Já falamos sobre a Arte em si, falamos sobre ser religião ou não, agora vamos falar do indivíduo: Quem é o bruxo? O que faz? Por que seguiu esse caminho?

Por todo lugar onde li, por todas as pessoas que conheci de fato bruxas, e por mim, posso dizer: o bruxo é um indivíduo que vive a Magia no dia a dia. Estuda o tempo todo, até mesmo sem perceber. Não estudam necessariamente sentados de frente a um caderno, livros e caneta na mão. Bruxos estudam muito por observação, experiência prática. Por meio de um simples diálogo podem perceber vários fatores sobre uma pessoa: se esta é mentirosa, se está sofrendo, se é boa pessoa ou não. Costumam caminhar observando tudo e todos a sua volta.

Seu instinto também é treinado através de diversas práticas e é fortalecido por sua autoconfiança. Através do instinto o bruxo consegue distinguir inúmeros fatos, captar novos conhecimentos, sentir o perigo, perceber se o que faz ou vê é certo ou não, entre outros. Sentem imenso prazer em conversas que rendem novos pontos de vista. São curiosos, porém muitas vezes reservados. É muito comum o bruxo ter poucos amigos, não por serem pessoas tímidas ou algo do tipo, mas gostam de ter plena confiança. Se você não inspira ser uma pessoa que sabe respeitar pontos de vista diferentes ou guardar segredos, dificilmente conseguirá ter um amigo bruxo que lhe conte sobre suas experiências mágicas. É muito comum também que pessoas que começam a entender o que é bruxaria e percebem que é bruxa serem bastante inseguras quanto ao que fazem. Têm muito medo de errar (percebo isso principalmente quando converso com as pessoas na página da Oficina das Bruxas no Facebook).

O fato de estarem começando a entender tantos mistérios da Magia somado ao fato de bruxos serem curiosos temos grandes perguntadores! Querem saber mínimos detalhes, muitas vezes insignificantes, mas vão entender isso conforme praticarem a magia.

A vida mágica do bruxo é: ler, analisar, praticar, observar, reanalisar, praticar novamente, anotar tudo desde o início e então entender. Algumas coisas são complicadas e outras nem tanto.

Ser bruxo também é saber enfrentar suas próprias tempestades internas, refletir, analisar e aprender consigo mesmo. Obra de John William Waterhouse, Miranda - La tempête.
Ser bruxo também é saber enfrentar suas próprias tempestades internas, refletir, analisar e aprender consigo mesmo.
Obra de John William Waterhouse, Miranda – La tempête.

Porque escolheu esse caminho? Não há como responder essa pergunta de forma simples e objetiva. Cada um começa de uma forma, por um motivo. Vou dizer como foi comigo. Tudo começou quando conheci o Tarot. Achei interessante como aquelas 22 cartas conseguem traduzir de forma real nossas ações e emoções. Como poderia aquilo ser possível? Eu, que sou extremamente curiosa, logo comecei a pesquisar sobre.

Assim que li todas as informações que tive acesso, resolvi que para entender melhor, precisava TER aquelas cartas em minhas mãos. Na época eu tinha medo, muito medo de que aquela minha curiosidade poderia resultar, mas segui em frente – uma libriana decidida, isso mesmo! Entre na loja de artigos esotéricos e comprei o mais rápido possível meu Tarot de Marselha com as 22 cartas. Chegando em casa, escondi as cartas entre meus livros, peguei o folhetinho que vem na caixinha e comecei a ler. Esperei até todos irem dormir, menos minha irmã, que achava aquilo bem legal. Como sempre, louca para fazer testes, comecei a jogar para ela. Embaralhava, fazia um jogo pequeno de 5 cartas e ia lendo sobre cada uma delas no folhetinho. Não faço ideia se eu tinha Sabendo como funcionava basicamente, voltei a pesquisar sobre… e descobri que não estava completo! O Tarot é composto por 22 Arcanos maiores e 56 Arcanos menores. Quanto mais estudava, mais queria jogar e quanto mais jogava mais entendia como funcionava e para que servia! Foi a minha grande descoberta e pontapé inicial!

