Mas já passou o dia dos mortos, posso falar com meus ancestrais mesmo assim? Sim, afinal, não temos a magia ancestral? Na magia ancestral usamos a força dos ancestrais, chamamos por eles, etc, sem ser só no dia deles.

Não terá a mesma facilidade, mas para isso temos oráculos, para nos ajudar a entender as mensagens.

ritual de orientação dos ancestraisRecomendo fazer este ritual em noite de lua cheia, pois é uma noite iluminada, cheia de energia. E o que vamos precisar?

  • 1 vela branca de qualquer tamanho
  • folhas de louro, alecrim ou alguma erva de prosperidade para oferecer a energia
  • 1 cristal translúcido de qualquer tamanho

Só isso? Sim! O mais importante você tem dentro de si mesmo: o espírito, o sangue, a linhagem.

Esteja num lugar calmo, onde possa se concentrar.

Comece fazendo o círculo mágico.

Diga algo como:

“Que nesta noite iluminada, sob a luz da lua cheia, Senhora que nos Guia pela noite Escura, eu lanço agora o círculo mágico ao meu redor, que seja um círculo de luz, luz da lua cheia, que me proteja de qualquer mal ou energias mal intencionadas…E convido somente os meus ancestrais que desejam minha evolução, e que desejam me orientar para que o melhor caminho se abra diante de mim.”

Feito isso, acenda a vela. Sente-se confortavelmente. Segure o cristal translúcido e chame a luz da lua, que guia em proteção, diga que o cristal segurará a energia da lua para manter a proteção. Deixe o cristal pertinho da vela. Em seguida, peça aos seus ancestrais que ouviram seu chamado e vieram ajudar, que te mostrem o que você deseja saber.

Então faça uma pergunta por vez, e se concentre na chama da vela.

Repita a pergunta, devagar… e sua “intuição” vai começar a responder.

Se não confiar ou não entender, pegue um tarot ou runas, ou outro oráculo que saiba usar e jogue. Peça que seus ancestrais falem através do seu oráculo.

A cada resposta que entender, queime uma folha de louro, ou da erva que escolheu, e ofereça a energia à eles como agradecimento.

Quando terminar, agradeça.

Segure o cristal translúcido e peça à lua que guie de volta seus ancestrais, que mantenha a proteção pela noite para você, para assegurar que todos estejam em paz.

Ofereça uma taça de água à lua, que poderá ser usada para regar plantas no outro dia, desfaça o círculo, despedindo-se de todos e agradecendo novamente, e estará feito.

Simples, não?

Beijokas!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.

COMPARTILHE !
Artigo anteriorNa Noite de Todas as Almas
Próximo artigoRitual para Abrir Caminhos na Lua Cheia
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

11 COMENTÁRIOS

  1. Olá, Rosea.
    Gostaria de saber se a vela eu deixo queimar até o final ou se apago assim que terminar o ritual. Eu devo mantê-la acesa até acabar sozinha sempre?

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.