Uai, mas só agora que vamos ver dicas de livros e de como estudar e tals?

Primeiro vimos coisas bem básicas para se começar a prática. Afinal, sem um estudo mínimo, fica difícil praticar, hehe!

Meu objetivo não é analisar livro por livro, mas mostrarei alguns dos vários livros que já li, e que deu para aprender algo deles. Como dizem, “de tudo se dá para aprender algo”! E isso é muito verdade!

Ah, mas claro que comentarei sobre cada um deles, pelo menos minha opinião pessoal.

E, para seguir com este estudo, é interessante que tenha visto os estudos anteriores. É só clicar:

Antes de falar dos livros, é importante falar sobre SABER FILTRAR a informação.

Muitas pessoas que gostam da bruxaria natural ou tradicional, ficam chateados por encontrar muito mais livros Wiccanos. Mas não precisam ficar chateados! É comum que nos livros voltados para a Wicca também mostre muitas coisas usadas na bruxaria natural e na tradicional.

É só saber filtrar. Preste atenção ao que é dogma da Wicca. Ao que é magia natural. Ao que é algo que independe da religião Wicca. Entendem?

Tem livros incríveis que não são sobre bruxaria, mas são sobre ervas. Cristais.

Tem livros incríveis que não são sobre magia, mas falam de cura energética.

Tem livros incríveis que, apesar de não ensinar sobre como cultuar uma divindade, tem seus mitos, ou histórias antigas, falando mais ou menos o que as pessoas faziam. E assim podemos montar nosso culto.

Tem livros maravilhosos para muitas coisas. Nem sempre vai ter uma tabelinha pronta. E é até melhor que não tenha, pois é comum que as pessoas não pesquisem nada após ter uma tabelinha…. e usam tudo errado. Uma tabela serve apenas para um guia rápido, mas ainda precisamos pesquisar decentemente. Por exemplo: Você uma tabela dizendo que arruda serve para amor. Uai, mas arruda não é banimento???? Pois é… Não vai trazer a energia do amor, mas vai proteger esse amor, esse laço entre duas pessoas. Percebe?

Também não adiante ter uma tabela, por exemplo, de ervas, se você não sabe como a usa. Mais uma vez, a tabela é só um guia rápido. Não foquem nisso. Estudem de verdade.

Sim, demoram anos. Bem-vindos!

À seguir, vou colocar as fotos das capas de alguns livros (alguns dos meus livros estão emprestados, alguns estão perdidos pela casa AHAHAHA) e vou comentar, como já tinha prometido. Simbora?

Livro sobre símbolos! ESSENCIAL! Assim você consegue ter uma noção do porque de muita coisa. Por que tal coisa é símbolo disso e daquilo? Nossa… já me ajudou até a entender alguns sonhos!

Está vendo? Nenhum dos dois diz “bruxaria” ou “magia” na capa… e ambos são maravilhosos. Não que você tenha que comprar um deles, esse exato título, mas tenha livros sobre plantas, ervas, cristais… assim vai ter uma gama maior no seu arsenal mágico!

 

A gente vai ver mais livros desse tipo. Que tipo? Livros com técnicas e feitiços. Ainda que não goste de usar receitas feitas, leia! Leia e entenda como funciona. Leia e veja mais ou menos o que usam em uma poção. Como fazem um feitiço. Como usam tal coisa. Experiências dos autores. Sim, a experiência é algo individual, mas se não sabemos nada de como aconteceu com os outros, ficamos sem parâmetro nenhum. Repito: leia vários livros, de vários autores, e terá pontos de vistas diferentes, experiências diferentes. É assim que fazemos nosso filtro pessoal.

Sim!!! Eu não sou Wiccanna, mas antes de entender que eu gostava mesmo é da bruxaria natural, eu li muitos livros Wiccanos. Aprendi muito também. Adoro ler a parte que os autores contam as “tretas” que eles passaram. Bem como falam de suas relações com os deuses. Não dou, nem troco ahah! Ótimos livros!

Esse Guia Essencial realmente me ajudou demais a conhecer a magia em si. A tentar fazer rituais. E o Garotas Selvagens me mostrou muitas deusas! Suas faces! Faces essas que vamos vendo em nós mesmos. No nosso caminho espiritual.

