As luas do ano são marcadas de poder e simbologia. Não há uma obrigação, mas é interessante saber algumas referências para usar em seus sabbaths e esbbaths. Faz algum tempo que estudei sobre isso e passei a prestar atenção nas luas. Gostei muito do resultado que obtive.

Como vocês bem devem saber, sigo a Roda do Ano de acordo com o Hemisfério Sul, logo, as Luas do Ano também falarei de acordo com o Hemisfério Sul, mas é apenas inverter, assim como fazemos com os sabás, e terão as luas do hemisfério norte.

as luas do ano - nomes das luas do ano - 13 luas do ano - cor das luas do ano - luas cheias do ano - esbás luas do ano - sugestão de rituais para as luas do ano

As Luas do Ano

Na lista abaixo você vai encontrar um pouco sobre cada lua cheia de cada mês e alguma sugestão de como usar sua energia. Façam bom proveito da força lunar!

Começaremos com a lua cheia de Abril, que é a que antecede ou coincide com Samhain, o ano novo:

Lua do Sangue – Abril: Antecede Samhain. Associada ao vermelho, às caças para o inverno – podemos associar hoje também como um dos últimos momentos que estamos voltados para o exterior, para o mundo, pois no inverno estaremos mais voltados para dentro de nós mesmos.Como é época de morte e renascimento, comemoramos a fertilidade, a maternidade, a força do sangue. E também por ser época que celebramos com nossos ancestrais, é uma lua que tem muita conexão com aqueles que estão do outro lado do véu. Rituais onde são usados o espelho negro para falar com os ancestrais são muito comuns, além de feitiços para engravidar.

Lua Escura – Maio: O inverno está chegando, não vai demorar. Estamos todos, assim como a natureza, entrando num estado de interiorização, buscando forças dentro de nós, buscando o que é sagrado… a fé. Não é de se estranhar que, por mais que não faça muito frio nem chova, as pessoas querem estar apenas em casa. Rituais para conexão com a Deusa ou o Deus são recomendados, principalmente para quem busca um caminho, uma resposta sobre a própria espiritualidade.

Lua do Carvalho – Junho: Lua associada a face do Senhor do Carvalho do Deus. O carvalho é uma madeira tradicional, de muito poder, muito usada nas fogueiras do lar. Essa lua fala sobre o renascer, começar tudo novamente. Sobre dar uma nova chance, perdoar o passado, refletir e começar renascido. Muitos fazem fogueiras nesse período para dançar e purificar a alma.

Lua do Lobo – Julho: Pleno inverno ainda. A cor vermelha começa a ir embora, deixando um roxinho. Representa uma época muito parada, onde todos estão preocupados com a fartura na mesa, com um cantinho quentinho.Justamente por estarmos todos em casa a maior parte do tempo, invista em receitas mágicas no jantar, num lanchinho, no chá e até no vinho. A família fica reunida em casa, aproveite para passar o tempo com eles e conhece-los melhor, fortalecer os laços.

Lua da Tempestade – Agosto: O inverno começa a deixar de ser rigoroso para trazer muita chuva. A chuva vai fertilizando a terra e logo logo teremos a primavera. Associada a água e à cor azul, essa lua marca um período muito sagrado de fertilização da terra gelada. Já é possível ver alguns poucos raminhos verdinhos nascendo nas árvores. Aproveite essa época para rituais que tenham a ver com proteção.

Lua dos Ventos – Setembro: Finalmente a primavera aparece. A luz reina sobre a escuridão, a terra chacoalha e o amor na natureza floresce. Por trazer a luz, essa lua é associada a cor branca, brilhante. A Lua dança nos céus, animada, trazendo um luar mais sereno e apaixonante. Muito boa para rituais a ceu aberto referentes ao amor. Rituais cheios de dança e música, com festa e vinho, comemorando a chegada da vida.

