(arte de capa: Antoine Calbet – Ondines)

Como já falamos, as ondinas são elementais da água e atuam nas nossas emoções, na nossa maneira de sentir e expressar, transmitem carinho e ótimas curandeiras, afinal, a água possui esse grande fator de cura. Hoje veremos um ritual muito poderoso de proteção com as ondinas, que tem uma curiosidade…. aquele que tentar de ferir será mostrado através de sentimentos como nojo repentino e sensação de que deve ficar longe dessa pessoa. Ritual indicado para pessoas sensitivas.

ritual de proteção das ondinasO ritual não é difícil, mas é necessário que se siga o que é pedido:

  • 4 folhas de guiné ou punhadinhos de camomila seca
  • 4 potes de barro ou vidro pequeno com água até a metade (se puder, use água do mar ou da chuva)
  • 4 incensos de qualquer flor
  • 4 cristais translúcidos ou substitua por 4 pedras de água marinha
  • uma refeição feita por você, pode ser um bolo, um prato especial para o jantar, um pão caseiro, etc.

Comece abrindo o círculo mágico.

Invoque apenas as ondinas e diga a que você veio.

Coloque os 4 potinhos com água de maneira que fiquem ao seu redor e dê para você ficar no meio, seja de pé, seja sentado. Agora, ao pé de cada potinho, coloque um cristal e um incenso. Deixe a refeição feita por você no meio desses potes, dum jeito que você fique de frente quando sentar, também dentro desse círculo de potes com água.

Agora, com as ervas escolhidas, vá em pote por pote, e diga as seguintes palavras enquanto mergulha e deposita as ervas e as pontas dos dedos, não seque as mãos:

“Ondinas, elementais da água

Pequenas sacerdotisas das emoções

Invoco seu poder para fazer uma barreira

Desejo uma grande proteção!”

Faça isso e repita em cada potinho com água.

Enfim, feito, vá para o centro dos potinhos e abra os braços:

Ofereço este presente com carinho, para que se deliciem e celebrem comigo este poder!

Feche os olhos e veja uma barreira de água, totalmente translúcida e delicada se fazer, iniciando das águas dos potinhos, rodeando você completamente, sem te ferir, mas perfeita de maneira que te cubra e encha de carinho, suavidade e proteção. Assim que sentir o local harmonioso e ver a barreira de proteção formada, abra os olhos.

Coloque as mãos sobre a refeição que trouxe e diga:

Assim está feito! Celebrado está! A barreira foi formada e nossa magia foi executada! Assim será! Gratidão, Ondinas!

Após o agradecimento, desfaça o círculo mágico e deixe aos potinhos por mais uma ou duas horas. Quando finalmente der o tempo, então pegue a refeição e coma.

Assopre os restos de ervas e cinzas no ar. As pedras ou cristais podem ser reutilizados em outros feitiços e rituais. As águas com ervas podem ser fervidas para fazer um banho, que servirá para fixar a proteção, e aí sim depois, pode jogar os restos de ervas fora em algum local com terra ou água corrente (na privada não, pelo amor dos deuses).

A barreira deve durar uma lunação completa, mas precisa colocar um potinho com água e as mesmas ervas usadas no ritual na entrada de cada lua, até terminar o período. Quando acabar, se quiser, pode fazer novamente.

Como disse no início, serve para todos, mas indico mais para pessoas sensitivas, pois as ondinas compreendem o sentimento e ajudam a pessoa a discernir o que está acontecendo dentro da pessoa.

Beijokas!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

10 COMENTÁRIOS

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.