Gosto muito do jeito que o Scott e a Gerina escrevem. Não me cansa. E sempre consigo tirar algo para mim. Apesar do “Bruxaria Moderna” ter um pouco de “mais do mesmo”, também deixo aqui guardadinho. Quando vem alguém meio perdido, vou emprestando os livros, assim as pessoas vão se achando em seus caminhos. Esse livro “Magia das Velas” me ajudou a trabalhar melhor com as velas, hehe! Oh, não diga, Rosea! ahahaha! Faz tempo…

Quando vi o título dos dois livros, eu achei meio sei lá! Sensacionalista? Meio não sei ahahah! Mas olhaaaaaaa! Nunca julguem o livro pela capa! O Formulário Mágico Terapeutico tem ÓTIMAS receitas para tudo que vocês imaginarem com as ervas. E a Bíblia dos Médiuns e Sensitivos é tipo um resumão de muitas coisas, como: usar o pêndulo, entender que existem espíritos e eles podem tentar falar com você, métodos divinatórios, entender a energia…

Meus queridinhos! Nem empresto! Hahah! Nunca mais esqueço essas linhas… Me ajudaram muito a entender a bruxaria de uma forma simples, como se falasse com uma amiga…

O Despertar da Bruxa em Cada Mulher dispensa comentários, afinal, o título já diz tudo. Leiam. Fim. Haahaha! Maravilhoso! Bem como o Magia Natural do Scott. Gente: magia natural é tudo de bom. Qualquer pessoa pode fazer e são bem fáceis até!

Desse livro “Um Feitiço por Dia”, eu fiz muitos que a autora ensina, mas também aproveitei para entender como os feitiços funcionavam para criar os meus. Eiiitaaa que esse eu tenho faz teeeeeeempo! E os Mistérios Wiccanos, como já disse: gente, leiam. Apesar de não seguir tal religião, acaba que é ensinado muito sobre a bruxaria de forma geral.

Ambos abriram muito minha mente. Não curto muito a galera celta, deuses celtas, enfim, mas a forma da autora falar e a simplicidade de tantas coisas abrem nossos olhos para como a magia realmente está em nós e na natureza. E é isso. As Clavículas são mais complexas sim, mas me fez refletir muito sobre como chamar seres espirituais. Como, quando, porque…

Ok, esses são VELHOS. Bem VELHOS. Mas são mesmo muito bons e clássicos ahaha! Esse anuário já até teve uma edição nova. Falta só a Dança Cósmica das Feiticeiras ter também! Apesar de o Anuário da Grande Mãe não ser sobre a bruxaria, fala de deusas de todo canto do mundo. Além disso: fala das culturas lá fora. E isso não tem preço. O outro livro ensina ritos, feitiços, formas de cultuar a Deusa – isso, sem especificar uma face. O que é ótimo. Me ajudou a entender que o feminino também tem espaço nesse mundo complicado e machista… Na época que eu aprendi sobre a magia não havia tantos espaços femininos, não tinha tantos círculos de sagrado feminino… Ainda bem que tudo muda!

Nem sei mais se é possível achar esse “Ciências Ocultas”, haha! Mas, como disse, o objetivo é que leiam além de apenas bruxaria. Ou apenas o que você segue normalmente. Tem sobre outros ocultistas, sobre um pouco de cada caminho espiritual/sabedoria oculta. E bem, O Poder da Bruxa eu recomendo para todos que começaram agora. Sério. Apesar de na capa dizer “Caminho mágico feminino”, o livro vai bemmmm além disso.

O Caibalion fala das leis da hermética. Não conhece?… ” Lei do Mentalismo, Lei da Correspondência, Lei da Vibração, Lei da Polaridade, Lei do Ritmo, Lei do Gênero, Lei de Causa e Efeito”. Não sabe mesmo? Então vá ler. Vai te ajudar a entender algumas coisas, tipo porque algumas das suas magias não deram muito certo… E o livro Caminhos Pagãos, que é bem fininho, é muito bom. Pois é voltado apenas às celebrações, entendimento das fases da natureza e esclarecimento sobre o paganismo mesmo.

