A partir de hoje vamos começar a ver carta por carta do tarot. Vamos ver seus símbolos, cores, personagens, o que significa e mais. Esse estudo servirá para todos que seguem o estilo do Tarot de Marselha, ou seja, para todos que tem sua simbologia.

Então, nada mais justo que começar do começo, por ele que é a figura que inicia a jornada que é o Tarot.

O LOUCO

o louco - le fol
O Louco do Tarot de Marselha.

Também conhecido como O Andarilho ou O Bobo, o Louco é um personagem aparentemente perdido.

Mas será que ele está perdido mesmo? Ou ele está saindo de um lugar e indo para outro? Ou ainda, será que ele resolveu começar uma jornada? E se talvez ele estiver fugindo? E que tal aquele cachorro? O que ele significa? Pode ser um obstáculo, pode ser um medo, pode ser símbolo de impulso animal. São tantos símbolos, não?

Todas essas questões e reflexões são válidas para essa carta!

Abaixo temos algumas imagens, de outros tarots, da carta do Louco. Observe atentamente os símbolos que se repetem.

os loucos

 

O que temos sempre em comum? Tente ver sozinho, depois continue a leitura.

Pontos em comum da Carta do Louco

  1. Sempre caminhando sem rumo;
  2. Sempre tem algo como obstáculo (precipício) ou que vá feri-lo (criatura);
  3. Ele sempre tem essa expressão de “olhando para o nada ou além”;
  4. Geralmente não tem numeração. Quando tem numeração normalmente é o ZERO ou 22;
  5. Sempre está carregando algo, como uma trouxinha ou algo que reflita experiência anterior; ou mesmo sua vida;
  6.  Há bastante terra ou montanhas;
  7. Muitas vezes aparece segurando um bastão;
  8. Usa roupas, cada um de sua cultura, que indicam coragem, viagens, uma pessoa que está pronta para encarar o que der e vier.

Mas então, o que esses pontos querem dizer?

Esses pontos mostram o que essa carta quer dizer quando sai no seu jogo, ou seja, os aspectos da carta, porque ela é o que é, porque ela tem os significados que conhecemos atribuídos a ela.

Vamos ver um por um.

1. Caminhar – aparentemente – sem rumo.

Isso mostra alguém indo para o destino, lançando-se ao que vier, encarando o mistério da vida. Abraçando as novidades.

2. Sempre tem algo no seu caminho, como um precipício ou criatura.

E a vida não é assim, cheia de surpresas? Ou você sabe como vai terminar algo antes de começar? Temos que passar por várias coisas na vida, e é assim que ganhamos experiência!

Mas também temos que lembrar que quando vemos a criatura na imagem, aquela que aparece mordendo, arranhando ou apenas seguindo O Louco, ela também representa seu lado impulsivo, o lado irracional e inocente ao mesmo tempo, que age por instinto, pela sobrevivência. Representa também as adversidades que não podemos simplesmente ignorar, mas sim enfrentar e sentir na pele.

3. Olhar para o nada, além, sempre para cima ou adiante.

Significa alguém que olha adiante! Procurando o futuro, os mistérios indecifráveis! O que será que vai me acontecer se eu passar por esta porta? – é isso que O Louco se pergunta! Ele é um sonhador que sempre olha para frente, para os céus.

4. Porque não tem numeração e porque quando tem é Zero ou 22.

O Louco sempre virá no começo ou ao final porque simplesmente ele é um viajante! Ou ele está começando a viagem ou acabou de terminá-la para começar uma outra. O Zero simboliza o infinito, aquele que nunca para, já o 22 é o idealista, o sonhador, ou seja, seja zero ou 22, o louco sempre estará viajando!

5. Sempre está carregando algo como uma trouxa ou objeto de importante para ele.

São suas bagagens! Quando você viaja, você não leva uma mala? O Louco também! Na sua mala contém experiências anteriores, medos, alegrias, frustrações e sucessos. No tarot egípcio vemos o símbolo do Ankh na mão do Louco, mas… o que representa esse símbolo? A vida. Ou seja, ele carrega sua vida, suas experiências – de toda forma, sempre O Louco carrega suas experiências, seja em forma de bagagem ou em forma de objeto importante.

