Hades, o Senhor do Submundo, também conhecido como Deus dos Mortos.

Não, Hades não tem nenhuma relação com o Diabo dos cristãos. Hades é o Juiz, o senhor, o deus supremo do Submundo, irmão de Zeus e Poseidon – juntos são os 3 grandes deuses. Afinal, alguém precisa por ordem no mundo das almas. Seu reino é vasto e muito populoso. Lá encontram-se os Campos Elísios e o Tártaro, um espécie de paraíso para os bons e um inferno[bb] para os maus.

Hades simboliza não somente a morte, mas alguém introspectivo, sábio, responsável mesmo cheio de tarefas. Hades  nos mostra que mesmo sendo indesejável, ele é inevitável e necessário. Austero e severo, ele é imparcial e justo. Ao lado da sua esposa Perséfone, o senhor do submundo – e seus minerais, pedras, fogo, a própria terra e toda sua fertilidade – aliado a força da deusa da Primavera simbolizam a morte e a vida! Eles são perfeitos um para o outro: a semente e a terra pronta para recomeçar sempre.

A meditação que proponho hoje com esse deus se destina a compreender nosso eu mais profundo. O lado sombrio necessário. Não, você não é um santo, nem eu, nem ninguém. Não podemos negar, jogar para um lado profundo da mente e esquecer. Temos que entender e aceitar, e só então controlar.

Obra de Mattia Preti, Orpheus no Hades, 1640-1645, Óleo sobre tela.
Obra de Mattia Preti, Orpheus no Hades, 1640-1645, Óleo sobre tela.

O que você precisa:

– Ambiente bem escuro e silencioso;
– 1 incenso de dama da noite
– Muita força de vontade e coragem

O primeiro passo é entender que você tem um lado que ignora, o segundo é querer entender você mesmo. Tudo certo? Vamos ao exercício.

Acenda o incenso, sinta a essência da noite. A dama da noite é uma flor que só abre a noite, é símbolo da eternidade, da fertilidade, e da união de Hades e Perséfone.

Coloque o incenso onde achar melhor. Apague a luz e não seja interrompido por nada até o fim do exercício.

Deite em sua cama, feche os olhos.

Visualize um lugar escuro, com pouquíssima claridade. Certamente, olhando mais atentamente você vai perceber algumas silhuetas, como névoa… essas são as almas de pessoas que morreram. Não tenha medo. Caminhe com firmeza, pode ser difícil da primeira vez, mas não desista. Conforme você caminha, você vai ver mais almas e vai ouvir vozes de pedido de socorro, vozes pedindo para ver a pessoa amada, vozes pedindo para voltar a viver.

Você vai começar a ver um rio escuro, é o rio Aqueronte. Um barqueiro muito velho, tão velho quanto o tempo, e tão carrancudo quanto seu mestre Hades está lhe esperando, este é Caronte. Você tem uma moeda na mão, dê para o barqueiro, que está estendendo a mão para você.

Dentro da barca, as almas imploram para subir a bordo, mas ele não permite, dando-lhes pancadas com seu remo. Caronte lhe carrega para o outro lado do rio, para a entrada do Submundo.

Assim que você sai do barco e pisa na terra escura, o barqueiro some.

hades - caronte
Interpretação do século XIX da travessia de Caronte, por Alexander Litovchenko.

Siga em frente. Você sente seu corpo ficar leve, etéreo. Muitas pessoas caminham, como você, porém há uma passagem vazia, esperando por você. Uma voz quase inaudível e indecifrável chama seu nome, você não ouve necessariamente, mas sente!

Você passa pelas pessoas, e enquanto faz isso sente sua mente abrir, começa a ver tudo que você mesmo fez. Algumas coisas certamente não serão agradáveis. Conforme você chega na passagem para uma sala totalmente escura como breu, você sente sua visão ficar turva, porém você não sente incômodo, continue andando.

Passando pela passagem escura, de repente tudo atrás de você some e à sua frente uma sala um pouco escura que o restante do lugar com um trono feito de ossos e almas suplicantes aparece. Um homem de face austera, gigante, vestido com um manto negro e usando uma coroa tão negra quanto ébano está olhando profundamente em seus olhos e você não consegue desviar. Seu olhar é tão penetrante que você não consegue ver o resto da sala e então tudo que consegue ver é ele. Esse homem é o deus Hades.

Ele não diz uma palavra, mas você ouve em sua mente ele ordenar que se aproxime.

Agora é a hora mais difícil de todas. Respire fundo e encare Hades. Ele vê, juntamente com você, tudo que você odeia em si mesmo. Tudo que você reprime para se adequar a sociedade ou algo do tipo. Vocês veem o momento que você odiou alguém secretamente e se odiou por isso, vocês veem o momento que você fez algo para agradar alguém e se odiou por isso. Você já sentiu vontade de socar alguém? Matar? Mandar para o inferno? Sentiu vontade de matar o cachorro da vizinha que não para de latir às 3 horas da madrugada, mesmo você amando os animais e no dia seguinte se culpou por isso? Admita isso a si mesmo! Essa é a hora! Você não é uma pessoa horrível, você é um ser humano. Hades vê isso, ele sabe disso há milênios. Não precisa se odiar por esses momentos. Se sentir vontade de chorar, chore. Coragem, enfrente seu “eu” mais profundo, seu “eu” que já desejou o mal de alguém por algum motivo, seu “eu” que já quis fazer coisas que certamente iria para a cadeia depois! Enfrente sua sombra, ela faz parte de você. Hades é visto como uma sombra dos deuses pelo trabalho que faz, carregar as almas para o submundo e julgá-las, um trabalho infinito, demorado, cansativo e necessário. Portanto entenda que você tem sua sombra, necessária para formar sua consciência. Consegue ver claramente agora?

