O Altar Menstrual é uma forma que as mulheres encontraram de acabar com a demonização do corpo feminino, uma forma de acabar com a negação da essência divina feminina, para acabar com os mitos da menstruação e outros milhões de tabus e absurdos que lhes foram impostos.

Claro que temos que entender um pouco mais sobre como fazer esse altar, como usar, quando montar… afinal, somos as netas das bruxas que não puderam queimar!

Meu altar menstrual. O quadro atrás, com a imagem da deusa e duas correntes penduradas chamei de "A Deusa Livre". Foi muito gratificante criá-lo.
Meu altar menstrual. O quadro atrás, com a imagem da deusa e duas correntes penduradas chamei de “A Deusa Livre”. Foi muito gratificante criá-lo.

Antes de tudo, devemos lembrar que o altar menstrual não tem a ver com religião, mas com espiritualidade e autoconhecimento. Se você quiser mesclar isso com sua religião, ok! Apenas lembre-se do que falamos logo no começo do artigo!

Montando o Altar Menstrual

A organização é do seu jeito. Não tem a maneira certa. O que é recomendado: tenha bastante a presença da cor vermelha. Sim, para lembrar o tempo todo do sangue, da vida que contém nele. O vermelho que é a força que muitos tentaram tirar de você.

E o que colocar ou levar para o altar? Sugestões: Uma estátua da deusa. Um vaso com plantas. Se quiser ir com vestes vermelhas ou nua, também é sua opção. Um prato para colher um pouco do sangue ou um vaso de porcelana ou vidro. Evite materiais que absorvam o sangue. Incensos voltados para harmonização ou proteção.  Velas vermelhas. Um copo com água, ou chá ou vinho. Quer trazer uma refeição especial para o altar e dividir com alguém? Ou com sua deusa? Ou apenas com o Universo, em paz? Traz! Quer trazer seu oráculo e buscar nele respostas para autoconhecimento? Ótima ideia. Quer usar o sangue para fazer uma pintura, seja no papel? Opa! E que tal usar o sangue do seu copinho coletor?

Como usar o Altar Menstrual

Como todo altar, o Altar Menstrual é um cantinho seu, seja para repousar, seja para se inspirar, seja para conectar-se ao Sagrado Feminino ou sua Deusa. É um momento sagrado que você terá estabelecido para si mesma. Então, não tem regras de como usar. Vou deixar algumas sugestões de atividades para fazer sozinha ou com mais mulheres.

  • Beba chá de artemísia ou melissa. Medite por uns 10-15 minutos. Colha seu sangue e faça uma pintura com ele.
  • Após colher o sangue, derrame-o sobre algumas ervas secas, dentro do caldeirão, e coloque fogo, pedindo libertação… do que você estiver precisando.
  • Você está ultra sensível… acenda uma vela vermelha, sente-se ou deite de maneira confortável, coloque uma ametista ou quartzo rosa sobre a testa ou uma ônix ou granada sobre o peito e medite. Se optou pelo cristal sobre a testa, mentalize as coisas que deseja mudar…e visualize-as mudarem! Se optou pelo cristal sobre o peito, mentalize o seu corpo mandar para fora toda energia negativa… e visualize-se transmutar! Veja seu corpo ficar mais forte, vigoroso, ou até mesmo mais sensual.
  • Coloque fogo, ou uma vela, dentro do caldeirão e dance!
  • Pode fazer ao ar livre? ÓTIMO! Faça uma fogueira! Dance ao redor, lance tudo que quer transmutar ou pedir nas chamas. Se quiser até queimar uma peça de roupa que estava pensando em jogar fora, para se libertar de antigas energias, é uma ótima ideia!
  • Aproveite para prestar atenção ao autoconhecimento do seu corpo: faça e atualize sempre seu livro menstrual.

Espere aí… você não sabe o que é um Livro Menstrual? Então, vamos falar dessa belezinha!

O Livro Menstrual

Em primeiro lugar, nada mais é do que um caderno onde será anotado tudo sobre seu período menstrual. Pode ser um caderninho simples, pode ser um caderninho simples decorado, encapado, com desenhos. Pode ser um lindo caderno encomendado, tipo um grimório, todo glamuroso. O que importa é que tenha suas informações lá.

Mas… pra quê?

Meu livro menstrual. É apenas um caderno que encapei com papel vermelho e desenhei.
Meu livro menstrual. É apenas um caderno que encapei com papel vermelho e desenhei a mulher & Deusa.

