carta do Julgamento

  1. O anjo na nuvem;
  2. Trombeta
  3. Uma pessoa saindo de uma tumba;
  4. Pessoas ao redor da tumba, saudando a reencarnada;
  5. Bandeira ou colunas de duas cores;
  6. O número 20;
  7. Céu limpo atrás do anjo.

Mas então, o que esses pontos querem dizer?

Esses pontos mostram o que essa carta quer dizer quando sai no seu jogo, ou seja, os aspectos da carta, porque ela é o que é, porque ela tem os significados que conhecemos atribuídos a ela.

Vamos ver um por um.

1. O anjo nas nuvens

O Sol é o brilho, é a luz, é a vida necessária para nossa sobrevivência. O Sol traz o alimento da natureza, traz energia. Sem o Sol estaríamos condenados, então sim, o Sol é extremamente vital e importante para nós, portanto esta carta mostra a positividade e toda energia contida na vida, que flui em abundância.

2. A Trombeta

A trombeta é o alerta! Impossível não se ouvir! É a hora da verdade. Sabem quando chegou a hora de uma coisa muito importante e alguém grita “Soem os tambores!”? É bem isso. Também podemos lembrar da passagem da Bíblia e outras mitologias onde aparece algum tipo de anjo ou mensageiro que toca uma trombeta para ressucitar, chamar ou avisar algo/alguém.

3. Uma pessoa saindo da Tumba

É o emergir das sombras. Quando somos acordados. É nossa consciência tentando falar, tentando voltar à luz! No Tarot Mitológico temos Hermes visitando o Hades, já no Tarot Egípcio temos a alma (aquela pássaro com cabeça humana) saindo ou voltando para o corpo mumificado. Todos nós queremos a luz, a lembrança, queremos viver. E viver com a consciência dura, pesada, cruel… é difícil. O Julgamento vem para mostrar que é possível, após um período de reflexão e testes da alma, que voltemos à vida.

4. Pessoas ao redor da tumba

As pessoas ao redor das tumbas, visto no Tarot de Marselha representam a ansiedade, as pessoas que nos amam, que esperam que nós voltemos para elas. Por mais que nos amem, sempre tem uma situação que temos que confrontar sozinhos, e as pessoas ficam apenas esperando nossa melhora. São o apoio, divino ou não. Você não está sozinho, ainda que no fundo do poço.

5. Bandeira ou colunas de duas cores

A Bandeira que o anjo do Tarot de Rider Waite segura e as colunas atrás de Hermes, no Tarot Mitológico possuem o mesmo objetivo: falam de luz e trevas, consciente e inconsciente tentando se alinhar. É importante, pois nos lembra que o astral deve caminhar com o físico. O que acontece no espírito é refletido no corpo e vice-versa.

6. O número 20

Aqui temos o 2, ou seja, o número da família, do companheirismo, do equilíbrio. Ao lado temos o 0, o número das infinitas possibilidades! Aquele que é tudo e também pode ser nada. Se vermos o 20 teremos uma força divina, intensa, grandiosa em busca do equilíbrio e podemos ver isso como carma. Afinal, o carma tem a função de ensinar, de trazer equilíbrio, não é?

7. O céu limpo

O céu limpo mostra que no céu há paz, há discernimento, há luz. Atrás de Hermes, lá atrás, podemos ver uma paisagem bela. Ou seja, a vida! A carta do Julgamento não é uma carta ruim, ela fala muito sobre testes e aprendizados dados pelos deuses. E esses testes possuem apenas o intuito de nos fazer aprender e evoluir.

Mas nem tudo são flores…

Há Aspectos “Negativos”

Terrível, mas é… tudo tem seu lado negativo, ou que pelo menos nos alerta do que será negativo. Mas o que isso quer dizer?

Como vimos, O Julgamento é uma carta que fala sobre as provas da vida, mas só saberemos mesmo o que ela significa, dentro de um jogo, ao vermos o contexto que vem acompanhando-a. O Julgamento pode representar também:

  1. Momento de sérias dificuldades;
  2. Você está sem fé;
  3. Atitude no momento errado;
  4. Tolices;
  5. Rebeldia contra o que você mesmo causou;
  6. Momento de revelações de coisas que você fez de errado;
  7. Pensamentos excessivos;
  8. Depressão;
  9. Hora de começar tudo novamente.

