Você sabe perceber a voz do seu Guardião Astral? E da sua divindade? Não? Já mostramos aqui como entrar em contato com os seres espirituais, porém, sempre tem aqueles que ainda possuem mil dúvidas. Dúvida ou teimosia, bem, esse texto é para sua reflexão.

a voz do guardião astral - rosea bellatorEm primeiro lugar: Escute a intuição.

Preste atenção no tom de voz dela, pode ser seu guardião astral tentando falar. Ele fala na sua cabeça pra você entender o porque de algo, para puxar sua orelha ou para responder uma pergunta sua. Você vai perceber que não é só sua cabeça criando coisas.  Não é “só uma voz”. Muitas vezes parece de fato uma outra pessoa falando dentro de você! E adivinhe: é!

Anote esses pensamentos. Leia em outro momento. Na hora, dependendo no seu nível de estresse e ou ansiedade, tristeza, pode ser que não entenda, pode ser que você sufoque essa voz, mas vai ficar claro quando passar esse momento.

Muitas pessoas passam no nosso caminho e elas podem falar com você algo que esteja falando na cabeça delas, gritando! Pode ser seu guardião falando através dela, para assim você pensar “Olha que coincidência! Essa pessoa falou algo que eu estava pensando! Deve ser uma confirmação!”. Devo lembrar apenas que o Guardião não “entra” na pessoa, a pessoa só escuta a voz do Guardião.

Essas confirmações e avisos nem sempre vem de um jeito fofinho, de um jeito delicado, e se não veio de um jeito fofinho, é porque o jeito fofinho nem surtiu efeito em você quando veio, então você vai aprender na pressão.

Pasme: nós, seres humanos, muitas vezes menosprezamos as pessoas que tentam ensinar com carinho, e é por isso que não damos atenção e acabamos aprendendo na base da luta, do sofrimento.

Não precisa ficar super feliz quando alguém chamar sua atenção, ou apontar um problema ou defeito em você. Pra pessoa também não é legal isso. Mas preste atenção. Aquilo tem um motivo. E provavelmente é pra você mesmo não se ferrar futuramente.

Nossos guardiões falam tudo que podem pra gente, mas eles querem que a gente se mexa! Bem como os deuses, claro. Eles querem que a gente aprenda e perceba as coisas ao redor. Não vivemos sozinhos, então temos que aprender com tudo, não somente com o que nós achamos conveniente.

Não adianta se ajoelhar, chorar, pedir. Tem que ir à luta. Tem que pedir o emprego e tem que levar o currículo. Às vezes pode aparecer um amigo, que não seja seu amigo favorito, te oferecendo uma proposta. Tente, aceite.

Imagine que tudo se trata de um grande trabalho em equipe: você faz o seu papel aqui no plano material e eles fazem no plano astral. Não ache que eles vão fazer tudo, pois não vão mesmo. E onde ficará o merecimento e o valor às coisas que eles darão a você? Percebe?

Se você não escuta a voz da intuição, nem  a voz do seu guardião, então a vida vai falar de outras maneiras, ensinar da maneira que te chame atenção. Muita gente sofre à toa porque insiste em fazer tudo errado, em ir contra tudo que seus próprios protetores ensinam… escutem mais, reclamem menos!

A propósito, esse texto chato saiu de uma intuição.

😉

Pra quem não viu os outros artigos sobre os Guardiões, veja:

Até!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

COMPARTILHE !
Artigo anteriorVídeo: O que é a Magia e a Bruxaria?
Próximo artigoVídeo: Perguntas e Respostas #1
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

27 COMENTÁRIOS

  1. Adorei o texto Rósea, isso me lembrou uma vez quando eu tinha que fazer um trabalho de escola e deixei pro último dia, nisso eu ficava falando pra mim mesmo que ia fazer, mas decidi dormir um pouco. Assim que dormi eu sonhei que estava na minha cama e ia pegar o celular, mas uma mão veio e me deu um tapinha no pulso :’)

    Você acha que isso poderia ser meu guardião ou deusa mãe? :’)

  2. Olá Rosea, diz um comentário ontem, mas me enrolei com os mecanismos e deu que n foi kk, mas parece q deu certo agora. De cara venho dizer que estou admirando seu trabalho, muito informante e que nos deixa com aquele sentimento de que temos uma tutora de magia bem ao nosso lado; sem falar dos textos bem explicativos que demonstram a realidade e não uma fantasia besta sobre a magia.
    Venho acompanhando seu blog desde o mês passado, e posso dizer ele é muito viciante, o melhor que vi na net haha comecei meus estudos mágicos também mês passado e seu blog tem me ajudado bastante a como me guiar nos estudos e mesmo neste vasto mundo que é a magia.
    Mandei solicitação no grupo do Facebook. Nome: Markov Siegfried
    Agradeço pelo seu trabalho e responsabilidade de conduzir aqueles que se interessam pela arte da magia.
    Abraços