No seu livro menstrual você vai anotar coisas como:

  • quando você ficou menstruada pela primeira vez
  • se você toma algum remédio, de algum tratamento
  • se você toma anticoncepcional, seja comprimido, seja injeção, ou o que for
  • data e fase da lua que você menstruou
  • sensações de cada dia durante toda a menstruação
  • analisar se você ficou mais sensível espiritualmente ou se sentiu bloqueada
  • como está sua libido
  • como anda sua paciência, descreva as sensações
  • como está lidando com as pessoas próximas? Mudou em relação a alguma delas?
  • tentou fazer algum ritual ou feitiço? Como foi?
  • e como foi fazer sua comida?
  • e o sono? Teve sonhos?
  • teve dores? Tomou algum chá ou outro remédio natural? Qual o efeito?
  • o que nessa época é mais fácil pra você?
  • aparece algum tipo de medo? Agonia?

Analise as respostas. Conforme forem passando os meses e perceba a diferença de menstruar em cada lua, analise as sensações e como ficou espiritualmente. Dessa maneira você consegue aprender sobre si mesma, e saberá por onde começar. Sem dizer que é também uma maneira de, se precisar de ajuda, a pessoa ter como te ajudar.

Vou deixar aqui dicas de algumas coisas que anoto:

  • Tabela de chás, como fazer e quando tomar. Gosto da mistura de camomila, melissa, anis estrelado e mel.
  • Tabela das luas. Já notei que menstruar na lua nova é bem tranquilo, mas na lua cheia é o terror. Fico irritada, não presto atenção em nada…. ufa!
  • Faço desenhos de imagens que me vêm nas meditações. Como rostos ou símbolos, ou mesmo formatos abstratos.
  • Escrevo poesias. E algumas delas eu posto aqui no blog… que sinceramente, me liberta, me traz sensação de paz…

Observações Importantes:

É uma obrigação ter o Altar Menstrual? Claro que NÃO!

– É uma obrigação ter o Livro Menstrual? Não!

– Posso dividir meu livro menstrual com alguma outra mulher? Poder, pode, mas se vão fazer isso especifiquem direitinho quem escreveu o quê, de forma bem separada. Senão, mais pra frente, vai fácil fácil vocês se confundir.

– Quando devo montar meu altar Menstrual? Pode deixa-lo montado fixo num cantinho que você goste. Pode montar só quando estiver menstruada. Pode montar quando bem entender.

Posso usar o sangue para fazer pinturas corporais em mim mesma? Pode ué.

Posso criar um altar para mim, minhas irmãs, amigas, mãe ou tias? Sim. Mas, por ocasião de higiene e para evitar qualquer doença (vai que a pessoa não sabe que está doente, né?), cada uma recolha o próprio sangue para fazer o que quiser fazer.

Minha filha ainda não menstruou, mesmo assim ela pode estar comigo quando eu for para o meu Altrar Mentrual? Sim. Aproveite e ensine-a sobre o próprio corpo, sobre o que é mentruar, ok?

Já estou na menopausa, posso assim mesmo ter um Altar Menstrual? Quem sou eu pra dizer que você não pode? Só que não há mais sangue, então só não haverá a ritualística com o sangue. Uma dica: use óleo de urucum para suas celebrações e reviva suas memorias, perdoe os seus erros no passado consigo mesma, com suas filhas, mãe, etc e suas ancestrais.

– Homens podem participar? A escolha é da mulher ou mulheres, se ele ou eles podem participar ou não.

E por fim…

Tenho certeza que se você fizer uma busca em vários grupos e sites, blogs, vocês vão encontrar experiências de várias mulheres com a menstruação, o altrar menstrual e o sagrado feminino. Não tenha vergonha, busque! Temos um corpo maravilhoso, mas precisamos conhecê-lo melhor, bem como nossa espiritualidade… que já está há eras sendo deixada de lado.

Beijokas!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

26 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde, gostaria de saber se tem alguma forma especifica para armazenar o sangue para pinturas e se é necessário dissolver ele em agua.
    obrigada

    • bem, depende para que você quer usar o sangue armazenado… pois normalmente ele apodrece. Para pinturas em específico, o que vejo muito é a galera usar no mesmo dia ou guardar aí no máximo uns 3 dias na geladeira … e como é pintura, vc dissolve se quiser na água.
      Se for usar nas plantas, é bom sim diluir primeiro, para poder se espalhar bem.

  2. Comecei a ler um pouco sobre coisas relacionadas a menstruação ontem, e me deparei com a arte menstrual (que achei linda em vários sentidos), estava mostrando a um amigo sobre e ele me veio com a pergunta de “se não teria cheiro (odor no caso)” (não no momento em que foi feita, mas com o passar do tempo) e como nunca fiz ou vi pessoalmente agradeceria se você pudesse tirar essa dúvida dele ^-^

  3. Oi amiga ,é verdade que devemos ter o fim do nosso ciclo na lua minguante ? O meu é na cheia , não tomo remédio . Sempre peço para que meu ciclo coincida mas gostaria de saber se é verdade . Bjs

