“Como conheci a Magia”!

Hoje vamos conhecer a história do Willer e da Natallia! Leia, veja que você não está sozinho! E caso ainda tenha medo da magia… pare com isso JÁ! Vamos lá?

witchs_cauldron

“Olá, meu nome é Willer Paulo, tenho 22 anos de idade.

Como conheci a magia? Na verdade acho que sempre conheci de alguma forma, desde que me entendo por gente tenho uma relação de alguma forma com ela. Nasci e cresci numa família evangélica, mas da mesma forma sempre admirei a forma de vida das bruxas de alguma forma vendo filmes, lendo livros e etc, acabei sendo distinto das crenças familiares naturalmente com o tempo.

Agora que cresci, posso dizer que a coisa mais importante que a magia me proporcionou, foi aprender a compreender o lado negro dos aspectos da vida, que temos que ter força e olhar tudo como um aprendizado e um degrau para o andar de cima.

A magia nos ensina muito, ela nos faz enxergar além de nossos preconceitos repetidos de gerações, ela é de alguma forma, a libertação de nós mesmos.”

– Willer Paulo

lua

“Desde que eu comecei meu caminho aprendendo mais sobre a Arte, Aset esteve comigo. Foi a minha primeira deusa, professora e mãe. me ensinou a respeitar o próximo, protegeu e protege meu relacionamento amoroso e me ajudou a me aproximar mais dos meus familiares e a aprender a perdoar as atitudes daqueles que eu amo.
Com ela eu percebi que eu preciso amar as minhas raízes, aprender a me unir à aqueles que sempre quiseram se unir à mim, e assim se fez..
Logo mais, Afrodite se apresentou à mim, me mostrou que existe, sim, diversos tipos de beleza e que é preciso se amar, à cima de tudo, e me ensinou que se alguém não se ama, não poderá amar ninguém. E Com as duas eu cresci, eu me amei, amei o próximo, eu aprendi o que é amor, eu me renovei interiormente e exteriormente. 
Mas não foi o bastante, Eu ainda precisava aprender mais. Precisava deixar meus medos para trás e ser forte, confiar em minha força interior e acreditar em mim, na minha capacidade de fazer qualquer coisa. E foi nesse exato momento em que Sekhmet se mostrou, a princípio eu tive medo, afinal, é a deusa da vingança! Uma deusa difícil e que exige muito respeito e responsabilidade. Mas ela não desistia, me enviava sinais em qualquer lugar e a toda hora eu ouvia seu nome, qualquer coisa que eu pesquisava ela aparecia, antes de dormir sua imagem vinha na minha mente, até na na tv ela se mostrava. Então, parei, pensei.. e decidi cultua-la. E foi a partir desse momento em que eu conheci a minha força interior. Cada meditação com ela me faz sentir cada vez mais forte, mais capaz, mais corajosa. Porque é isso que ela faz! Ela te faz crescer e enfrentar todos os seus medos.
Ela te faz acreditar ser capaz de qualquer coisa e te da coragem de enfrentar qualquer problema além de cuidar daqueles que procuram te fazer o mal e te atrasar.
Eu sei que ainda tenho muito o que aprender durante minha jornada nessa reencarnação, mas eu sei, que com elas eu aprendi muito. Eu não digo que mudei e sim que me transformei, sou outra pessoa completamente diferente da Natallia que eu era antes de cultua-las. E eu sou muito, mas muito grata à elas por tudo que elas me fizeram e fazem, eu AMO as minhas deusas!!
Se elas vão continuar comigo até o fim da minha jornada? isso só quem sabe são elas, mas eu sei que se acontecer de um dia alguma delas partirem, é porque seu respectivo trabalho comigo se completou. E com certeza eu devo ter amadurecido ainda mais! 
Para todos que me perguntarem, eu digo: Sou filha de três mães magicamente maravilhosas, sou aluna das três melhores professoras que conheço e sou a aprendiz mais vacilona, porém, a mais agradecida!!! sem elas eu não seria o que sou hoje, e a cada dia que eu me dou conta disso eu me sinto mais grata e muito mais feliz!!
Blessed be, e que a deusa esteja sempre com vocês.. “
– Natallia F.
Arte da Leitora Natallia F.
Arte da Leitora Natallia F.

owl1 megla

Viu só? Cada um conhece o caminho da magia de um jeito! E você, como foi? Mande um e-mail pra Oficina das Bruxas! O e-mail é: oficinadasbruxas.odb@gmail.com .

Existem muitos bruxos solitários por aí que não entendem o que está acontecendo consigo mesmos, não entendem a situação ou mesmo têm medo – sua história de como tudo aconteceu pode ser o que falta para eles!

Quer ver outras histórias? Tem aqui: Histórias dos Leitores.

Estou esperando o e-mail de vocês, ein!

Beijokas!

ps: adoro quando vocês mandam arte <3

COMPARTILHE !
Artigo anteriorA Lei do Esforço Mínimo
Próximo artigoOs Signos Astrológicos: Aquário e Peixes
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

5 COMENTÁRIOS

  1. Estou Confusa Sobre Isso.. Sou De Uma Familia Evangelica E Não Sei Oque Fazer Me Interessei Em Saber Mais Sobre As Bruxas E Queria Saber Quem São Essas Deusas.. Se Não Estamos Cultuando A Deus Quem Estamos Então?

  2. Uau. A última frase do Paulo, é exatamente, sem tirar nem por, o que eu aprendi com a magia. Depois que entendi o significado disso, tudo que acontecia comigo ou ao meu redor parecia muito mais fácil de lidar, a vida parecia mais tranquila …” A magia é uma libertação de nós mesmo”.

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here