A partir disso comecei a procurar porque as pessoas dizem que é “do diabo”, quem eram as pessoas que usavam tarot, e mais e mais! Descobri o que eram bruxas, mas cada versão que eu lia era diferente e eu não conhecia ninguém. Então descobri que era hora de procurar por pessoas! Enfim, foram muitos acontecimentos até que eu percebi e passei a aceitar o fato de ser quem sou: bruxa, curiosa, ratinha de livraria, viciada em tarot (desculpem, mas é um deck mais bonito que o outro), e muito mais! Descobri que sou muitas e todas as minhas faces são de extrema importância. É preciso coragem para encarar, e muito mais para compreender e então – o mais difícil – aceitar! O bruxo sabe que enquanto ele não se aceitar, não será feliz, terá um vazio imenso dentro de si e não conseguirá seguir adiante de forma próspera em nada. A forma como passam a seguir a bruxaria ou qualquer uma de suas vertentes é algo que se deve sentir para entender. Como havia dito antes, ser bruxo é sentir, é ser um indivíduo transformador! Não há como querer entender ou ser um bruxo sem sentir e se deixar transformar pelos Mistérios da Magia!

Rosea Bellator

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é PROIBIDA e protegida por LEI. Para usar este texto entre em contato com a autora.

Veja mais posts sobre a Arte da Bruxaria

Parte 1  – a arte da bruxaria

Parte 2 – bruxaria é religião?

Parte 4 – o que é magia?

Parte 5 – os ingredientes das bruxas

Parte 6 – as artes divinatórias (introdução)

Parte 7 – feitiços e rituais (parte 1)

Ver mais continuações

90 COMENTÁRIOS

  1. olá Rosea! Encontrei seu blog há algumas horas pelo google e eu estou viciada. Posso dizer, que comecei da mesma forma que você, me apaixonei por tarot e aí começou tudo. Eu estava com um pouco de medo de procurar mais sobre bruxaria por causa de todo esse preconceito que a sociedade tem sobre o assunto e quando eu achei o blog explicando tudinho eu fiquei até feliz hahaha quero estudar muito mais sobre isso agora, e eu devo isso à você <3 muito obrigada por fazer esses artigos maravilhosos do site e ajudar os leigos (como eu) a entender mais sobre esse universo interessantíssimo!

  2. Olá! Bem, eu me sinto diferente desde sempre. Eu me sinto ligado ao mundo ao meu redor desde que era uma criança e sempre soube que não era errado, porque minha família, apesar de católica, sempre me fez acreditar que o mundo é cheio de mistérios e se revela de formas diferentes para pessoas diferentes.
    Enfim, desde os 12 anos de idade, agora com 17, estudo sobre magia e as suas diferentes práticas, porém eu me sinto perdido agora. Por favor, não entenda errado, eu super me identifiquei com os relatos daqui, inclusive os seus, mas há algum tempo eu sinto como se as energias ao meu redor estivessem em conflito, como se estivessem me atormentando.
    Não sei ao certo, mas eu sinto tantos deuses, suas energias fluindo através de mim, como se me avisassem sobre algo, mas quando tento contato, eles ficam em silêncio. Eu até pedi ajuda a deusa que pensei ser minha madrinha, Vênus (sim, achava, já que eu não sei como se descobre isso depois que li em seu blog) e a que eu sentia a presença mais forte, mas ela não parece mais querer compartilhar sua energia comigo. Eu não aguento mais essa sensação esmagadora que me dá vontade de chorar, você poderia me dar alguma dica?
    Beijos!
    P.S: Acabei de entrar na pág. do Face.

  3. Olá… Bem, ultimamente eu olho para todos em minha volta e sei que tenho algo diferente, que eles não tem. Estou sendo muito atraída por coisas místicas, livros de ficção fantástica e sinto que tem uma grande coisa dentro de mim e ela se chama Magia. Minha mãe tem a mesma coisa, mas tenho receio por onde começar, pois aquele velho ditado me atormenta, ” Não entre em território desconhecido. ” Mas sinto que quando eu assumir esse grande poder dentro de mim eu vou ter uma vida melhor. O que você acha?

  4. Eu sou espírita e fui iniciada na umbanda sei que minha mãe é Iemanjá e fico muito satisfeita com isso ,mas gostaria de saber como faço pra descobrir qual é minha Deusa ou Deus ,tenho uma intuição aguçada e sempre fui facinada por bruxaria .