  4. Olá Rosea. Bem, para mim a menstruação é “demoníaca”, pois é a causa da minha doença. Tenho endometriose severa, sofro muito com dores fortes e sofro de infertilidade por causa desta maldita doença. Já fui operada há um ano porque os tumores de endometriose estavam a crescer e a espalhar-se cada vez mais. Os meus orgãos estavam todos contorcidos (ovários, útero e intestino). Depois disso, tive que tomar medicamentos hormonais muito fortes para me induzir uma menopausa artificial de modo a estagnar a doença, mas esses medicamentos são terríveis! Causam muito mal estar e muitos efeitos secundários. Enfim, já fiz uma fertilização in vitro para tentar engravidar mas não resultou. Estou cansada e desgastada com tudo isto… procedimentos e exames dolorosos, medicações fortes, dores que não param e… o meu sonho roubado: SER MÃE!
    Pensei em fazer este ritual para me conectar mais com o meu aparelho reprodutor e descansar o meu corpo de tantas hormonas! O que acha? Será que no meu caso é boa ideia?

    Beijinhos

    P.S. Sou fã assídua deste blog. Adoro! 🙂

    • Olá, Sofia!

      Entendo, moça…
      Olha, entenda o altar menstrual como uma terapia, não um ritual a se fazer uma vez, ok?
      Sim, assim é uma boa ideia pra você se curar desde o nível astral, porém… não sei se te ajudará a ter filho.
      Se você sofre tanto, com tantos problemas no útero, primeiro cure-o totalmente, depois pense nisso.
      Não ser mãe não te torna menos mulher.
      Abraço, querida!
      <3

  5. Laine

    Também estou nessa mesma situação. Desde os 15 anos que uso anticoncepcional pra aliviar as cólicas (sendo que comecei a menstruar aos 12 anos e não sentia nada disso). Exceto esses tempos que uso anticoncepcional para não engravidar, acredito que fora o seu uso sem esse propósito é como se tivesse me intoxicando, o que muitas vezes ficava me sentindo culpada por estar ingerindo hormônio só com o propósito de não sentir as cólicas. Mas definitivamente se eu não estivesse evitando ter filho, com certeza seria optar por não tomar anticoncepcional.

    Mas Rosea, mudando um pouco do assunto do uso dos remédios:

    Existe essa coisa de tentar mudar a menstruação de acordo com a lua que deseja menstruar? E se sim, é necessário fazer com que a menstruação desça da maneira correta? Por exemplo: para marcar a menstruação, eu teria que menstruar ou na lua minguante ou na lua nova. Pra indicar que estou fértil, tem que estar no período da lua cheia.

    Eu sei que concilar a menstruação com a lua é bom para quem faz magia lunar + magia menstrual, mas isso tem que se tornar obrigação?

    No meu caso sinto-me muito bem e energizada duplamente na lua cheia: por causa da fase lunar (que geralmente é no primeiro dia) e por menstruar nesses período.

    • Mariana,

      Sentir essas cólicas e ainda fazer nossas tarefas do dia a dia .. Não é fácil.

      Menstruei aos 10. Não sei, ainda não gosto dessa ideia da menstruação ser tão cedo. Tenho uma irmã de 09 anos e quando olho pra ela me lembro de quando eu era criança lidando com algo tão estranho. Não estou dizendo que a menstruação é algo ruim, mas se trata de uma mudança “radical” no corpo feminino. Comigo foi complicado, morava na roça e minha mãe nunca foi de falar muito. A única coisa que sabia naquela época era de como colocar.

      Pra evitar que minha irmã passe pelo mesmo, tento explicar o máximo possível. O constrangimento dela é evidente, mas não dá pra evitar, a qualquer momento pode acontecer com ela e não quero que ela tome o susto que eu tomei. Nem fique com as duvidas que tive.

      Quanto aos anticoncepcionais, vou ser sincera, tenho medo deles. Não tenho filhos, mas penso que se tomar por agora será mais difícil engravidar quando eu estiver pronta para um.

      Eu tenho uma visão, desculpe coloca-la já que faz uso deles, mas acho que fazem mal para nossa saúde. É algo que barra um processo natural do corpo, que seria a gravidez, teria que ser muito forte para impedir. Então penso na quantidade de química que ele é composto.

      Te desejo boa sorte e que a Deusa te abençoe!
      Namastê

      • Entendo também, Laine.
        Menstruei de 9 pra 10, e foi em complicado de entender, sorte que tive uma mãe maravilhosa que me explicou o que é.
        E quanto aos anticoncepcionais… infelizmente, sim, eles nos causam problemas com o tempo.
        Usei durante alguns anos, mas parei. Passei a notar dores que não existiam antes. Paciência. Agora é se cuidar.
        Tem vários artigos na internet e relatos de moças que tiveram problemas também.
        Mas é uma escolha de cada pessoa.
        É bom falar sua visão, e dizer que É sua visão, assim as pessoas tem outros pontos de vista para refletir!
        Abraços pras duas !

