Arte é a própria expressão livre do Espírito. Como bruxos, sabemos bem disso. Então, vamos saborear um pouco de poesia?
arte do leitor
________________________________

I

Pauso. Respiro. Vibro.
Mais algo consegui compreender
A mensagem do universo chegou a mim
Porém não a reproduzirei a outros

Repense antes de me acusar de egoísmo
Não compartilho minha compreensão
Porque ela é minha, perfeita
Imperfeita a qualquer outro que a queira

Pois só algumas coisas posso afirmar
Seus olhos não verão o mesmo caminhar
Seus ouvidos escutarão outros sussurros
Todos os sentidos reagirão diferentes

Então levante-se, meu jovem aprendiz
Siga o som da natureza, desvende-o
Depois instigue outra pessoa
E continue o ciclo da vida.
.
________________________________
II

Olhe a Lua e veja a mãe
Olhe o Sol e veja o pai
Olhe a Terra e veja o que somos
Crie humildade e viva melhor

Não melhor que animais
Não melhor que o outro sexo
Não melhor que um ser diferente de ti
Só o melhor para ti.

________________________________
III

Em uma noite com Oxalá
Perguntei a ele: “por que pareces com Jesus?”
E ele me disse: “também pareço com Jeová”
“Com Allah, Zeus, Odin, Tupã!”

Confusa virei-me para Iemanjá
E a mesma pergunta singela eu fiz
Silenciosa abriu os braços e eu fui
Senti nela suas mil faces a queimar

“Nossos nomes são códigos únicos”
“Criados para melhor acolher cada um”
“Alguns nos sentiram entre as árvores”
“E outros nos verão em Igrejas”

“Faz-me chorar ver tanto preconceito”
“O código do outro parece melhor que o d’outro”
“A verdade é que todos são iguais”
“E como pais tratamos cada filho de um jeito”

Agora nos ouça direito:
Se quiser evoluir
Os mistérios irão se abrir
E o divino contigo se fundir.

________________________________
Mar

Guie-me, mar intenso
Por essa dança inebriante
Embailado por esta brisa esvoaçante
Que ouso dizer estar a me amar!

Represente os elementos
Comprove assim sua completude
Como uma bela música, me inunde
De prazer e saberes

Sussurre no meu ouvido
Os vários segredos do universo
E com o fim desta sequência de versos
Encante o mundo.

________________________________
Morte

Morte do momento
Morte da tristeza
Morte das auto-estimas
Morte de um amor

Morte da riqueza
Morte d’uma coisa
Morte de meu tudo
A morte da minha vida

De todas as mortes que falei
Nenhuma é de toda ruim
São todas bençãos da Deusa
A senhora de três faces

A morte renova,
Marca novo tempo
E todas mudanças
Sem nenhum aviso.

E por isso fascina:
Morte nos faz uma bela surpresa.
Mas é por isso que amo-a tanto.
Mas é por isso que todos tem medo.

________________________________

Escrito por: Lady or Guy
Dá uma conferida no trabalho desta pessoa maravilhosa lá no Tmblr: http://ladyorguy.tumblr.com/

bruxa voando arte do leitor

Gostou? Quer ver sua arte aqui também? Seja poesia, desenho, conto… que seja sobre a magia, os deuses, as bruxas e seus mistérios da Vida e da Natureza! Mande para oficinadasbruxas.odb@gmail.com 😉

Arte liberta!

Até a próxima!

Rosea Bellator

COMPARTILHE !
Artigo anteriorFeitiços Para Sexta-Feira: Amor, Prosperidade e Cura
Próximo artigoArte do Leitor: Primadona Celeste
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

3 COMENTÁRIOS

  1. Perfeito…Nada mais inspirador que belas poesias antes de ir para o colégio.Hoje vou entrevistar o meu professor,o qual me apresentou este Blog <3
    Beijos Rosea

  2. Quando lágrimas enciste em brotar
    Quando a voz não quer sair
    Quando o coração para de sonhar
    E se os olhos pararem de brilhar…
    Escrito por:cvnpessoa@hotmail.com

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.