“Como conheci a Magia”!

Hoje vamos conhecer a história do George! Leia, veja que você não está sozinho! E caso ainda tenha medo da magia… pare com isso JÁ! Vamos lá?

witchs_cauldron

“Desde criança eu sabia que bruxa não existia apenas em contos de fadas, mas sim , gente como eu e você e mais : que assim como poderiam existir pessoas más e pesoas boas também poderiam existir bruxas más e bruxas boas e não apenas bruxas más como queriam me fazer acreditar.Desde criança eu era muito curioso e questionava tudo. Aí eu me deparo com a bruxaria pela primeira vez fora dos livros e filmes.No dia das bruxas um programa de tv à tarde entrevistou uma bruxa linda, cheia de Glitter.

Na adolescência ,enquanto os meus colegas de escola conversavam futilmente nos corredores eu estava na biblioteca buscando algum livro que me despertasse a algo de especial.Nessas buscas fatigante não encontrei muita coisa além de livros de história com tabelas de deuses gregos e seus correspondentes romanos. Mais eu também me deliciava com isso e já tinha Deméter como divindade favorita,porque adorava mexer com a terra e cultivar plantas no quintal.Em bancas comprei revistas de astrologia que sempre eram estraçalhadas pela minha mãe assim que as encontravam nas minhas coisas.E em minhas buscas pela internet e idas a livraria só dava bruxaria,religião,Wicca, exoterismo. Ser bruxa é ser sabia e era isso que eu queria,porque conhecimento é poder!

E assim encontrei a Rosea, uma bruxa de verdade. Logo encontrei um grupo, ou melhor vários pela internet.Estava eu indo trabalhar e no ônibus ao meu lado um rapaz segurava um livro jogo de magia muito louco.Puxei assunto e ele disse que neopagãos,bruxas e wiccanos se reuniriam aquela semana no Paço Alfandega,Recife.

A esse ponto eu já tinha deixado a Religião Cristã da minha mãe na qual fui criado e só foi isso acontecer para um leque de possibilidades se abrir diante de mim; de saber infinito,diversidade e prazer.

Hoje me considero neopagão,cultuo Deméter seguindo o modelo helênico reconstruído. Para mim magia é estar em harmonia com o universo e fazer com que o mesmo conspire a seu favor, para isso realizamos rituais e feitiços; aproveitamos as boas oportunidades e levamos a vida com amor.Porque a vida é pura magia!”

George Santos

owl1 megla

Viu só? Cada um conhece o caminho da magia de um jeito! E você, como foi? Mande um e-mail pra Oficina das Bruxas! O e-mail é: oficinadasbruxas.odb@gmail.com .

Existem muitos bruxos solitários por aí que não entendem o que está acontecendo consigo mesmos, não entendem a situação ou mesmo têm medo – sua história de como tudo aconteceu pode ser o que falta para eles!

Estou esperando o e-mail de vocês, ein!

Beijokas!

4 COMENTÁRIOS

  1. Puxa! Que legal!
    Tbm moro em Recife e gostaria de saber quando esses grupos se reuniam pra falar (estudar e aprender) bastante sobre magia. Conto co teu Feedback George Santos. E parabéns Rosea pelo seu blog. Abençoada seja!
    Blessed be

  2. Adorei essa história. Estou passando pelo mesmo problema. Minha família toda é cristã evangélica e nunca aceitariam que eu fosse bruxa. Mas sempre me encantei por isso e sobre o exoterismo. Agora estou estudando tudo escondida de todos. Quero me tornar uma bruxa porque também amo a magia. Adoro fazer o bem e ter pensamentos que levem energia boa para as pessoas. Pena que vai ser um caminho árduo, já que não terei a compreensão e nem o apoio dos meus familiares. Mas não vou desistir.

  3. Rosea sou mt grato a vc. Sinceramente esta historia se parece mt com a minha e me extimulaa continuar a trilhar meu caminho. Obrigado rosea. Blessed be.

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here