audácia

Depois de aceitar quem eu era, atirei-me com audácia
Entre crises e alegrias
Descobri que era uma bruxa
Por vezes quase desisti de me descobrir
Por vezes me enchi de esperanças e desperdicei
Por vezes fui do céu ao desespero
Aprendi muito
Mas somente por causa da audácia

Nem eu acreditei no início

Sim, eu não acreditei em mim mesma
Pensava que poderia ser demais
Que não teria capacidade
Mas foi assim mesmo, 
Numa decisão insegura!

Aconselho a quem quiser saber[bb]
Se quiser conhecer seu eu
Aceite sua sombra e sua luz
Não há como separar
Nem todos os dias serão de Sol
Mas quando vier a tempestade
Dance
Mas o principal será mesmo sua
Audácia!
Audácia para se atirar no precipício e voltar
Audácia para despir-se de si mesmo
Audácia para conhecer o desconhecido
Audácia para aprender a controlar o que fala

Tente
Tenha uma vida mais viva
Mais colorida
Viva a Magia!

Rosea Bellator

Veja a parte I: Quem sou eu? Experiências de uma Bruxa Anônima I

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto e imagem é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Quer ver outros artigos? Clique nos links abaixo:

Livro: Wicca Essencial
Feitiços para Proteção Familiar com a Pedra Ônix
Magia para Receber e Enviar Mensagem
Exercício para Fazer Fluir os Sentimentos com as Ondinas
Exercício com as Salamandras para a libido
Reconhecendo Símbolos (Pt.1) – Triplos, Estrelas e uma Cruz Diferente
Exercício: O Controle e as Estrelas – Gisela Cambui
A Arte da Bruxaria (Pt.1) – O que é a Arte da Bruxaria?
“Quero aprender bruxaria, quero ser bruxo, como faço?”
Ritual do Jardim Florido
Livro dos Mortos do Antigo Egito
A Arte da Bruxaria (Pt.7) – Introdução aos Feitiços e Rituais (Pt.1)
Exercício: Despertar da Deusa
Feitiço para banir a Inveja

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.