Que você ama o universo místico eu já sei, mas me diga: Está aprendendo a dançar? Já dança há muito tempo? Ou você apenas dança do seu jeito e ama muito tudo isso? Então esse artigo é pra você!

a lua e a dança sagrada - a dança sagrada é - artigo dança sagrada das luas - dança sagrada magia
Comprei esse bracelete para usar em danças mágicas, ritualísticas. O barulhinho das moedas é como música para mim. Foto: Rosea Bellator

A Lua tem grande poder e nos influência de acordo com suas fases. Então… e se você pudesse usar essa energia combinada com a dança?

Velas, incensos, música… tudo isso pode ajudar, mas com uma simples afirmação na mente e com uma dança de todo coração, você pode movimentar energia… e fazer magia!

Apenas fique atento às fases da Lua! Veja:

Lua Nova: Traz o começo de algo. Uma boa época para iniciar, lançar no universo a semente de algo que você quer que evolua. Então mentalize o que quer que seja dado início. Comece dançando devagar, vendo-se como uma semente que vai na terra… e depois vá acelerando, crescendo, sentindo suas raízes fortalecerem!

Lua Crescente: Traz a evolução de algo. Uma boa época para pedir prosperidade em um projeto, relacionamento, trabalho, saúde, etc. Mentalize o que quer que cresça de forma saudável. Volte sua dança para esses pensamentos. Busque uma dança energética, que faça você girar e suar bastante. Sinta o que deseja prosperar!

Lua Cheia: É o símbolo da plenitude. Representa as gestantes. Boa época para pedir que algo dê certo, que algo se cumpra, que consiga por exemplo, um emprego. Que um relacionamento dê certo. Que haja alegria em sua vida. Movimento. Boa para o amor, para ter fogo na cama (ui!). Mentalize o que deseja e dance de forma circular. Dê preferência para mexer a cintura, o quadril.

Lua Minguante: Lua que mingua, que dá fim em algo, que leva algo embora. Boa para banir doenças, energias negativas, tristeza, infelicidade, decepções. Boa para cortar laços com pessoas que não deseja mais em sua vida. Mentalize o que deseja se livrar, saindo de você, cortando os laços que prendem em você. Deixe que vá para longe. Dance lentamente, visualizando esses cortes de energia, de laços, cabeça mais abaixada, movimentando os braços… conforme a energia que não deseja mais se afasta, comece a acelerar a dança, a tornar a dança mais alegre.

Lua Negra: Recomendo usar as energias dessa lua para quem anda descobrindo seu caminho espiritual, para quem busca autoconhecimento, para quem quer sentir a magia no espírito, entender um pouco de vidas passadas, aprender com seu inconsciente, com sua sombra. Mentalize o que deseja aprender… e dance lentamente. Movimentos que fazem você ver seu corpo, explorar passos, ver movimentos nos dedos, nos braços. Sim, um pouco de drama! rs! Feche os olhos e apenas sinta. É como uma meditação dançante. A energia vai fluir e você terá suas respostas em breve, seja através de alguém, seja em livro, seja num pensamento, assim… “por coincidência”.

Se você tem dificuldade de concentração, procure usar músicas sem vocal.

Quer usar velas? Incensos? Chamar deuses ou deusas? Abrir o círculo? Fica a seu critério.

Quer ler mais um pouco sobre as luas? Vê aqui: A Magia da Lua & A Importância de suas Fases. E sobre esbbaths também? Tem aqui: Esbbath – Magia e Comemorações da Lua.

Faça quando quiser, quantas vezes quiser. Essas danças, que vejo como dança sagrada por trabalhar nosso interior com todo respeito e amor, podem trazer muitos benefícios além dos já conhecidos pela dança em si. Benefícios como compreensão da sua energia, alinhamento com o sagrado, com o universo, com a terra e a lua, é uma maneira de aprender a se expressar, sensibilidade. Para mulheres: compreensão do sagrado feminino, alinhamento da menstruação, estabilidade e saúde para gestantes. Para homens: compreensão do sagrado masculino, alinhamento com a lua – que normalmente é difícil para muitos, por verem a lua como algo exclusivo das mulheres. Enfim, são inúmeros os benefícios!

Então, o que está esperando?

Vai dançar!

Até a próxima!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links:

34 COMENTÁRIOS

  1. Estou em busca de uma nova gestação, li sobre a dança da lua cheia, agora só dia 05.10, adorei esas informações, parabéns pelo tyrabalho e muita luz.
    Grata desde já

  2. Estou em busca de uma nova gestação, li sobre a dança da lua cheia, agora só dia 05.10, adorei esas informações, parabéns pelo tyrabalho e muita luz.

  3. olá, eu tenho uma dúvida, esse da lua cheia para que algo se cumpra,eu queria saber se tem que ser feito pouco tempo antes do que se deseja ou pode fazer bem antes, por exemplo, quero que algo se cumpra no final do ano se eu fizer agora ainda dará certo? e eu posso fazer mais de uma vez para a mesma coisa ou não daria certo?

