“Como conheci a Magia”!

Hoje vamos conhecer a história da Milena e do Gabriel! Leia, veja que você não está sozinho! E caso ainda tenha medo da magia… pare com isso JÁ! Vamos lá?

witchs_cauldron

“Me chamo Milena,tenho 15 anos.

Sempre me senti diferente da maioria das pessoas,tipo.. Com um potencial,sabe? Como se pudesse ver além das coisas.

Pois bem,tive um professor que eu o considerava um mestre e logo no início que eu o conheci,ele comentou que meus olhos eram profundos,era conhecida por ele como Menina Do Olhar Intrigante.. Como o olhar de uma bruxa medieval,ele dizia.

Isso despertou em mim bem mais que só a atenção.
O interesse e a curiosidade foi tamanha que resolvi ir além do comentário.

No lugar da incerteza eu fui preenchida pelas artes antigas!

Confesso que logo depois de um tempo,eu meio que sosseguei,pensando no que as pessoas ao meu redor pensariam,principalmente a minha família..

Mas resolvi seguir caminhando na trilha,pois é nela que eu me sinto bem.
Sei que ainda há muito para aprender,mas sinto que o mais importante dentro de mim é a força de vontade de querer aprender sempre mais e mais..

Não parei de estudar e conhecer um pouco mais sobre a magia,mesmo não tendo muitos recursos.

Mas foi graças ao seu blog,que me senti muito mais motivada.
E você sendo a minha inspiração!

E é verdade o que disse sobre a reação das pessoas.
Algumas pensam que sou do demônio ou algo do tipo,já outras dizem “Nossa,que legal!”.

Acho até divertido,mas independente da reação de qualquer um,sinto em meu ser que é na magia que encontrarei a minha felicidade,meu bem-estar!

Obrigada por ser essa pessoa incrível e por estar me ajudando.”

– Milena

<3 <3 Assim eu derreto! <3 <3 <3

lua

“Olá! Meu nome é Gabriel Andrade e tenho 16 anos de idade. Tenho uma família inteiramente cristã, que ainda conservam costumes da igreja, todavia desde muito pequeno fui apresentado a truques de ilusionismo, e filmes de Bruxos, aquilo trazia para mim uma felicidade e curiosidade totalmente desumana, algo que não se pode explicar com simples palavras.

Presenciava várias missas com minha família, mas no fundo eu sentia que nada daquilo surtia efeito em mim, nada me fazia com que pudesse alcançar a felicidade. Com oito anos de idade comecei a estudar a bíblia como fazia todos de minha família, mas quanto mais eu lia maior era a tristeza que crescia dentro de mim. Aos onze anos começou a acontecer algo incrivelmente mágico comigo, algo sobrenatural, era visões, elas sempre viam acompanhadas de um sentimento muito forte, quando era uma visão alegre, minha autoestima crescia e a alegria transbordava por todo o dia. Já quando era visões tristes meu corpo ficava impregnando de uma obscuridade sem igual, foi neste momento que eu conheci a magia, passei a estudar muito para poder controlar este “poder” que crescia dentro de mim incontrolavelmente, porém ninguém acreditava que eu tinha. 

Virei um ateu e minha família me “renegou”, eu não tinha mais atenção da mesma forma, logo aos 14 anos tive vários Déjà vu’s, e acompanhada com uma desilusão amorosa, bateu na porta a depressão. Na escola eu tive a sensação de desestruturação quando sentei ao lado de uma garota, na verdade foi quase como uma visão minimizada, uma energia de separação… de saudades… não demorou muito e veio a notícia que o namorado a tinha deixado. Assistindo novamente um filme, a curiosidade mágica me fez procurar meios para sair daquele estado, eu pesquisava algumas coisas, criava e desenvolvia meus próprios feitiços, por fim minha autoestima melhorou e passei a descobrir que existe muitas pessoas igualmente a mim, que sairão da total obscuridade da alma por meio de magia.

Hoje eu me considero um bruxo, ainda principiante, mas um bruxo que ainda tem muita luz pela frente, e agradeço infinitamente à Rosea, este ser de luz intensa que compartilha tudo com seus fies leitores e os ajudam. A vida que eu escolhi para mim, independentemente dos maus olhares da sociedade é ser um BRUXO, pretendo me especializar mais e fazer com que meus dons cresçam, pois eu tenho consciência que eles existem. Beijos do Bruxinho!!!! ♥ “

– Gabriel Andrade

Beijinhussssssss <3

owl1 megla

Viu só? Cada um conhece o caminho da magia de um jeito! E você, como foi? Mande um e-mail pra Oficina das Bruxas! O e-mail é: oficinadasbruxas.odb@gmail.com .