O deus levanta a mão e a pousa em seu ombro. Nesse momento você vê tudo que fez de “errado”, tudo que você tenta esconder de si mesmo, tudo que você fez escondido e tem medo que descubram. Hades pega o Elmo da Invisibilidade e coloca em você. Você sente-se voltando em algum dos momentos que você mais teme ser descoberto e vê a si mesmo. Nesse momento você está invisível, assistindo seu “eu”. Neste momento você estava tomado pelo seu lado sombra, o qual você não gosta de admitir. Porque você fez o que fez? Porque se arrepende? Porque teme que descubram? Não importa. O que está feito está feito. Se você fez o que fez, fez por um algum motivo! O seu “eu” de hoje é mais evoluído que o seu “eu” de ontem, todos somos assim. Passo a passo, vamos nos descobrindo e crescendo. Aos poucos, Hades toma de volta o Elmo da Invisibilidade e você volta para a sala, de frente ao deus.

Ele fala com sua voz quase inaudível em sua mente: “Liberte-se.”

Ele e a sala escura somem, e então você de repente você está nos Campos Elísios e um imenso espelho dourado como Sol aparece. Você vê a si mesmo, porém o seu “eu” do outro lado está num lugar como o abismo. Aproxime-se do espelho. Toque sua superfície. Hades está ao lado do seu “eu” que está no abismo. Sinta, entenda, veja a si mesmo. Você só é você graças a cada fragmento em sua alma. Você tem defeitos, você tem qualidades. Você precisa dos dois para se defender, para entender aos outros, para ser um ser humano. Encoste as palmas das mãos no espelho, sinta-se sendo unido a sua sombra, sinta a benção de Hades. A benção da sabedoria, da introspecção, da aceitação do seu “eu” mais profundo. Hora de aceitar sua sombra e aprender mais com ela. Hora de se redescobrir!

Abra os olhos…

Você está livre!

Rosea Bellator

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto e imagem é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros artigos? Clique nos seguintes links:

Os feitiços das Bruxas
Poesias e divagações sobre a mulher e a bruxa, de Hospes Luna
As runas das bruxas
Exercício para o Sagrado Masculino
Recomendação de Livros
Comemorações das Bruxas
Feitiços
Meditando com Perséfone
Meditando com Poseidon
Meditando com Afrodite
Oráculos
Auto iniciação ou iniciação
Feitiços de banimento
Banhos Mágicos
A cozinha da Bruxa

22 COMENTÁRIOS

  1. Muito legal essa pastagem.
    Seria possível vc fazer alguma pastagem mais detalhada sobre o Deus Hades e suas diferentes faces, e como cultua-lo? Acho ele interessante e seria bacana ver um estudo mais detalhado dele.
    Aproveitando, queria tirar uma dúvida. Sempre vejo em alguns comentários aqui no site, quando o assunto é sobre deuses guias e tals, as pessoas tendo dúvidas sobre sinais enviados, etc. Daí vc pede para a pessoa chamar pelo deus ou deusa e pedir por mais sinais em específico. Como seria chamar um deus?
    Poderia dar um exemplo?

    Adoro muito seu site. <3
    Bjs :*

  2. Ola, estudo magia a alguns anos, mas uma das coisas que mais me preocupa é que não encontro um lugar tranquilo e silencioso para meditar. Gostaria de saber se o barulhos dos carros e de toda a cidade lá fora pode atrapalhar ou se apenas a concentração e a paciência podem ajudar a dissipar os outros ruidos. Desde já agradeço pelo seu trabalho, esta me ajudando muitíssimo.

  3. Pode não servir para nada(meu comentário), Rosea.Caronte não aceita menos que um Óbulo, e nem mais que 3.^^
    Só um pouco Mitologia. …rs

  4. Rosea, tudo bom? Estou pensando em fazer essa meditação, e depois (como você sempre diz que é importante), honrar o Deus em agradecimento. O que pode ser oferecido a Ele?

  5. muito bom! só que tenho uma grande dificuldade em achar o ingrediente, o 1 incenso de dama da noite, moro em uma cidade pequena no interior…. não acho que vá achar isso em nem um lugar….

  6. Nossaaa, amei esse texto da meditação com Hades mas vamos ver se vou ter forças para enfrentar meu eu mais profundo. Vlw pela postagem! Bençãos sem Fim!

  7. pretendo iniciar meus estudos,e encontrei seu site,só não acredito que tenha sido por acaso,já faz algum tempo que venho mim informando sobre o estudo rsrsrsr e seu site e face apareceu assim rsrsrs bom demais,agora é só estudar muito.

  8. Fiz. Foi incrível!! O que vi foram coisas bem diferentes do que imaginava que ia ver antes de ter feito. Enquanto assistia as cenas, me senti agitada por dentro, bem angustiada. Mas no fim da meditação me senti leve e animada para fazer tudo diferente. Adorei!!! Obrigada por dividir isso com a gente. Bjs

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.