  4. Adorei essa matéria. Tenho um ritual que faço uma vez por mês na primeira lua cheia; reverencio e agradeço as deusas pelas coisas boas que tive e aprendi, e tbm pelas ruins pois me trouxeram algum ensinamento. Sou dançarina do ventre (não uso como profissão e sim para me sentir plena), e danço agradecidamente a lua que sempre chamo de mãe rsrs. Vou levar isso para a vida toda pois é o momento que sinto a mais completa plenitude.

  5. Muito interessante o artigo, coloquei em pratica hoje mesmo (a fase da lua estava a meu favor hihi)
    Eu não sei nenhuma dança específica e minha dúvida é a seguinte, hoje é noite de lua nova então visualizei bem minha meta fui ao ar livre (no meu jardim) e comecei a dançar… Me entreguei de corpo e alma naquele momento, mais minha dança não durou muito tempo. Acho que dancei por uns 10 minutos e queria saber se existe tempo “mínimo” para dançar em rituais, consagrações ou mesmo nessa dança sagrada para a lua

  6. Amei o artigo. Posso compartilhar um pouquinho da minha história com vocês? Vou fingir que ouvi um acalorado “SIM!” e lá vai: Interessante é que já pratiquei “sem saber”. Tem cinco anos que trabalho com monitoramento de alarmes, uns quatro anos antes de eu começar a me interessar deveras por magia, já praticava isso da dança intuitivamente. Alguns momentos antes de sair para o serviço eu me concentrava e começava a dançar visualizando-me como catalisador de uma luz brilhante que se espalhava pela cidade cidade e proporcionava paz. Muitas, mas muitas vezes mesmo funcionou. Tanto que meus plantões são conhecidos até hoje como os mais calmos.
    <3

  7. Rosea, ontem tentei fazer um esbbath de lua cheia ao ar livre, enquanto estava me preparando senti um presença muito negativa, como se estivesse sendo observado e seguido, me senti mal e resolvi não fazer o esbbath, acha que deveria tentar hoje novamente? E coisas como esta podem acontecer durante estes rituais?
    Bjs

    • Lucas, toda vez que vc for fazer um ritual importante, ainda mais ao ar livre, vc vai notar essas coisas estranhas. E é aí que vc tem que fazer MESMO, com todo gosto. Principalmente se for num local como…. seu quintal.
      Atenção, porém: Se era num lugar muito isolado ou onde houvesse o perigo de aparecer alguém tipo um bandido, então vc fez bem em sair.

  8. Ola, nao vou me estender na explicacao pq ate eu acho complicado… sinto q p mim me conectar com os deuses depois de estudos aleatorios eu primeiro preciso me libertar de Lgo q me prende. A dança. Nao sei dancar. Acho lindo. Mas nunca tentei. N ao sei Nda sobre danca solitaria…sempre q mencionam danca eu imagino algo indiano… danca do ventre… ou pole dance… ou aquelas danca espNbola…
    tbm notei q soh noto a danca como algo sensual.

    Nem zei exqtamente o que quero com esse comentario…vz sua opiniao sobre dança … ou meu bloqueio… ou soh dizer msm q como sempre cai no seu blog por acaso e to amando ler.
    Abencoada seja.
    )O(

    • Boa tarde!

      Então comece entendendo o seguinte: cada um de nós se sente melhor fazendo uma coisa. Tem gente que é excepcional, claro. Não precisa ser excepcional. Tire os estereótipos criados da sua cabeça. Vc não é só um corpo – que é apontado e criticado por meio mundo – e sim um espirito livre. Não precisa decorar passos, “tentar fazer bonito”, será fluido conforme vc se entrega.
      E não há problema em ver como algo sensual, ser sensual é maravilhoso srsrsrsr!

      😉
      Tente dançar sozinha, de olhos fechados… e assim vc vai se soltando!

  9. Estou iniciando meus estudos neste caminho e confesso que adoro acessar tua página. Muitas coisas são esclarecidas, adoro isso! Gratidão e parabéns pelo trabalho aqui ! Que a Deusa esteja contigo!

  10. Rosea existem outros Òraculos alem do Tarot? Se puder me passa alguns links sobre, eu to muito encorajado com tudo isso passei a noite lendo 🙂

  11. Amo dançar em rituais e misturar minha vida de bailarina com a de bruxa! Além da lua eu ainda danço de acordo com cada Deusa… Não coloco o Ballet clássico no meio porque ainda não vi uma ligação forte, mas… Porque não dançar uma “Alegria” Flamenca para Afrodite, que além de forte é super sensual. Ou uma “Soléa por Buleria” para Atenas, que é uma dança forte, séria e cheia de batalhas internas no momento de dançar? Eu acho o máximo e danço em quase todos os rituais. Amei o texto!

DEIXAR RESPOSTA

Por favor, insira um comentário!
Por favor, insira seu nome.