São tantas pessoas conhecendo a bruxaria hoje em dia que dá até um nó na cabeça quando alguém pergunta: “Mas como começar?”. Não tem segredo, só uma boa dose de força de vontade!

Eu também não sou a Senhora Bruxa há mais de 40 anos hahahaha! Lembro bem dos passinhos cuidadosos e o medo do novo… e que medo!  Eu conversava com várias pessoas e ficava imaginando? UAU, será que é tudo isso mesmo?

elvira - e como que começa a ser bruxa o
Até a Elvira passou maus bocados no começo! hahahah!

Bem… o tempo passou. Eu passei a conhecer ainda mais pessoas, fiz amizades aqui e ali e sempre parei pra ouvir suas experiências. Como mamãe sempre diz “Nada melhor como o tempo para aprendermos!”. Eu fui vendo que havia muita gente, digamos assim, maluca. Pessoas que fantasiavam coisas, que inventavam coisas que não existia na bruxaria (como voar na vassoura, haha!) e que diziam ser necessário fazer um curso tal que custava um preço tal (sempre um preço absurdo).  Mas é conhecendo esses malucos que também vamos aprendendo muita coisa. Aprendemos a reconhecer as pessoas legais e confiáveis e aprendemos coisas, como por exemplo: Nunca confie numa fonte só.

Quer aprender bruxaria? Leia bastante primeiro. Pode ser chato para muitas pessoas (principalmente quem não curte estudar e ler, sinto muito), mas primeiro temos que ter a teoria. Não fique com o ponto de vista de um autor só. Leia uns 4 livros de diferentes autores sobre o mesmo assunto. Eu entendo, você quer fazer aquele feitiço e tudo mais, mas vá devagar, pelo seu bem! Se você fizer tudo errado não será ruim para os outros, será ruim para você. Um feitiço feito errado pode não dar em nada ou em problema, portanto, na dúvida, evite os problemas.

O conselho para começar, além de estudar bastante, é ir praticando meditação, exercícios com a mente e com o corpo (fazer magia nos custa energia, tem horas que dá até sono de tão cansado que ficamos!). Sabe aquela dança do ventre que você queria tanto fazer? É um ótimo exercício. Sabe aquela natação? Ótimo exercício de respiração. E aquelas aulas de Yoga? Pode ir fundo na ideia. Aprenda a sentir cada elemento ao seu redor, dedique um tempo somente para você mesmo e dê atenção aos seus sonhos (e anote!), apenas não fique na paranoia de achar que qualquer sonho é um sinal divino ou de catástrofe, ok?

Sejam bem-vindos novos bruxos! Cuidem dessa sabedoria antiga e ajudem a propagar a bruxaria! Ah sim, tem um artigo que pode te ajudar: Quero ser bruxo.

Até a próxima!

Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Escrevi esse texto para o site Frutos do Carvalho, em 02/12/2013, mas estou repostando aqui porque acho necessário 🙂

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

COMPARTILHE !
Artigo anteriorMagia com o Elemento Água
Próximo artigoDançando entre as Labaredas do Verão
Bruxa natural, sem medo de botar a cara no Sol. Sacerdotisa de Sekhmet, com orgulho. Taróloga pra todas as horas. Escritora sem vergonha, fazer o que, né? Libriana sim, mas com ascendente em Aquário, dá licença!? Aqui a conversa é fluida, sem drama, sem segredos. Bem, segredinhos só na hora de bater o tambor cazamigas! Falou em magia, já to lá! #ÉnóisQueVoa!

5 COMENTÁRIOS

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here