É comum fazermos oferendas de frutas, poesias, leite, carne, enfim… coisas que não exigem tanto preparo. Mas, e quando precisamos preparar algo como… um pão, um bolo e um vinho? Como fazer isso?

Quando for for fazer oferendas de pão ou bolo aos deuses, evite a todo custo simplesmente comprar pronto. Por que? Porque não foi você quem fez, não tem seu esforço e energia e muitas vezes está cheio de químicos. O vinho normalmente é apenas incrementado com algum outro ingrediente, mas pode ser comprado. Se você souber fazer e quiser fazer, claro, melhor.

Quando for preparar suas oferendas, faça de coração. Dê atenção ao que faz. Ouça alguma música que te lembre a entidade ou divindade que irá oferecer. Ponha sua energia. Eu gosto de acender uma vela antes de começar a cozinhar.

PÃO CASEIRO

  • 2 xícaras (chá) de leite levemente aquecido
  • 1 envelope (10g) de fermento biológico seco
  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) rasa de açúcar
  • 1 colher (sopa) rasa de sal
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • Seja criativo e coloque pitadas de ervas como manjericão, alecrim, orégano, tomilho. Coloque pequenos punhadinhos de gergelim, linhaça, e outros grãozinhos que puder. Não precisa colocar muito, mas suficiente para dar um novo sabor, com seu toque, ao pão.

Preparo: Num recipiente, coloque o leite , o açúcar e o fermento e misture devagar – sempre cantando, visualizando a energia se fazer. Depois acrescente o azeite, a farinha de trigo e misture com um garfo ou colher de pau. Mexa com carinho. Por fim, coloque o sal e misture mais uma vez. Coloque a massa em uma forma untada com manteiga e enfarinhada. Pode ser de vidro ou de metal, ou ainda aquelas maravilhosas de silicone. Depois de colocar a massa na forma, polvilhe as ervas e cereais que deseja.

Como todo pão, deixe a massa descansar por uma hora em local sem vento.

Depois de 1 hora de descanso, coloque o pão no forno e ligue na temperatura mais baixa. Depois de uns 15 minutos, aumente a temperatura para o fogo médio (entre 180-200º) e espere mais uns 20 minutos ou até que doure à seu gosto.

BOLO DE ERVAS E CEREAIS

  • 2 colheres (sopa) de chia em grãos
  • ½ xícara (chá) de farinha de chia
  • ½ xícara (chá) de aveia flocos finos
  • ½ xícara (chá) de castanha-do-pará moída
  • 2 colheres (sopa) erva-doce
  • 1 colher (sobremesa) de canela em pó
  • 2 xícaras (chá) de açúcar mascavo
  • 1 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 ½ xícara (chá) de água fervente
  • 2 ovos
  • 1 pitada de sal

As sugestões de grãos, cereais e ervas claramente são opcionais, use os grãos, cereais e ervas que quiser.

Em um recipiente que resista ao calor, despeje a água fervente sobre a aveia e a chia em grãos. Acrescente óleo, misture e deixe descansar por 20 minutos. Adicione o açúcar mascavo e os ovos. Junte a farinha de trigo, a farinha de chia, o sal, o fermento e, por último, a castanha-do-pará. Misture bem. Coloque o restante dos ingredientes. Despeje em uma forma redonda com furo no meio já untada e polvilhada com farinha de trigo. Então leve para assar em forno pré-aquecido, à 180ºC por mais ou menos 40 minutos. Essa forma é a melhor opção, já que fica um bolo meio que pesadinho para assar, mas faça na forma que tiver.

PREPARADO DE VINHO

Normalmente as entidades e divindades preferem o vinho seco, mas claro, ofereça o que você puder.

Então, quando for preparar seu vinho, primeiro decida: será consumido numa celebração ou será oferecida só uma taça?

Quando é servida só uma taça que é para ser deixada em algum lugar ou que você não vai beber depois, normalmente é só o vinho mesmo. Mas, apenas uma dica: alguns deuses podem gostar de pequenos agrados. Exemplo: Lakshmi pode gostar de uma florzinha boiando sobre o vinho. Freya pode gostar de uma frutinha fatiada dentro do vinho, como uma fatia de maçã. Ganesha pode gostar que seja servido enquanto cita alguma poesia. Hathor pode gostar que o vinho seja servido após uma dança sensual, e que o vinho contenha hibiscos. Poseidon pode gostar que o vinho seja servido com um pauzinho de canela. Kali pode gostar que seja servido com um raminho de dama-da-noite. Cerridwen pode gostar que seja servido com cravos-da-índia. Oxum pode gostar que seja servido com pétalas de lírio ou rosas brancas.

Quando é servido numa celebração, para 1 ou mais pessoas consumirem, eu recomendo o seguinte: coloque o vinho numa jarra de vidro e vá adicionando os ingredientes (como exemplificado acima), só que em maior quantidade. Consagre em nome da entidade ou divindade e ofereça em um altar dela, onde pode estar o vinho com outras oferendas ou apenas o vinho. Após as celebrações, beba com as pessoas presentes.

Nunca esqueça de agradecer depois de fazer suas oferendas.

Lembrando que:

  • o vinho geralmente é servido só o vinho, mas se for pedido algo mais, essas são apenas algumas opções. Observe o que sua divindade gosta e não terá erro.
  • a menos que tenha que deixar as oferendas em algum lugar específico, é comum que se ofereça a comida, celebre, e depois de algumas horas você pode comer.
  • essas são apenas algumas sugestões de receitas de oferendas, ok?

Espero que tenham gostado!

Beijokas!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Loja: http://lojaoficinadasbruxas.com/
E-mail da Loja: lojaoficinadasbruxas@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

COMPARTILHE !
Artigo anteriorCheirosa e Gostosa, é a Canela!
Próximo artigoEnfim, Junho! Bem-Vinda, Alegria!
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

20 COMENTÁRIOS

  1. Oii Rosea, eu cultivo a Deusa Hécate, porém tem outros alimentos que ela gosta (como mel,alho, ovo etc…) Poderia fazer a oferenda com eles ao invés do pão e do vinho?

  2. Oi Rosea! Eu amo seu site, é ótimo!
    Assim, vi que você sabe muito sobre o que os Deuses gostam. Eu cultuo Thor, e sei que ele gosta de cerveja e hidromel, e sei que a cor dele é vermelha. Só que essas são as únicas coisas que consegui descobrir até agora. Tem alguma forma deu descobrir isso? E tem algum livro que você possa me recomendar que seja bem completo?
    Obrigada!

  3. Adorei a receita de bolo kk… Adoro essas receitinhas fit. Farei para meus deuses assim que descobrir os teus nomes, pois presentes eles já estão. <3

  4. Boa Noite!
    Desculpe a ignorância é que sou nova aqui, inclusive adorei o blog, e gostaria de entender algo: como fazer as oferendas?
    Porque assim, desculpe se eu estiver falando besteira, as entidade ou divindades são seres superiores eles não comem, não é verdade?
    E aí depois agente come, pode isso?
    Agradeço desde já!

  5. Perguntinha aleatória, mas super urgente: onde posso comprar o meu caldeirão? Tem algum site que você indique? Agradeço desde já, hihi 😀

  6. Nooossa essa foto desses bolinhos deram água na boca hsauhsauhsa. Adoro bolinho de chuva.
    Obrigada pelas receitas, Rosea. Eu tava mesmo querendo algo assim com ervas, sementes e etc.
    Gratidão.

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.