  5. Muito boa trade.comecei a ler ha pouco tempo Como ser bruxo e a iniciacao e sertas coisas encaixa com a minha pessoa.podia me ajudar a ser um bruxo?muito obrigado desde ja

  6. Desde pequena me interesso por coisas consideradas sobrenaturais, porém nunca consegui aceitar a crença do deus católico (como me foi ensinado). Sou bastante curiosa, e observadora, apesar de achar que isso era uma das características da timidez (e até me considero tímida, apesar de me “soltar” quando me sinto confiante). Não sei porque, mas tô me interessado bastante pela bruxaria, já li livros Wicca mas ainda não consigo me encontrar nessa religião, porém lendo seu texto, ao ver você citar que nem todo bruxo acredita em um deus/deuses, me deu um pouquinho de esperança… pois apesar de me considerar agnóstica eu nunca consegui aceitar a ideia de que somos “sozinhos” no mundo, passando a me denominar como uma agnóstica teísta, mas não acreditando necessariamente em um deus, e sim no poder do universo. Gostaria muito de aprender mais sobre bruxaria é até pretendo me aprofundar o máximo que puder na aprendizagem, mas não sei se sou ou se devo me considerar uma bruxa, sou muito indecisa e isso me leva a não conseguir “seguir adiante”.
    No entanto, gostaria de te parabenizar pelo excelente texto, me esclareceu muitas coisas, e sei que se um dia, talvez quando eu estiver preparada para me encontrar realmente, você vai ter sido de grande ajuda!
    Agradeço muitíssimo.

    • Apenas estude, menina.
      Não é necessário uma religião para acreditar em uma divindade ou universo ou num poder acima de nós.
      Não é necessário religião para praticar magia, para aprender sobre energia.
      Não precisa se considerar nada. Apenas estude e faça o que sentir que deve.
      Rótulos não importam.

  7. Ahh nossa, emocionei-me com estas palavras. Suas verdades, me fizeram enxergar as minhas e descobrir que são as de muitos. Também identifiquei-me absurdamente com o trecho: “então descobri que era hora de começar a procurar por pessoas!”… Procurar por pessoas que entendam, compreendam, aceitem, que somem a minha vida, é algo que sempre busquei meio que inconscientemente, pois sempre acreditei que as pessoas que me cercavam de nada me acresciam, muito pelo contrário, retiravam, inconscientemente também, devo admitir, mas retiravam e tentavam destruir e/ou modificar meus sonhos, crenças, ideias e ideais, personalidade, ou seja, quem sou… Um bruxo! (e ainda ocorre, pois, como simplesmente cortar um relacionamento com as pessoas que no momento sustentam você? Não há!)
    Enfim… É sempre bom lembrar que não estamos sozinhos nessa jornada, não é?!

    Profundas e bem formuladas palavras… 🙂 <3

    • Bianca srsrsrsrs
      Ser bruxa é viver a magia, como dito no artigo.
      Acreditar em deuses ou não é uma decisão sua.
      Só não entendi a pergunta da carne haahuahauhaauha ser bruxa não quer dizer que você tenha que ser vegetariana, ou vegana ou seguir qualquer outro tipo de alimentação específica.

  8. Oii,eu sou bem nova mas me interessei pela bruxaria por vários motivos,estou gostando muito e gostaria que você me ajudasse a compreender melhor.Quem sabe viramos amigas bruxas?Se for possível me chama no wats,aí eu te explicarei bem detalhado tudo.Muito Obrigada ❤

  9. Eu to lendo, mas nao consigo me concentrar tem muito barulho a .inha volta, chegar em casa vou ler. Sou Curioso tambem, gostava de ver filmes de bruxas, aquelas coisas bem de filme mesmo, achava incrivel e eu penso que tudo o que pode ser envolvido dentro desse meio é tudo questao de entendimento do ambiente. (me corrija se eu estiver errado), irei ler tudo, acredito no meu potencial e que finalmente posso ME achar como pessoa. Seu site e seus posts sao ótimos.

  10. boa sua introdução, só esqueceu de dizer que é uma porta que não se volta mais…falo isso, pois a 50 anos pratico a magia…e o aprendizado é eterno, e o preço…maior ainda.
    fique na luz , porque das sombras cuidamos nós.

  11. Você consegue se expressar tanto pelas palavras, eu consigo sentir a sua paixão em cada letra, frase, parágrafo. Você tem um dom. <3 Há um tempo atrás um amigo meu me disse sobre a Wicca, mas algo ainda me segurava. Hoje não há mais nada e tô preparada para seguir e me dedicar ao máximo. Adorei o seu blog! *-* Beijos