  3. Oi Rosea, não sei se você leu, ou se o e-mail chegou..mas te mandei um belo de um texto recheado de dúvidas, e muito a respeito disso, obrigado por essa postagem, me ajudou a acordar um pouquinho hahaha <3

  4. Ha algumas semanas atrás venho acompanhando o blog, e posso dizer o quanto é bom o seu trabalho e bem inspirador, nos deixando como que se tivéssemos uma instrutora na magia. Comecei meus estudos sobre a magia no final do mês passado (haha bem iniciante), e estou me situando melhor aqui no seu blog que sempre tem muito a oferecer. Agradeço pelo seu trabalho e empenho com este lugar de conhecimento. Como faço pra entrar no grupo de estudo do Facebook? Já mandei solicitação. Nome é: Markov Siegfried.

  5. É possível os guardiões astrais/Deuses nos ensinarem formulas matemáticas ou algo do género?
    E qualquer descoberta feita por nós mesmos na verdade são os nosso guardiões?
    E porque é que nós “não” podemos explicar a magia para as pessoas céticas?

    Isto pode ser uma grande viagem, mas será que conseguimos controlar o meio material(4 elementos) chegando ao plano 7º da viagem astral?
    Aproveitei o comentário acima para fazer algumas perguntas ;P
    Um abraço Rosea

    • Sebastião, sim, é possível que eles nos dêem ideias, é possível que algumas coisas sejam memórias de vidas passadas ou apenas um talento nosso 🙂
      Podemos explicar magia para pessoas céticas, o problema é aguentar a encheção de saco de quem nunca esteve em um ritual, quem nunca sentiu a energia da natureza falando bobagem rs.

      Quanto a controlar o meio material através do astral… fazemos isso o tempo todo, normalmente durante o sono, mas é possível conscientemente.
      😉

  6. O que são os guardiões astrais?
    É um só para todas as nossas vidas?
    Eles já foram humanos aqui no nosso plano material e então evoluíram para Guardiões de acordo com a escala hierárquica de evolução espiritual? Por que, se assim for, um dia iremos ser guardiões de alguém também, certo?
    E os nossos ancestrais? Eles são nossos antepassados e também uma espécie de guardião, porém por que não reencarnaram?

    São algumas dúvidas que tenho e gostaria de ouvir sua opinião sobre elas, Rosea. Até mais.

  7. Adorei o texto!
    Parabéns pelo site, Rosea Bellator!
    É um excelente canal de aprendizado e eu estou amando. Quando comecei a me interessar pela magia, e por uma espiritualidade mais esotérica, comecei buscando alguns sites, mas minha intuição não me deixou tão confortável nos sites em que procurei… até, haha, ter essa indicação do site justamente, do meu Espírito Protetor, aquele que me guia. Olha só que legal.
    E galera, é bem isso mesmo que a Rosea falou… nos últimos anos eu tenho desenvolvido muito a minha intuição, e consequentemente essa conexão com o plano espiritual.
    E eu ainda tinha que aprender do jeito mais difícil, não tive um texto como esse para abrir a minha mente. Errei e sofri muito por não entender os meus dons espirituais. Pois se antes, eu os compreendesse, teria acertado muito mais no passado, e evitado dor e sofrimento para mim, e para as pessoas que mais amo na vida.
    Mas felizmente, na prática, com o tempo, fui ouvindo e dando espaço para essa voz interior que me guiava e ensinava, através de uma abertura espiritual chamada intuição, ou inspiração. Fui percebendo que aquilo não era uma loucura, ou uma coisa da minha cabeça, mas sim, a voz do meu Anjo Protetor, e dos bons espíritos que me auxiliam, a mim e a minha querida família, a fazer a coisa certa, seguir o caminho correto, o caminho do amor. E sou grata. E como a Rosea bem disse, nem sempre as correções vem de uma maneira dócil e cativa, mas sim de maneira dura e assertiva, mas muito necessárias! E eu bem sei, que sou teimosa, e que se não for assim, não surtirão o efeito desejado!
    Rosea… note-se que além dos livros que você lê, você adquire o seu conhecimento na prática.

  8. Obrigada amiga ,as vezes a gente só quer ouvir o que interessa…… o que desagrada a gente não dá importância e teima até sofrer a ponto dese desesperar não é ? Bjs

  9. Oie Rósea! Muito bom o texto, não achei chato rsrs… Eu estava pensando em fazer uma pergunta referente a esse texto e de repente, vem vc com sua intuição magnífica me auxiliando…
    Bom a pergunta é o seguinte, às vezes na parte da manhã quando ainda estou dormindo eu ouvia uma voz de uma mulher me chamando, falando meu nome, é uma voz delicada e bem feminina. Chegou ao ponto de eu acordar assustada e responder. Não é sempre que isso acontece. E quando acontece eu acordo na mesma hora. Essa voz pode ser da minha guardiã?

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here