Você já deve conhecer a deusa grega Hera, o deusa dos Deuses, Rainha do Olimpo.   Como bem sabemos, cada deus e deusa regem uma personalidade, uma energia, portanto Hera não representa sozinha todo o sagrado feminino, porém hoje ela será nosso foco. Apesar do deus governar tanto os homens quanto as mulheres dentro de seu reino – Matrimônio – usaremos sua energia aqui em um exercício voltado para o sagrado feminino, para as mulheres despertarem sua força interior, acordarem esta face feminina que anda tão desequilibrada , acordarem a chama que lhes faz querer lutar pelo que querem. sagrado feminino hera  Hoje quando mencionamos “casamento” conseguimos abrir um campo de guerra: de um lado aquelas que acreditam que só serão felizes casando e do outro lado as que acham que casar é totalmente dispensável; algumas poucas ficam no meio como neutras – se casar tudo bem, se não casar tudo bem do mesmo jeito! Eu diria que está tudo bem cada um ter sua opinião, mas após conversar com MUITAS mulheres que acontece algo muito mais obscuro do que simplesmente uma opinião. Algumas realmente tem esses pensamentos extremos, mas muitas é só fachada. Já ouvi mulheres que diziam para todo mundo que precisava casar pra ser feliz, mas me confessaram que era mentira, que não casar, mas falavam por causa dos parentes, amigos e vizinhos que diziam que “mulher que não casa não é feliz”. Algumas têm medo mesmo de ser “encalhada[bb]” mas dizem por aí que não fazem questão nenhuma de casar. Ou simplesmente já perderam a fé nos homens diante de tantas notícias de estupros, casamentos que foram para a vala, traições e afins. É uma situação complicada MESMO! Essas coisas que rondam nossa sociedade mexe mesmo com a nossa cabeça (a dos homens também, viu?).

Proponho hoje um exercício para aliviar a tensão causadas por estes pensamentos extremos, para garantir pensamentos mais positivos em relação as outras pessoas, para libertação das próprias vontades. Quer casar? Ok! Case! Não quer casar? Não case! Simples assim! Não vamos nos sentir mal, nem disfarçar,  porque “fulaninho” disse que você deve casar ou porque “beltraninho” disse que casar é brega.

Respire fundo!

Em uma hora qualquer pare por 5 minutos tudo que você estiver fazendo. Erga os braços os mais alto que puder e jogue a cabeça para trás, de olhos fechados. Visualize tudo ao seu redor encher de cores, animais, um lago maravilhoso e uma fina chuva de água dourada lavando sua alma. Nesse momento, quem é você? Você é uma pessoa única, cheia de personalidade que só está frustrada com as pessoas se intrometendo na sua vida! Respire fundo! O que você realmente quer? Invoque mentalmente a deusa Hera! Hera é a deusa dos matrimônios, mas não deixa de ter sua própria personalidade, não deixa de fazer o que quer – e como mulher saberá guiá-la. Sinta Hera falar-lhe ao ouvido, muito calmamente. Deixe-a te ajudar a se libertar. Deixe-a acabar com seu medo de dizer o que sente de verdade… tire as máscaras, seja você mesma. Agora volte ao normal calmamente e abra os olhos. Assim que te disserem o que for e você sentir necessidade de responder, responda com a verdade – gostem ou não! Esse é um meio muito eficaz de aceitar a si mesma e libertar[bb] a mulher – a verdadeira – que está dentro de você.

Hera lhe ensinará o quão maravilhoso é o poder da mulher sobre si mesma, pois esta afinal, é uma soberana!

Rosea Bellator

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto e imagem é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros artigos? Clique nos seguintes links:

4 COMENTÁRIOS

  1. Estranho senti uma quentura descer sobre meus braços e um ar quente, quando toquei meus braços estavam quentes, então parei o que pode ter acontecido? Nunca havia sentido isso antes, sempre me interessei por magia.

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here