6. Há sempre muita terra e/ou montanhas.

Esses elementos na imagem simbolizam o caminho, a vida material. O Louco tem muito chão para percorrer, muitas portas para bater a cara, muito trabalho para se manter, muitas recompensas para sua vida terrena.

7. Por que carrega um bastão?

O Bastão serve para muitas coisas, desde um apoio físico, ou seja, O Louco tem suas manobras para sobreviver. O Bastão pode significar autoridade sobre si mesmo. Ou ainda direção de pensamento, visto que o bastão é um dos instrumentos para mover a energia, falando-se em magia. No caso do Tarot Mitológico, não há bastão, mas há a Águia, que representa Zeus, que está de olho em Dionísio (que é O Louco), ou seja, esse é o apoio do Louco, mesmo que ele não saiba. No Tarot de Rider Waite podemos ver o Sol atrás do Louco como a iluminação divina e ação da energia sobre a matéria.

8. E essas roupas extravagantes que O Louco usa?

Ah, as roupas! Veja que Dionísio veste uma pele, assim como o Louco do Tarot Egípcio! E essas roupas do Tarot de Rider Waite? São tão extravagantes e coloridas como as do Louco do Tarot de Marselha! Essas cores e peles simbolizam a impetuosidade, a energia necessária para seguir pela escuridão, pelos mistérios da vida. Mostra o lado “cru” do ser humano, uma forma de inocência irracional, “boba”, “louca”, que irá se meter em qualquer lugar em função da curiosidade e vontade de viver.

Claro que cada tarot tem seu diferencial, de acordo com cada autor, mas O Louco mostra tudo isso. Esta é a carta que inicia ou reinicia a jornada da vida, que é o que nos mostra o Tarot. O Louco é livre de preconceitos, pois ele quer ter todas as experiências, ele é a libertação do pensamento, a vontade de avançar.

Porém, temos que nos atentar que nem tudo são flores, portanto…

Há Aspectos “Negativos”

Terrível, mas é… tudo tem seu lado negativo, ou que pelo menos nos alerta do que será negativo. Mas o que isso quer dizer?

Como vimos, O Louco é uma carta que pode ser muito boa, mas só saberemos mesmo o que ela significa, dentro de um jogo, ao vermos o que vem acompanhando-a. O Louco pode representar também:

  1. Pessoas sem saber aonde vão, perdidas;
  2. Pensamentos soltos, sem destino;
  3. Metas sem rumo;
  4. Loucura, insanidade;
  5. Vontade de largar tudo e sumir;
  6. Impulso irracional que pode levar tudo a perder;
  7. Falta de experiência;
  8. Sentimento de “não saber de onde veio, sem lar, sem família”.

Os aspectos negativos não aparecem sem motivos, mas são parte de toda a simbologia que vimos, faz parte da figura do Louco, da sua situação, só que de forma “ruim”, ou seja, ninguém quer ficar perdido, mas talvez, seja esse momento o momento perfeito para você começar algo, assim como mostra a carta, um viajante que sempre está começando ou terminando sua viagem para recomeçar de outra forma, em outro lugar!

Os aspectos negativos e positivos, etc,  vão além do que mostro aqui, espero que estudem e através da prática, percebam isso com maior facilidade. Recomendo meditação e análise da carta, somente você e ela, numa conversa, ou numa poesia, numa redação. Explore o arcano, seu arquétipo, em possíveis situações. Faça uma pergunta e, dentro de seus significados, tente ver como ela pode te responder e assim vai aumentando seu conhecimento com esse oráculo tão antigo!

Se quiserem ver de forma mais geral todos os arcanos e algumas formas de jogar, cliquem aqui:  Tarot.

Continuamos nosso estudo na semana que vem!

Rosea Bellator
Email: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

 

6 COMENTÁRIOS

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.