Simplesmente Magia poesia de Rosea Bellator

Acordar a noite e sentir vontade de sorrir para o céu estrelado
Sentir revolta quando destroem a natureza a troco de nada
Entender o significado da fé
Saber que grande parte do seu conhecimento não é de hoje
Não tente explicar… saiba que simplesmente é
Simplesmente Magia!

Não saber o que fazer
E na hora acontecer
Não saber o que falar
E na hora cantar
Ahh… que doce prazer!
Sabemos que podemos confiar
Abraçar sem enxergar
Não, eu não sei explicar
Simplesmente  Magia!

Seu que parece loucura
Mas veja com doçura
Você não pode sentir sem entregar-se
Você não pode receber sem merecer
Não é semelhante ao amor
Desenho símbolos no ar
Visualizo meu desejo
Começo a celebrar
Mas… mas… qual o motivo?
Preciso de mais motivos do que estar vivo e respirar?
Poder ver o céu azul, limpo ou revolto
Sentir a chuva, ouvir sua música
O cheiro de terra molhada!
Saborear frutos dados pela terra
Ou ainda poder passar a noite diante a fogueira?
Espere aí, posso citar mais!
Quando penso estar sozinho
Para sempre incompreendido
Uma luz se faz em meu caminho
Erguendo a cabeça, encontro irmãos de luz
Posso chamá-los de amigos
Alguns de deuses e outros de animais espirituais
Gnomos, silfos, ondinas e mesmo salamandras!
Somos todos feitos de energia
Simplesmente Magia!

Gostaria de poder explicar
Juro, é difícil até de começar
Gostaria de mostrar toda minha vivência
Todas as minhas experiências
Mas não dá
Por isso eu peço: que tal tentar?
Não há trevas onde há amor sincero
Não há motivos para temor quando se tem fé
Por que morrer de curiosidade
Quando não há segredo a escondido?
Acabaram as fogueiras
Venha, venha viver
Simplesmente Magia!

Escrito por Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto e imagem é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

2 COMENTÁRIOS

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here