Muita gente me pergunta: “Tá, tenho um Livro das Sombras… e daí? Faço o quê? Preciso mesmo disso?”, então a bruxa aqui vai te explicar algumas coisas.

Atenção: já adianto que NÃO É OBRIGATÓRIO NADAAAA, mas é bão pros seus estudos e vocês vão ver como ajuda, hehe!

Grimório Hecate, produtinho da Milena Buzzinaro Art! Coisa linda, coisa maravilhosa!

Primeiramente: o grimório, ou livro das sombras, pode ser qualquer caderno que você queira anotar suas coisas mágicas. Tem gente que separa vários livros para cada assunto, tem gente que faz tudo junto. Relaxa, não desespera. Faz como você achar melhor… contudo, eu super recomendo que você tenha um caderno legalzinho, todo lindinho seu, para coisas mágicas como…

1. Anotar seus sonhos. “Tá, Rosea, isso eu faço em qualquer pedaço de papel”. É verdade… mas eu tenho certeza que quase ninguém lembra de ter um “pedaço de papel” do lado da cama para anotar o que vier de sonho na madrugada. “Poxa, mas isso eu faço no celular!”. Temos vários problemas aqui: pode ter acabado a bateria. Pode começar a travar e você vai esquecer. Pode ser que você tá indo lá abrir o bloco de notas e OPA UMA NOTIFICAÇÃO… e esqueceu o que ia anotar… Tenha um grimório. Anote seus sonhos. Só anote. Aliás, uma dica: antes de dormir, encare seu grimório e diga “eu vou lembrar dos meus sonhos e anotarei aqui, em meu grimório”. Isso ajuda o cérebro a guardar melhor a informação.

2. Anote as experiências mágicas, tudo num lugar só. Aconteceu de, do nada, começar a quebrar um monte de coisa em casa? Anote o que está acontecendo, a lua, se está sentindo alguma energia bizarra ou não, se jogar tarot, anote o que saiu. Anote o humor do dia. Essas anotações farão sentido no futuro. Pense como se estivesse ajudando o seu eu do futuro a entender as tretas do momento. Então, imagine, pode ser que daqui uma semana você esteja bem melhor depois de um banimento, mas fique pensando “ai, será?”. Aí, vendo seus registros da semana passada, vai ver como seu feitiço funcionou mesmo. A situação estava feia! Recomendo fortemente para quem tem memória fraca rsrs!

3. Anote coisas como listas do que precisa. A ideia não é fazer listas absurdas, mas de coisas essenciais, por exemplo: “Para ter sempre um banimento à mão, preciso de arruda. Para ter um feitiço simples de prosperidade sempre facinho, preciso de louro”. Então você nunca fica desprevenido, porque sua lista estando ali, lindamente, você vai sempre comparar com seu estoque e vai manter a ordem.

4. Anote as fases da lua! “Nossa, quando é que a lua vai virar mesmo?”. Muita gente entra em sites e tira print. Lindo! Mas… você vai olhar print por print? Você lembra que tem esse print? … Anota lá: Mês tal, lua nova no dia xx, lua crescente dia yy, lua cheia dia bb, lua minguante dia pp. Opa, vai ter super lua dia yy. Com o tempo, vai virar costume folhear o grimório… e você não vai mais se perder.

5. O grimório estando sempre à mão, fica fácil de anotar aquelas dicas legais que a gente vê por aí aleatoriamente… tipo agora. O hábito de escrever “força” o cérebro a gravar mais rápido a informação. Não tenha preguiça de usar seu cérebro. É rápido usar o celular, mas infelizmente também fica mais fácil de esquecer por ser uma “extensão” da sua memória que não precisa se preocupar em guardar consigo.

Coisas legais que sempre é bom lembrar:

Consagrando um grimório

Gente, isso não é obrigatório, nem tem um jeito específico de fazer. Porém, quando a gente consagra um grimório, a gente tá criando um laço energético. Então, por exemplo, se você vai dormir, e antes encara seu grimório e diz que vai lembrar do sonho e vai anotar ali, não é só uma questão do cérebro associar as coisas, mas a energia também associa. Ajuda, sabe?

Mas eu posso consagrar depois de ter já usado? Claro!

Tem lua específica? Como a gente falou ali em cima, não tem jeito específico, logo… não tem lua específica. Cada um faz quando sente que é melhor. Eu, por exemplo, me sinto muito melhor na lua minguante. Adoro fazer milhares de coisas na lua minguante! E agora? Fico irritada na lua cheia, não fico muito à vontade para me concentrar e fazer algo como… consagrar um grimório. Peço proteção, peço um laço de pureza. Tá lindo! Afinal, na lua minguante só permanece o que presta!

Cuide do seu grimório – ou, dos seus grimórios! Você pode mostrar para quem quiser, mas … ele é algo muito pessoal, não tem porque sair mostrando pra todo mundo. Seja um caderninho simples que você fez, seja comprado, seja estiloso, seja como for: o grimório é seu livro de registros, de você para você mesmo, para te ajudar… e quem sabe, passar para alguém no futuro?

Ufa! Coisas simples, mas que muitas vezes a gente nem pensa, né?

Bem, para finalizar, agradeço a Milena Buzzinaro Art por este grimório lindinho! Fizemos esta parceria para apresentar coisas maravilhosas pra vocês, queridos leitores, hohoho!

Bora conhecer o trabalho de quem faz artesanalmente? Com carinho, que elabora tudo, desde a arte da capa, cada detalhe, ou seja, todo o conceito? Bora!

Capa dura lindamente texturizada, com a Deusa Hecate.
Olha esse detalhe fofinho! Uma fitinha com pentagrama pendurado para marcar páginas! Coloquei a caneta (com a cor combinando, claro hohoh), para vocês terem uma ideia de tamanho!

Esse grimório da foto é o Grimório Hecate. 100% artesanal. A ilustração digitalizada foi idealizada e criada pela Milena mesmo! É capa dura, o miolo é papel kraft 110g, e tem 60 folhas. Curtiu?

Se liga nos links, é só clicar e ver as belezuras que ela faz:

Milena Buzzinaro
Cel: (11) 95202-5506

https://www.artstation.com/milenambuz
milenabuzzinaro.iluria.com
facebook.com/milenambuzart
instagram.com/milenambuzart/

Ah sim, não podemos esquecer de mencionar que: A Milena faz esses grimórios e outras coisinhas pensando mesmo na galera esotérica, assuntos como bruxaria, astrologia, cristais e a espiritualidade em geral! Então vocês vão encontrá-la em eventos como as Feiras Místicas que tem no Clube Homs na Av. Paulista. Moça, por aqui a gente já amou teu trabalho!

Mais uma vez, obrigada Milena!

E vocês, gostaram? Fala aí pra gente!

Beijinhos!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.

11 COMENTÁRIOS

  1. Olá Rosea! Primeiramente eu gostaria de agradecer pelo seu blog maravilhoso. Estou iniciando na magia e seus posts têm me ajudado muito. Pergunta: você tem (ou faz parte de) alguma comunidade no Amino?

    • oie!

      Magic, agradeço o carinho!
      Tentei fazer parte, mas não deu muito certo… :/ fora que o app travava horrores no meu cel aff… ai nem abri mais

  2. Ótimo post !
    Eu costumava ter un grimório, mas nunca anotava nada pessoal nele. Apenas feitiços, tabelas de correspondências e essas coisas. Quando comecei a anotar os sonhos e assuntos pessoais, facilitou muito minha vida na magia. Resumindo, o grimório é de suma importância! Pelo menos na minha concepção como bruxo.

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.