Então, todo bruxo e toda bruxa tem que ter roupas cerimoniais obrigatoriamente, aquelas vestimentas negras, com babados de ouro e colar de safira e…

Não.

Que TUDO essas roupas lindas dos magos, das feiticeiras, dos bruxos! Mas... tem algum poder? É obrigatório? Na imagem: Circe, 1889, Barker, Wright (1864-1941) / © Bradford Art Galleries and Museums, West Yorkshire, UK / The Bridgeman Art Library
Que TUDO essas roupas lindas dos magos, das feiticeiras, dos bruxos! Mas… tem algum poder? É obrigatório? Na imagem: Circe, 1889, Barker, Wright (1864-1941) Óleo sobre Tela.

Pra começar, as vestimentas não são bem um instrumento mágico.

Outra coisa: muitas bruxas e bruxos fazem seus rituais vestidos de céu – de lua, como quiser chamar – e esta é uma expressão para “fazer o ritual nu”.

#AYMINHANUSSASINHORAQABÇURDU!

Não tem nada de absurdo, mas vamos ver qual a importância das vestimentas!

Vestimentas Bruxescas

Não é algo inútil, nem fútil. As vestimentas podem ser bem úteis, mas não encuque, pois não há nenhuma obrigatoriedade.

Eis alguns motivos para o uso de roupas específicas:

1. As famosas capas pretas!

Motivo: A capa preta tem o simbolismo de proteção, afinal, magia é coisa séria, e algo pode dar errado, que tal já estar protegido? Outra coisa, a cor preta também serve como escudo. Quanto ao tecido… use o qual parecer melhor. Não adianta fazer tudo de veludo se onde você mora faz 40º o ano inteiro 😉

Esse tipo de vestimenta é consagrada é muito usada também quando o bruxo precisa absorver alguma energia – porém, como disse antes, é muito mais usada para proteção mesmo.

“Posso usar um vestido e um véu preto ?” Pode, claro – mas não tem a mesma simbologia da capa.

2. Vestir-se de céu – ficar nu.

Motivo: A lógica aqui é muito simples e bem usada pelo pessoal que faz mais rituais com a natureza: ficar nu é estar como veio ao mundo. Sentem-se livres, completamente confortáveis e maior conexão com a natureza e o divino.

3. Cores específicas, independente da peça.

Você já deve ter lido algo por aí mais ou menos assim: “Quando for fazer esse feitiço, esteja usando uma peça de roupa branca…” ou “Use uma calcinha vermelha para…”. É muito simples: no caso da calcinha vermelha, por exemplo, é uma peça ligada à intimidade e a cor vermelha é ligada ao amor, paixão, energia sexual. Provavelmente verá isso em feitiços de amor. Outro exemplo: usar uma camisa branca para um feitiço de prosperidade. A intenção é estar usando algo mais puro, pacífico, de vibrações mais neutras para não atrapalhar o feitiço.

4. Vestir apenas um véu bem fino.

Ou usar um tecido bem leve e fino quanto um lençol. Geralmente é usado para “entrelaçar” energias. O véu serve para ajudar o magista com certos movimentos, pois ativa a mente para – por exemplo – a dança. Ajuda o magista a “sentir” algo e assim poder canalizar melhor. É uma vestimenta auxiliar.

Como simbologia, representa o véu entre o mundo dos vivos e o mundo astral.

Então é isso povo: se o rito ou feitiço não pedir vestimentas específicas significa que você pode fazer como quiser – eu aconselho sempre a usar uma roupa confortável cujas cores tenham a ver com o que quer fazer. Se é para intuição, use roxo, se é para purificar, use branco, se é para prosperidade, use amarelo e por aí vai. Ou fica nu de uma vez.

E por hoje… é só! Bye!

Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

 

6 COMENTÁRIOS

  1. seu blog é ótimo, muito perfeito… parabéns pelo esforço e obrigada por compartilhar seus conhecimentos conosco.
    eu sou iniciante nisso e estou seguindo todos os passos e logo serei uma verdadeira bruxa.
    muito obrigada novamente por ajudar não só a mim mas a todos que precisam de sua sabedoria. e que a mãe esteja com vosco.

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here