O auge do verão acontece agora, no comecinho do mês, entre a noite do dia 1 pro dia 2, mas é possível celebrar até o final da semana.

Você deve conhecer essa data como sabá de Lammas ou Lughnasadh. Por que está escrito diferente? Porque estamos dando foco aqui para a celebração da natureza, para a celebração da passagem da natureza em si. Bem, claro, essa passagem que estamos falando acontece no hemisfério sul.

Tem mais sobre esse sabá aqui:

E como bem sabemos, o verão e o seu auge trazem uma época de fartura! Onde tudo cresce e logo pode ser colhido! O ritual descrito abaixo é voltado para a natureza apenas e para a energia de prosperidade e gratidão.

Atenção: não vai precisar de muitas coisas, mas tente seguir as instruções.

Em um lugar com bastante terra e plantas, coloque as mãos na terra e feche os olhos. Sinta a energia das raízes… sinta a luz do sol se resolver fazer de dia, ou o luar se resolver fazer a noite.

Fique assim, conectando-se com a terra, o ar, com sua respiração… com o sangue pulsando… Invoque a natureza para perto de si:

“Grande Espírito da Terra, seja bem-vindo ao meu Ser

Grande Espírito do Ar, seja bem-vindo ao meu Ser

Grande Espírito do Fogo, seja bem-vindo ao meu Ser

Grande Espírito da Água, seja bem-vindo ao meu Ser

Eu amo e abraço a Natureza

Eu me uno ao Sagrado”

Faça o círculo ao seu redor e continue recitando. O círculo pode ser apenas visualização, ou pode ser feito de outra maneira, e seja lá o que você escolher, apenas use materiais naturais.

Fique de pé e estenda as mãos para o alto.

Agora, a celebração está aberta.

Pode celebrar com um almoço, ou janta (sempre com alimentos caseiros, naturais) ou apenas um lanche, um vinho, um chá. Pode celebrar apenas cultuando a natureza, meditando, cantando ou dançando sozinho ou com alguma companhia.

Celebre o auge do verão com carinho, aproveitando a entrada dessa força maravilhosa. Se – somente se – você cultua algum deus/deusa e quiser invoca-lo para a celebração, fique à vontade.

Quando tiver terminado, deixe uma pequena oferenda na terra, que podem ser sementes para enterrar, pode ser um vaso de flores, pode ser alguma fruta.

Finalize:

“Grande Espírito da Terra, eu sou grato ao seu poder de alimentar

Grande Espírito do Ar, eu sou grato ao seu poder de criar

Grande Espírito do Fogo, eu sou grato ao seu poder de fé e paixão

Grande Espírito da Água, eu sou grato ao seu poder cura e regeneração

Eu amo e abraço a Natureza

Eu me uno ao Sagrado

Que seja bem-vindo o Auge do Verão

Eu sou grato!”

Ao terminar, coloque novamente as mãos na terra e permita o poder ser compartilhado com suas raízes, seus ancestrais, com a Terra. A natureza ao redor e em você está próspera novamente.

Agradeça…

Está feito.

Beijokas!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

COMPARTILHE !
Artigo anteriorPrevisões da Oficina das Bruxas para Fevereiro/2016
Próximo artigoVai Pular o Carnaval? Que Legal!
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá, Rósea! Primeiramente gostaria de agradecer, suas explicações, palavras, ensinamentos e tudo de melhor que traz em seu blog para nós, compartilhando seu conhecimento com todos nós, que desejamos aprender cada dia mais essa maravilha incrível que é a magia!
    É verdade que o carnaval não é uma boa época para fazer algum feitiço/banho?! Eu estava querendo fazer algo de proteção para mim é meu namorado. Tenho pensado nisso a dias, mas com essa informação, não me Senti livre para fazer. Beijos, linda!

    • Manu, é uma época complicada, porque as pessoas estão loucas atrás de sexo, outras se aproveitando para fazer coisa errada… é um tumulto!
      Mas, feitiços e rituais de proteção é a melhor coisa que vc faz.
      E gratidão pelo carinho! <3

  2. Bom dia Rosea!!! Amo de paixão esse cantinho, quase todos os dias venho fazer umas pesquisas. Amo o seu jeito simples… descomplicando o mundo místico. Não sou Wiccana, mas me simpatizo com alguns temas como ervas, lua, magia na cozinha, incensos, banhos e pedras. Sou curiosa… e gosto muito do exótico e do místico. Quero te agradecer por tantas informações que me dá sempre confiança que essa fonte é verdadeira e segura. Gratidão e que você seja abençoada sempre. Com carinho Regiane.

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.