          • Mas foi isso que eu disse: usando anticoncepcional sem ser para evitar ter filhos, dá um sensação de que está se intoxicando. Eu definitivamente não gosto da sensação de usar mais por causa de aos poucos acabar com o processo natural, e compartilho do seu pensamento.

            No meu caso menstruo de qualquer forma, pois o meu é daquele que dá pausa de 7 dias.

            Rosea… você acabou esquecendo de responder a minha pergunta acima kkkkk

            É que assim: li num site onde a pessoa escreveu que DEVEMOS coincidir o ciclo menstrual com o da lua, pois era como se esse seria o ciclo certo para a mulher. E aí achei meio estranho pois o certo é sentirmos bem com o nosso corpo, não importa a fase lunar e tal. (é bom ler a pergunta que tá lá em cima pois ela é mó enorme e não tem como resumir kkkkkk)

            Beijos para as duas!
            Blessed be!

          • não devemos nada, mulher rs
            cada ciclo é um ciclo diferente, uma sensação diferente, vem mais forte ou mais fraco dependendo do que passamos, se ficamos estressadas direto, ou se foi um mês de boas… diz-se muita coisa na internet e esquece que não somos matemática, sempre exata, somos um corpo vivo, cheio de surpresas.
            Tem gente que de alguma forma consegue menstruar só no dia tal, muitas vezes com auxilio de anticoncepcionais rs e tem quem consiga sem nada. Eu, por muito tempo, só menstruava na minguante, aí mudou pra nova, ai depois virou zona ehueueheuhe e agora? É um corpo vivo 😀

  6. Rosea, tudo bem?

    Obrigada pelo post. Fico muito feliz sempre que leio algo relacionado ao Sagrado Feminino. Mas confesso, é muito difícil pra mim lembrar o quão sagrado é o meu período menstrual. Vou te dizer porque!

    Eu sinto uma cólica terrível, terrível mesmo, quase insuportável. Doe o abdômen, as costas, as pernas, os joelhos, tudo, TUDO. Sem falar nos efeitos colaterais e a sensação de estar tendo um filho (Que eu não sei qual é porque nunca tive um, mas que deve chegar perto porque nunca senti algo assim kk). Juro, é muito difícil.

    Uma vez me consultei com o gineo e ele me indicou um anticoncepcional, mas não gosto muito deles, não acho que faça bem a minha saúde. Minha sogra sempre indica a argila, mas nunca uso. O engraçado é que a dor passa quando bebo dipirona e durmo de novo. Acordo bem melhor, curada. Essa dor que tanto sinto é até o efeito do remédio começar a agir, parece uma eternidade.

    O que quero dizer é que é muito difícil pra mim ver a menstruação como algo sagrado já que é um período que sofro muito. Não estou dizendo que ela não é, mas é muito difícil pensar dessa forma enquanto estou chorando de dor.

    Eu não sei o que vou fazer. Não sei se existe algum tipo de meditação ou chá. Só sei que preciso fazer alguma coisa. Já sofro disso a anos e infelizmente algumas pessoas que recebem o nome de médico simplesmente dizem que é normal, então o jeito é me virar.

    Obrigada de novo!
    Namastê!

    • oie!

      Entendo perfeitamente, moça… e esse é um dos principais motivos de criarmos nosso espaço, para nos entendermos, para descansar, para aliviar.
      Comece. Você vai se descobrindo e aliviando-se.
      Se não começar vai ficar apenas dolorida, sem entender 😀
      Chá? A misturinha que postie no artigo serve pra isso! 😀

  7. Existe uma possibilidade de algum trabalho que eu possa fazer para abrir minha linha de amor! Amei , banhos para crianças achei tão carinhoso, sempre grata com você?

  8. Amiga Rosea , muito obrigada !! A tempos preciso me encontrar com o poder feminino , com meu corpo , minha sensibilidade . Estou sempre bloqueando isso . Sei blog tem sido a água no meu deserto , acredite . Fiquei emocionada ao ler . Sabe que não me causou espanto fazer pinturas com o sangue , mas ficar nua ……… estranho não ? Tenho muitos oráculos “masculinos” e o tarot que considero neutro , e só um “feminino” , vou procurar mais um . Hecate ma chamou , mas estou indo com calma pois sei que ele pede respeito e dedicação . O altar vai me ajudar . Vou conseguir ter meu próprio canto para realizar tudo o que quero e mereço e um dia ( breve ) vou comemorar com vc minhas conquistas . Assim como vc me faz bem , deve fazer a outras(os) que frequentam esse blog . Eu não preciso de coven , de líder . Eu tenho vc . Abençoada seja mli vezes . Bjs

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here