Mais livros que nada dizem sobre “bruxaria”, mas que são muito bem-vindos! Uai, por que eu quero aprender sobre aromaterapia? Hum… se você se fez essa pergunta, então você precisa mesmo entender. Já sentiu o cheiro de algo e se sentiu bem… ou mal? Pois é. Só o AROMA já mexeu com você. Imagina isso na magia. E o livro Bíblia da Astrologia… esse é fácil, hehe! Gente, é muito bom entender a energia dos planetas. Seja para a bruxaria, seja para si mesmo – mapa astral, entender a energia do dia… essas coisas!

O Livro dos Mortos do Antigo Egito? Sim! Nos dá uma boa ideia do pensamento dos antigos egípcios, do antigo mundo. Fora que aprendemos hinos às divindades, amuletos e tals. Entender a bruxaria, a magia, é entender sobre outras culturas também. Nem que seja só um pouquinho. Por isso, o livro “Magia no Mundo Grego Antigo” também aparece nessa nossa listinha. Como os gregos, grandes influenciadores no mundo todo, viam a magia? O culto a seus deuses? Mas não espere um livro de receitas. Ele é meio complexo e exige uma leitura focada. E ó: vale muito a pena!

Ufa!

A lista deve crescer conforme eu achar meus livros AHAHAH! Mas se eu fosse mesmo fotografar tuuuuuuuuuuuudo que eu já li… Ou que eu tenho aqui em casa! Vish! HAHAHA! Tenho livro sobre budismo, I ching, mitologia japonesa, mitologia chinesa, livros devocionais a deuses específicos, como Sekhmet e Hathor.

Quer dizer que eu faço tudo como está lá?

Não gente… Vão lendo. Vão vendo que cada autor diz seu ponto de vista, sua forma de praticar. Muitas coisas vocês vão adaptar, até porque, muitos livros são de fora do Brasil… e lá eles possuem outras ervas, outros cristais… Outra forma de ver o mundo. Enfim…

Dica importante: Livros assim são complicados de sair lendo TUDO DE UMA VEZ. O tema, o entendimento, é muito diferente de um livro de ficção. São conhecimentos. Então, leia devagar. Leia, questione, tente realmente entender, não apenas passar os olhos pelas letras. Muitas pessoas possuem a informação diante dos olhos, mas não entendem. Não dão tempo de prestar atenção. De, talvez, reler uma página. Usem o Google. Tem dicionário lá. Tem imagens. Tem um monte de coisa para tirar dúvidas que muitas vezes são simples. Você talvez não saiba que a dúvida é simples, por isso, mais uma vez: use a internet. Pesquise termos, pesquise imagens, pesquise a tradução disso ou daquilo. Aproveitem que ainda não fomos proibidos de usar tal recurso.

E se não achar ou não tiver dinheiro para comprar livros? Gente, tem muito PDF na internet. Em grupos do Facebook. Em blogs, em sites especializados em e-book e outros formatos de texto. Com certeza eu posso dizer: sem material de estudo a gente não fica mesmo! 

Aprendam um pouco com todos. Todo mundo tem algo a ensinar e a aprender. Espero que tenham gostado: entre livros clichês e diferentões, tentei trazer uma seleção diversa para melhorar o conhecimento de todo mundo.

Alguns livros talvez não achem mais nas livrarias, nem nas livrarias online, nem em sebos… mas certamente acharão outros com o mesmo assunto. Mergulhem, de mente aberta. Eu não vou lembrar onde comprei cada um deles, mas a maioria certamente foi em livrarias comuns, como Saraiva, Submarino, Livraria Cultura, Estante Virtual…

Ai ai… é isso.

Leiam de tudo, filtrem as informações. Anotem e pratiquem!

Até o próximo estudo!

Beijokas!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.

3 COMENTÁRIOS

  1. Oi Rosea!
    O primeiro livro sobre bruxaria que comprei foi o Guia Essencial da Bruxa Solitária, há mais de 10 anos, e esse ano decidi reler aos pouquinhos, com calma… e é muito diferente da primeira leitura! Só relendo pra entender mesmo a diferença.
    Recomendo, como leitura e releitura =)
    Beijokas

  2. Ótimo post! Realmente é muito mais fácil achar um livro Wicca, ou mesmo algumas vezes o autor nem cita diretamente mas os fundamentos estão lá.
    Bem leitura é o que eu digo sempre, nada deve ser levado ao pé da letra, leia muito e aí tire suas próprias conclusões.
    Ah sim para quem curte magia natural, livros de Xamanismo também acrescentam um tanto.
    Abs!

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.