Não é nenhuma novidade que o deus Apolo também tem como domínio a cura, certo? Portanto vamos ver hoje um ritual desse deus magnífico.

 Apolo com as ninfas (o banho de Apolo), esculpida em mármore e rocha de gruta por François Girardon, entre 1666-1675.
Estátua representando o Banho de Apolo, rodeado por ninfas, esculpida em mármore e rocha de gruta por François Girardon, entre 1666-1675.

O ritual basicamente é um banho mágico mais complexo, portanto sem pressa, sem frescurinha com palavras. Todos os encantamentos que colocarei aqui são sugestões para você ter uma ideia do que falar, mas use suas palavras, será bem mais proveitoso.

O que você vai precisar

  • um punhado de calêndula
  • um punhado de louro
  • um punhado de pétalas de rosa
  • um punhado de lavanda
  • um punhado de canela em pau
  • a coroa de um abacaxi (pode picotar para caber na panela)

Coloque todos esses ingredientes numa panela e cubra de água. Deixe ferver por 10 minutos, desligue o fogo, abafe e deixe amornando. Coe (ou não, se não quiser). Os restos depois você poderá enterrar ou jogar na água corrente.

O Ritual

É, não dá para fazer em casa, trancado no banheiro.

Você precisa ir para um lugar aberto, uma praia, um campo verde, algum lugar na natureza, e de dia, com sol.

Feito isso, ajoelhe-se, coloque o recipiente com a água que preparou à sua frente (você pode estar vestido, mas evite muita roupa como calça e camisa de manga comprida). Honre o deus Apolo, recite cantos e poesia, como achar melhor, diga suas aflições (referente à SAÚDE) e por fim, derrame a água em si, do pescoço para baixo. Pode passar no rosto também, mas não deixe pegar nas orelhas nem no alto da cabeça e na nuca. Visualize uma energia branca e dourada envolvê-lo.  Envolva-se nela.

Fique um tempo ainda assim, sentindo a luz do sol curá-lo. Pode orar, meditar.

Por fim, agradeça e vá embora. Faça a oferenda no outro dia.

Oferendas e Agradecimento

As oferendas para Apolo são diversas, e vão desde frutas, vinhos, banquetes à poesias, estudos dirigidos, dança, etc. Seja sempre generoso com as palavras, pois também é um forte do deus.

Faça quando precisar, para você ou para outras pessoas, lembrando sempre que quem precisa ser curado é que tem que tomar o banho. Se quiser ajudar alguém a fazer esse ritual, fique à vontade, mas não dá para você fazer em você desejando que os resultados sejam para outra pessoa.

Ah sim, não substitua, não remova nem acrescente ingredientes.

E é só.

Até a próxima pessoas encantadas!

Rosea Bellator
Email: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

 

 

COMPARTILHE !
Artigo anteriorO Grande Rugido
Próximo artigoEstudo do Tarot: A Carta d’O Louco
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá Rosea! Você poderia publicar um artigo só sobre o Deus Apolo? De tudo um pouco hahaha,culto,oferendas,mito,como conectar-se com ele,sacerdócio a Apolo etc….se puder fazer de já agradeço 😉

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.