O Adivinho

Acho engraçado quando alguém me pergunta: ”quem é, ou o que é um adivinho?”. Na verdade eu riria senão fosse a atual situação da humanidade. Quem tem confiança no próximo? Cada dia que passa nossa situação piora, não é mesmo?

Pois bem, o adivinho é alguém que sabe como “prever” o futuro através de vários tipos de oráculos – através das artes divinatórias.

Ele depende da confiança do consultante – a pessoa que visita o adivinho – para ler sua energia, aura, futuro e traduzir no seu oráculo.

O oráculo sente a energia da pessoa e o adivinho lê. Existem diversas formas para tal interpretação. Cada adivinho tem uma forma diferente ou costume de adivinhar com seu oraculo.

Sim, assim como em qualquer profissão, ofício – qualquer coisa que envolva um ser humano fazendo algo – sempre há aquele fanfarrão que não sabe nada, mas vai dar um jeito de você acreditar e arrancar seu dinheiro.

Eu uso alguns oráculos, algumas vezes cobro e outras não. Existem diversas formas de troca de energia que não seja o dinheiro. Faço isso porque gosto e quando consigo ajudar alguém fico muito feliz, de verdade.

Cada um se torna adivinho por um motivo. Eu já descrevi o meu acima. Você também quer ser um? Qual o motivo? Apenas lembre-se NUNCA FAÇA O MAL.

Foto: Rosea Bellator. - Oráculo: Livro do Destino.
Foto: Rosea Bellator. – Oráculo: Livro do Destino.

Quem são as pessoas que consultam um adivinho.

 

Não é estranho quando alguém pergunta: “Quem são as pessoas que consultam um adivinho?”.

A primeira resposta que vem dos ignorantes é: pessoas desesperadas e fracas. Mas na verdade a resposta é: quase todo mundo consulta um adivinho.

Não são apenas pessoas fracas e desesperadas. Muitas pessoas donas de si, confiante e forte consultam um adivinho por motivos óbvios, tal como evitar surpresas desagradáveis.

Assim elas ficam mais bem preparadas e conseguem controlar melhor suas emoções. Parece coisa de gente fraca e desesperada pra você? Napoleão Bonaparte consultou o Livro do Destino, por que você acha? Por desespero? Ou para evitar surpresas desagradáveis?

Muitos generais do antigo Egito e outras nações usavam as visões das feiticeiras para saber se deviam ou não entrar numa batalha de guerra, em qual período, etc.

Às vezes perguntamos para alguém que consideramos “que tem um dom” para saber se vai chover ou não. Se “vai fazer” Sol. Isso parece comum, não? Acontece mais ou menos assim: “Tia, a senhora acha que vai chover?” – e a sua tia responde – “Acho que sim, leva um guarda-chuva na bolsa por precaução”. E toda vez que ela diz, ela acerta. E nem parecia que ia chover. Não é assim mesmo? Sim, isso é normal. Tem gente que acerta em cheio, tem gente que passa longe. Oras, ao fazer isso você acabou de consultar um adivinho[bb].

 

Rosea Bellator

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Veja as partes anteriores. Clique nos seguintes links:

Oráculos (Pt.3) – Melhorando o Desempenho com o Oráculo

Oráculos (Pt.2) – Recomendações Importantes

Oráculos (Pt.1) – Dúvidas e dúvidas: Tira-Teima

A Arte da Bruxaria – (Pt.6) – As Artes Divinatórias (Introdução aos oráculos)

8 COMENTÁRIOS

  1. Eu Consulto o livro todas as respostas dão certo. Tem pessoas que tem medo de consultar. Mas é realmente incrível parece que alguem sabe o destino das coisas. As perguntas deverão ser adaptadas a nova realidade. Sempre da certo.

  2. Rosea ! bom dia!,
    Gostaria de saber se vc. trabalha, ou consulta também O Livro do Destino ?
    Tenho este livro que ganhei há muito tempo, só que a Tábua era um xerox e já está todo apagado. Saberias me dizer onde posso encontrar uma Tábua dos Hieróglifos do Livro?
    Grato
    Dario

  3. Amiga, é impressionante…as pessoas que me procuram,algumas muito diretas: nao quero ler tarot:vim aqui pq quero que tu destruas uma ” x ” pessoa…dinheiro não é problema.Eu sempre digo: Se eu fizesse- note bem…Se eu fizesse, eu tenho de ler o tarot.E mais: se a pessoa for boa,não merecer, qqr magia/feitiço,qqr que seja o nome dado, “se perderá no universo”.Nada de ruim acontecerá a ela.
    Acredito sim e mto na questão do merecimento.

  4. Super interessante essa coisa das consultas involuntárias q fazemos, se nem ter a noção d q estamos lidando c adivinhação, d certa forma! Gostei muito do texto!
    Também achei bem interessante a forma humilde c q a Eloisa tá tentando achar respostas pra entender o q tá acontecendo c os resultados dos feitiços dela. Acho q ela está no caminho certo, tem os elementos principais de uma grande bruxa, na minha opinião, humildade, autocrítica e persistência! Com certeza, ela vai longe!
    Bjos pras duas bruxinhas espertas e boa sorte tb;p

  5. Oi. Acredito piamente em magias e adivinhações, e já copiei e fiz mtas magias deste site e outros tbm do Magia e Sedução, e procuro sempre seguir a risca o q ensinam, mas NUNCA! NUNCA! mesmo consegui meus objetos o q me deixa profundamente triste.
    O q será q há de errado? sou eu? faço algo errado? ñ sou merecedora?

    • Olá Eloísa!
      Não é que você é ou não merecedora, mas exige um treinamento!
      Qualquer pessoa pode fazer, desde que treine, estude e tenha em mente algumas regrinhas: não fazer magia desesperada, sem medo, sem ansiedade, sem qualquer emoção turbulenta e negativa.
      Talvez ao invés de tentar fazer qualquer feitiço agora, você devesse estudar a si mesma primeiro, que tal? A Bruxaria ensina muito o autoconhecimento – e é essencial.
      Talvez também os feitiços que você fez deram certo, mas não foi com o resultado que você esperava! Isso acontece bastante quando nos cegamos com algum objetivo e não paramos para olhar ao nosso redor 🙂
      Se quiser conversar mais sobre isso, me chame no e-mail: oficinadasbruxas@gmail.com

      Beijinhos!
      Tenha fé e acima de tudo saiba que tudo tem um porque e hora certa para acontecer!

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.