Lua da Semente – Outubro: Lembra-se das águas que fertilizaram a terra? As sementes que foram beneficiadas com essa graça começam a brotar, vívidas. A Natureza cresce com vigor, os animais menores começam a dar cria, a paixão ainda está forte no ar. Período de reprodução. Por causa do intenso verde que cresce, a cor verde está associada a esta Lua. Esta é uma boa época para plantar, engravidar, criar algo/projeto novo, pois você também estará cheio de energia. Rituais que tenham a ver com fertilidade estarão poderosos.

Lua da Flor – Novembro: Época das fogueiras. Se em outubro o amor e a reprodução estavam em alta, aqui estão no ápice. A Lua da Flor costuma vir acompanhada de uma aura rosada e iluminada.  Todas as forças e divindades que tem a ver com amor, carinho, natureza, expansão, vitalidade estarão ainda mais poderosas. Esta é uma noite quente, que gera mil pensamentos eufóricos. Aproveite para invocar  essas energias e transmutar sua vida. Peça para que traga bondade, carinho, suavidade, alegria… A magia também serve para isso! Peça harmonia e luz.

Lua Brilhante – Dezembro: Está sentindo o clima quente? É o verão chegando! A estação vem a todo vapor, o Sol parece que está maior! E por causa disso a lua fica alaranjada. O Deus está em todo seu vigor ao lado da Deusa novamente. Este é um período de união familiar, afetiva, de encontros felizes. Então, se quer fazer um ritual para pedir um novo amor, uma nova companhia, ou mesmo amigos… a hora é essa!

Lua da Bênção – Janeiro: Nesta época nossos antigos começavam seus festivais, comemorando as primeiras colheitas. Sempre com muita animação! Uma aura amarelinha envolve a lua, é quase dourada. Estas são noites de plenitude e de prosperidade. Então… já sabe que rituais fazer, certo? Ah, não esqueça da música, da animação e do agradecimento!

Lua da Colheita – Fevereiro: Agora sim! A melhor colheita, das ervas mais verdinhas, das frutas mais macias e cheirosas! . Tortas e bolos de frutas estarão mais deliciosos e mais mágicos! A Terra dará ainda mais uma colheita, e até lá, vamos aproveitando e celebrando. Os antigos já começavam a fazer estoques de ervas, pois duram muito e podem ser utilizadas de várias formas, desde tempero, magia e cura. A Lua da Colheita também traz força, vitalidade, cura, alinhamento e refresca nossa alma.

Lua da Cevada – Março: Enfim… Outono. Acontece a última colheita. Agradecemos por cada grão. Assim como os grãos, a lua fica amarronzada. Tom de terra, úmida. Representa um momento de sabedoria para saber como seguir adiante. De preocupação com a espiritualidade. Em breve começarão os preparativos para caçadas, então rituais para proteção, força, sorte e bênçãos são comuns. É uma época próspera também, então se procura emprego, se quer abençoar seus negócios, faça algum ritual de prosperidade que envolva grãos e agradeça.

Lua do Vinho – 13ª Lua: Depois que o calendário foi alterado para o calendário atual, que é baseado no movimento do Sol, alguns anos tiveram uma lua a mais no ano. Normalmente aparece antes da Lua de Sangue, com seu vermelho arroxeado, justamente a cor do vinho. Representa o período que está por vir, a preocupação e a responsabilidade, por isso é comum serem feitos rituais para vidência, oferendas e agradecimentos.

E como usar essa informação toda, Rosea?

Não precisa entrar em pânico. Esse poder todo das luas e suas  simbologias servem para adicionar poder a sua magia. Ou seja, aproveite a lua vigente e faça algo que tenha a ver com a energia dela para receber ainda mais poder. Invoque-a com todo amor e consciência.

E se eu precisar fazer um feitiço ou ritual que não tem nada a ver com a lua do dia?

Faça, apenas não irá receber a força da lua.

Recomendo sempre que use as forças da natureza a seu favor. A natureza não atrapalha, mas com a energia dela você tem mais poder, consegue ir mais além!

Beleza? É isso aí! Essas são as luas do ano.

Até!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links: