Vamos ver dois feitiços de banimentos usando cristais pouco conhecidos para essa função! Aposto que você tem os dois em casa! E se não tem acho bom arrumar logo, pois são usados para muitas outras coisas.

quartzo-rosa-ametista-feitico

 Banimento com Quartzo Rosa

Uai, mas o quartzo rosa não é para o amor? Amizades?

Sim! Mas podemos usar essa energia de outra forma. Vejamos: usamos a energia do cristal para atrair amor, amizades, doçura, porque essa é a essência dele, logo, podemos usar essa energia para banir energias opostas, como ódio, inimizade e amargura. Gostou da ideia? Então anota aí como fazer:

Numa semana de lua minguante, pegue o quartzo rosa (que não seja muito pequeno, mas de uns 5 cm de altura pelo menos) e coloque-o numa vasilha com pelo menos 2 litros de água (pode colocar uns 3 cristais desse se quiser). Deixe o cristal lá. Coloque essência ou óleo de rosas vermelhas, quanto desejar (mas sem miséria, ein!). Agora coloque sua mão na água e gire em sentido anti-horário (pelo amor dos deuses, não gira no sentido horário, ou vai acabar com o amor na sua vida!), desejando que aquilo tudo que “amargura, que traz inimizades e ódio” seja curado, seja banido, seja limpo e purificado. Invoque as forças da lua minguante e finalmente coloque essa vasilha no luar, deixe que passe a noite. Não faz mal se chover.

No dia seguinte, a qualquer hora, banhe-se com essa água de cabeça e tudo, de uma vez só, visualizando a amargura, a inimizade e o ódio se dissipando de você. Pode usar os cristais normalmente para outras coisas.

Obs.: esse banho de banimento pode ser feito para si mesmo ou para quem preferir, mas, obviamente, a pessoa quem deve tomar o banho.

Banimento com Ametista 

Ué, a ametista não é para equilibrar e expandir a mente?

Sim! Podemos usar essa energia maravilhosa para banir bloqueio mental. Bom, né? Então vejamos como fazer isso:

Junte quantos cristais de ametista quiser num paninho branco e amarre com fita preta. Feito isso, espere uma chuva e colha a água direto do céu (não vai ficar na janela pegando pingos da telha, ein!). Ferva essa água. Coloque 2 colheres de uma das seguintes ervas nessa água: lírio, artemísia, violeta ou gerânio.  É UMA DELAS, NÃO TODAS. Coloque o saquinho com as pedras também e abafe. Conforme esse chá está em ação, faça a parte da visualização: visualize sua mente como um portal que você tem medo de entrar. Visualize também, que você tem a chave para entrar lá, mas tem medo de se aproximar. Em seguida beba o chá. Conforme bebe, veja-se abrindo esse portal e entrando nele.

Medite e veja o tudo que há dentro da sua mente. Não se assuste. Tudo que tem ali é você mesmo. A hora que quiser, pode parar.

Uma dica: após esse meditação vá usar algum oráculo para autoconhecimento. Vai expandir seus horizontes.

Esse chá deve ser feito pela pessoa que vi tomar, obviamente, por conta das visualizações. Pode desfazer o saquinho e usar os cristais normalmente.

Até a próxima!

Rosea Bellator
Email: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto e imagens é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

 

COMPARTILHE !
Artigo anteriorCantos aos Deuses e Forças do Sol
Próximo artigoDivino Tarot!
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

4 COMENTÁRIOS

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here