Como sempre digo, Tarot serve para autoconhecimento além de ver futuro.

Poxa, e como fazer isso?

tarot para autoconhecimento rosea bellator

Não é tão difícil assim, só requer mesmo paciência e a compreensão de que você tem defeitos e qualidades assim como todo mundo.

O tarot para autoconhecimento serve para dizer o que eu já sei então? 

Não é bem assim.

Entre tanta coisas, veja como o tarot pode ajudar quando usado para autoconhecimento:

  • Incompreensão dos próprios sentimentos;
  • Confusão em relação a uma decisão quanto às próprias preferências;
  • Compreender sua sombra;
  • Emergir um conselho da sua própria alma.

Não existem muitos jogos específicos, mas conhecer pelo menos 2 já vai ajudar muito. A seguir, dois jogos de autoconhecimento que uso tranquilamente.

Jogo de Autoconhecimento 1 – Iniciante e para questões simples

Exemplos de perguntas e pedidos ao tarot:

  • Aceito essa proposta de trabalho que me pareceu?;
  • Estou em dúvida, como devo prosseguir?;
  • Como lidar com minha raiva?;
  • Conselhos para meu caminho na faculdade;
  • Como eu realmente me sinto em relação ao meu relacionamento amoroso?;
  • Conselhos para melhorar minha espiritualidade.

Mentalize sua pergunta enquanto embaralha o tarot – que pode ser QUALQUER baralho (cigano, chinês, Marselha, tradicional, comum, etc) e retire duas cartas. Combine os significados e terá sua resposta ou conselho. NÃO É FUTURO, é autoconhecimento. É um clareamento sobre seu momento, seus sentimentos, conselhos de como agir – sempre de acordo com quem você é e suas capacidades.

Jogo de Autoconhecimento 2 – Avançado e para questões mais complexas

Podem ser as mesmas questões mostradas acima, sempre visando você, como agir consigo mesmo, como lidar com seus medos e coisas do tipo. Aqui veremos também uma ajuda com os sonhos. Só, por favor, pare de pensar que todo sonho é uma mensagem mágica, pouquíssimos são, a maioria é nosso inconsciente falando. Ouça-o, entenda suas necessidades mais profundas. O jogo é o seguinte:

autoconhecimento tarot jogo 2

Após pensar na situação – lembrando sempre que o autoconhecimento no tarot trará a tona sua sabedoria da alma para resolver problemas e não verá futuro – e embaralhar as cartas, comece a formar o jogo. Depois é só virar e ir interpretando de acordo com as casas:

  1. Situação central;
  2. Obstáculos que você vê;
  3. Obstáculos que deseja ignorar, mas que são importantes;
  4. Como resolver o problema parte 1 – lidando com as emoções e/ou sonhos;
  5. Como resolver o problema parte – atitudes a mudar;
  6. Como você vai se sentir quando resolver a situação, ou alcançar o objetivo;
  7. Conselho de como prosseguir, o que deve ficar atento, maus hábitos.

E é isso pessoal! Espero ter ajudado! 😉

Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto e imagem é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

6 COMENTÁRIOS

  1. oi.
    Gostaria de conversar com você pelo e-mail.É possível?Caso seja,me envie seu e-mail.
    Tem umas coisas que acontecem na minha vida e ninguém sabe explicar.
    Eu adoro a magia,só que não pratico,as coisas acontecem comigo naturalmente.
    Meu e-mail segue abaixo.
    Um abraço.

  2. Oi, rósea
    Sou bem nova na bruxaria, estou procurando de tudo um pouco por aqui(amo o seu site), entretanto, entrando agora no tarot, queria saber como eu reconheço o que significa as cartas do baralho comum no tarot. Por exemplo: eu escolhi duas cartas, um ás de copas e um sete de espada, como sei o que estas cartas significam?

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here