Os aspectos negativos não aparecem sem motivos, são parte de toda a simbologia que vimos, faz parte da figura do Julgamento, da sua situação, só que de forma “ruim”. Quem nunca passou por aqueles chamados “testes de fé”, que é quando inúmeras coisas acontecem, fazendo que nosso coração fique dolorido e os pensamentos voando.. achando que o mundo é cruel, que os deuses nos abandonaram… E aí você se toca que esse é o momento certo para provar sua fé aos deuses que tanto presta orações ou cultos. Então você se levanta do fundo do poço e passa a entender todo aquele sofrimento.

Os aspectos negativos e positivos, etc,  vão além do que mostro aqui, espero que estudem e através da prática, percebam isso com maior facilidade. Recomendo meditação e análise da carta, somente você e ela, numa conversa, ou numa poesia, numa redação. Explore o arcano, seu arquétipo, em possíveis situações. Faça uma pergunta e, dentro de seus significados, tente ver como ela pode te responder e assim vai aumentando seu conhecimento com esse oráculo tão antigo!

Se quiserem ver de forma mais geral todos os arcanos e algumas formas de jogar, cliquem aqui:  Tarot.

Quer ver outros arcanos? Clique aqui: Estudo do Tarot – Carta por Carta.

E vamos que vamos com nosso estudo!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

5 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Gostei da sua explicação, Parabéns! Tenho uma dúvida e talvez você possa me ajudar. Joguei tarot num site esotérico e a posição do jogo que mostra o que ele sente por mim foi a princesa de espadas. Dei uma pesquisada na Internet e percebi que não é uma carta de sentimentos recíprocos, pelo menos foi isso que pude entender, mas ainda tenho dúvidas. O que quer dizer exatamente essa carta, nessa posição? Obrigada

  2. O exemplo do chinelo é simples e certeiro. É a realidade que se reapresenta em seus olhos enquanto tu estava enrolando na frente da tv mais um pouco. “Ainda não foi lavar a louça?”. Outra coias que acho muito interessante no Rider é que o anjo toca a trombeta para uma personagem em específico, a que está ao lado direito de quem está olhando a carta. E a personagem olha diretamente para o anjo e parece entender o seu recado. Os outros personagens apesar de terem saído da tumba estão estão olhando a esmo, como se a energia de despertar do arcano Julgamento apenas passou próximo a eles mas nada aconteceu, a mão disse que “chinelos voariam” mas não deram muita bola.

  3. Olá Rosea, primeiramente parabéns pelo seu trabalho aqui no blog. Sou um apaixonado por Tarot, Gostei sobre as pessoas que estão fora da tumba, nunca tinha pensado nelas. Pessoas que torcem ou vibram … ou até mesmo sua ansiedade, que no caso do arcano do julgamento é uma ansiedade que está bem colocada e estabilizada, e que não está atrapalhando. Sempre vi este arcano como “Abrir os olhos e ver o que está na sua frente”. Porém neste arcano o abrir os olhos não é voluntário né?! tem um estímulo externo, o anjo com a trombeta que pode ser ensurdecedora (ou suave), que imagino que pode simbolizar também situações que acontecem para “cair a ficha” (voce aha que poderia ser?). Estou super empolgado no momento com “CODIGO SAGRADO DO TAROT DE MARSELHA” um livro que fala sobre a presença da geometria sagrada (nunca tinha escutado este termo) no tarot de marselha. Grato e continua escrevendo para nós,

    • Oi!! <3 Agradeço o carinho!
      Sim, super válido tudo o que disse!
      Esse arcano é tipo a mãe quando aparece do nada e fala "Se não lavar a louça vou tacar o chinelo".
      Aí depende se ela vai tacar o chinelo de borracha ou de uma havaianas de pau! hahaahahah!
      E ela pode não tacar o chinelo, porque você ouviu o aviso e correu para fazer seus deveres 😉

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.