Existem muitos bruxos solitários por aí que não entendem o que está acontecendo consigo mesmos, não entendem a situação ou mesmo têm medo – sua história de como tudo aconteceu pode ser o que falta para eles!

Quer ver outras histórias? Tem aqui: Histórias dos Leitores.

Estou esperando o e-mail de vocês, ein!

Beijokas!

3 COMENTÁRIOS

  1. Oii Rosea! Muito lindo seu trabalho, pulei de alegria quando vi minha história de vida aqui. É ótimo saber que existe tantos bruxos solitários. Adorei também a história de Milena, como ela algumas pessoas a qual eu conto acham que sou do domínio outras querem saber cada vez mais. Enfim, beijos beijos e obrigado pela generosidade e pela honra de te conhecer. ♥♥

  2. Eu sempre fui um ” esquisito “, muitas pessoas já me xingaram e me humilharam de diversas formas, tenho atualmente 14 anos e nunca entendi corretamente as coisas que posso fazer, perdi meu pai bem cedo ( acho que quando tinha uns dois anos de idade ) e descobri que de serta forma sou colpado por sua morte, deixeme esclarecer para aquele que à isto ler como tudo começou. Quando eu tinha 6 anos, enquanto brincava no quital de minha avó, algo estranho aconteceu, sabe aqueles redemoinhos que se formam as veses no chão então eu tinha à mina de pisar neles, até que vi um que me chamou a atenção ( não por qual sei motivo ), eu começei a seguilo e ele se afastava mais e mais até que ele parou e veio ne minha direção ( eu pisei nele nessa hora! ), uma folha que estava girando nesse redemoinho girou em torno de mim até atingir o cume da minha cabeça e enquanto ela girava eu pude ver um ser escuro feito de algum tipo de fumaça ele abria os braços para mim como se fosse me abraçar e então eu desmaiei ( eu desmaio com uma facilidade assustadora ), depois disto nada de ” estranho ” aconteceu comigo até que fiz uns 8 ou 9 anos eu começei a ver pessoas que não estavam lá, seres assustadores que se aproximavam de mim e gritavam, eu realmente achei que havia enlouquecido, até que com o tempo acabei adquirindo alguns outros dons ( muitos para ser sincero ). Como nunca tive ninguém para me ensinar como usa los, como toda criança me diverti com eles aprontando várias façanhas, e derrepente passei a ouvir a voz interior dos animais e das plantas ( sei que é locura mas sinto que posso falar disso abertamente aqui ) e apartir desse momento percebi que não devia usa los à toa, desde de aquele dia tenho tentado usa los para ajudar as pessoas em segredo, no início do ano passado conheci três pessoas que tiveram um papel fundamental na minha vida ( não vou revelar seus nomes para não compromete los de alguma forma ) um desses três tem a habilidade de ver nossos protetores ele me disse que quando olhava para mim ele não conseguia identificar o meu protetor, várias semanas se passaram e eu tive um sonho com meu pai ( eu nunca tinha visto uma foto dele ) no sonho um ser de braços largos sem pelos nem rosto saía das costas dele e meu pai dizia: ” Fique calmo meu filho, ele é um demônio mas ele não lhe fará mal. Eu fui escolhido para treze lo para você mas para que ele passa se para você foi necessário minha morte, agora você já tem idade para velo, agora ele será seu “. Quando ele terminava de falar isto o ser se soltava de suas costas e parava na minha e então acordei no meio da noite ( morrendo de medo ), uma voz sussurrou em meus ouvidos ” Eu estou aqui ” desde então eu tenho convivido com este ser, acho que o mais estranho foi que ele pediu que eu desse um nome para ele, eu o dei o nome de Sombra, não o vejo mas ouço claramente sua voz, ele me conta muitas histórias ( assustadoras para falar a verdade ) mas elas sempre contém algum tipo de lição para se aprender, ah, uma coisa que só entendi corretamente depois que li seu site foi, quando ele me conta alguma coisa ele me faz ver oque ele está falando, é como se eu ” lembrasse ” daquilo mesmo sem ter vivido, ele me disse que a função dele aqui é não deixar que algo que está prezo dentro de mim não se liberte.
    Ps: Por favor me dê alguma dica para controlar melhor meus dons. Só não falo mais das coisas que posso fazer pois, não sei se serei respondido.

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.