Ainda não sei o que buscar. Não sei qual caminho seria um bom caminho para mim neste momento. Então, o tarot pode ajudar? Claro que pode!

Veja o esquema na imagem e confira o que diz cada carta na descrição abaixo!

1 Um rumo que faria muito bem para o consulente? Seria um rumo voltado para dentro de si mesmo? Algo no meio de várias pessoas? Algo que necessita de estudos? Algo que precisa apenas deixar fluir?

2 Como o consulente tem trilhado sua vida espiritual? Ou seja, como o consulente anda levando seu espiritual? Leva à sério? É cético? É muito esperançoso e nada faz? Como age em assuntos referentes à espiritualidade?

3 Então, o que o consulente precisa para chegar no rumo que lhe fará bem? Para chegar no rumo que faria muito bem ao consulente, o que seria bom começar a fazer?

4 E como pode proceder com este caminho? Dicas e sugestões do tarot para o consulente conseguir ter ideias do que fazer para melhorar seu caminho. Se são práticas, se é fé, se é pensamento positivo, se é uma terapia, dança, etc.

5 Como o Plano Espiritual vê os caminhos espirituais do consulente? O que o Plano Espiritual espera?

6 Um conselho para o consulente pensar e assim poder levar adiante seu caminho espiritual.

Como vimos, esse jogo é para ajudar aquelas pessoas que estão “perdidas” e não sabem bem por onde começar a trilhar seu caminho espiritual. Claro que, depois que ela começar a trilhar seus caminhos, com o tempo, com o progresso, as coisas vão evoluindo, portanto, vão mudando, então é interessante para vários níveis de dúvidas. Até mesmo para aqueles que estão em um caminho faz tempo, apenas não sabem para que lado seguir, ou o que estudar em seguida, e até mesmo ver como anda espiritualmente.

Espero que tenham gostado!

Abracinhos!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.

6 COMENTÁRIOS

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.