Persona – Quantas Facetas Você Tem?

Persona - quantas personas vc tem? Foto: rosea Bellator

Acordo chorando
O suor gelado me faz temer
Será que estou bem?
Devo entrar em pânico?
Alguém está me vigiando ou seria imaginação minha?
Saio do quarto devagar
Sinto ânsia
E uma mistura de sentimentos estranhos
Uma confusão mental que me faz tremer
Olho-me no espelho e vejo apenas eu
Estou triste, é verdade
Hoje foi um dia pesado
Perdi uma pessoa amada
O velório foi agoniante…
Não quero mais pensar nisso!
Normalmente não sou assim
Mas essa é minha persona dos dias ruins

Não estou em depressão
Esta é apenas uma sensação

Outro dia acordei tão feliz
Não havia mais nada a temer
Parecia que a tempestade havia sumido[bb]
E que ninguém mais eu perderia
Contente, conheci outras pessoas
E novamente o amor me invadiu
Os dias não eram mais tão longos
E eu me via sorrindo por nada
Ah, que delícia sentir-se leve com a brisa no rosto
Com um abraço carinhoso
Mas a tempestade voltou
Parecia me encurralar
Sonhei com meu antigo amor
E para mim foi um grande terror
Era como se eu tivesse sido infiel
Depois de tanto tempo juntos…
Eu agora tinha uma outra vida
Eu merecia isso?
Estaria sendo injusto à memoria daquele que se foi?
Mas eu ainda estou aqui!
Não devo nunca mais tentar ser feliz?
O telefone toca, vou correndo atender
É meu novo amor, está com saudades
Eu lhe conto minha situação
Sua resposta me causa emoção
“Meu amor, todos tivemos passados
Tenho certeza que tudo que houve foi verdadeiro
Mas essa era já passou
Guarde o que foi bom e guarde com carinho
Porém o foco sempre será o presente
Não se perturbe com pensamentos como estes
Águas passadas não movem moinhos”
Percebi que tinha toda razão
Agradeço ao meu passado por tudo
Mas agora é minha hora
Posso ser feliz mesmo com todo meu passado
Eis que percebo uma nova faceta
Quantas personas eu tenho?

Os dias passam tranquilamente
E a questão do amor não está mais pendente
Sigo em frente ao meu trabalho
E descubro que fui substituído por um quebra galho
Não é justo!, gritei
Tentei conversar, mas não aguentei
De volta pra casa, afundei no sofá
Não ia adiantar nada, mas me pus a chorar[bb]
Oh inferno! 
Quem era aquele Zé Ninguém?
Como puderam fazer isso comigo?
Mas então eu parei e pensei
Não, não era justo o que eu dizia
Refrescando melhor a cabeça
Lembrei-me porque isso aconteceu
Meses atrás me mandaram melhorar
Mas eu debochei
Aquele que me substituiu lutou 
Foi reconhecido e o gerente o aprovou
Ah, como fui inocente
Não existe emprego pra gente incompetente
Se eu tivesse me esforçado estaria lá
E agora fico aqui invejando…
Isso não é normal
Mas quando menos imaginamos isso pode acontecer
Entendo que posso sentir inveja sim
Mas posso aprender algo com isso
Se eu trabalhar e me esforçar
Tudo que perdi posso recuperar
Eis que descubro duas novas personas dentro de mim!

Por tantas outras situações passei
Tantas outras personas encontrei
Descobri que sou uma gama de cores
Ora triste, ora morrendo de amores
Um pouco receoso e querendo um pouco de atenção
Talvez sinta um pouco de raiva
Ou pule de alegria inocente
Não estou fingindo
Essas são apenas várias facetas do meu eu
Aceito cada persona
E cada persona me completa
É como um jogo de quebra-cabeças
Onde sem uma peça 
O jogo fica incompleto
Enfim os fragmentos tomam forma
E com um pouco de calma
Minha alma aflora

Rosea Bellator

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.