  12. Oie florzinha, ainda não sou iniciada e estou estudando algumas coisas, em um todo por em quando.
    minha historia de descoberta é um pouco diferente e quero te contar;
    quando eu era pequenininha tinha uma mania de misturar tudo o que é tipo de ervas e flores, dizia que eu era uma bruxa e ia curar todo mundo, começou dessa forma, não via bruxaria como algo ruim. Minha família é cristã e logo colocaram na minha cabeça que bruxaria é do demônio e bla bla bla… eu não entendia porque falavam isso, sendo que pregam o amor ao próximo, a dar a outra face ao ‘inimigo’ mas enfim… depois de alguns anos aproximadamente 12, uma mãe me pediu para fazer uma oração no quarto dos filhos dela que estavam muito agitados e não conseguiam dormir, eram gêmeos e tinham apenas 1 aninho, fiz a oração os peguei no colo, sentia o que eles sentiam, então peguei dois ursinhos que eles tinham no quarto e pedi que a mãezinha tirasse eles do quarto. Feito isso as crianças dormiram tranquilamente…
    E agora conheci meu namorado, bruxo wiccano, começou me perguntando se eu sabia o que era totem, e me contou sobre o dele, fiquei fascinada, hoje ele me ensina tudo o que sabe e eu ensino tudo que aprendo. Realmente nasci bruxa e vou morrer assim, amo a magia e a arte… Me sinto confortável, até fiz meu grimório e anoto tudinho que aprendo, inclusive muitas delas é você que me ensina.
    Muito obrigada e que a deusa te proteja e te dê muita sabedoria e luz, você é uma benção!!!

  13. fiquei emocionado e muito bom saber que tem pessoas que passaram pelo o que eu estou passando i comigo ta sendo bem parecido com o oque aconteceu com você seu trabalho ta lindo de verdade

  14. Boa noite… Meu nome é Bianca, e tenho 16 anos, lendo o seu texto, me identifiquei muito contigo, até o fato de ser libriana também. Estou adorando os textos e logo comprarei o tarot, que sempre quis ter mesmo..

  15. Cara comigo foi a mesma coisa, comecei no tarot so por curiosidade e quando vi estava estudando cada vez mais coisas e sou exatamente dessa forma que o seu texto mostrou. Leio gestos das pessoas, as vezes parece até uma telepatia, leio mãos,… Parece que a gente tem outra forma de ver as coisas, uma forma diferente de encarar o mundo que ninguém mais parece ter e que fascina os outros.

  16. Olá, acabei de ler sobre o assunto e adorei, já havia pesquisado sobre os Wiccas e li em vários livros, o mais comum para os jovens é o Harry Potter kk
    Bem… gostaria de saber mais sobre os Elementais, Terra= físico, Água=sentimento e os outros 2? Obrigada 😉

  17. OI! Adorei seu texto. Gostaria que as pessoas enviassem mais como descobriram que eram bruxas. Eu tive a grande sorte de nascer numa família onde o acesso a esse tipo de informação era livre, desde a infância. Além disso, cresci na floresta na companhia de… bom, inspiração. Infelizmente houve uma época da mi8nha vida que tive que usar magia para realmente me proteger. Mas, enfim cheguei aos dias de hoje para ver um mundo onde os bruxos podem falar sobre magia sem medo. Isso é muito bom!! Abraço e muita paz!!

  18. Parece que esse texto falou sobre mim! Sempre me falam: parece até que vc é bruxo! Rosea, minhas intuições são bem fortes e na maioria das vezes certeiras, sinto a energia dos ambientes, das pessoas, sinto o perigo, enfim pretendo me aprofundar mais nesse conhecimento. Outra coisa, parabéns pelo blog e obrigado por ajudar pessoas que pensavam estar sozinhas como nós!

  19. Descobri que há muito sou uma bruxa com o seu blog e especialmente com esse texto, me identifiquei! Estou adorando tudo aqui e vejo que finalmente me encontrei. Grande abraço e obrigada. Mi

    • Sabe, Larissa, todos podemos estudar matemática, se formar e virar professor de matemática… porém, sempre terá aqueles com mais aptidão e serão melhores. Assim é tudo na vida. Não seria diferente com a magia. Você pode estudar, praticar, ser uma bruxa, porém cada um tem seu ponto forte e ponto fraco, logo, não somos todo iguais, mas podemos todos aprender a bruxaria 😀

  20. Incrível como o começo do texto fala sobre minha pessoa, minha intuição. Já sabia que eu era uma bruxa, mas não sabia que os detalhes estavam tão claros assim. Aprendi sobre o espiritismo baseado no kardecismo, achei por um tempo que esse era o meu lugar, mas enquanto os outros seguiam o aprendizado na reta eu me desvirtuava interessada nas curas pelos cristais, a cromoterapia, etc. nessa mesma época havia um lindo amigo bruxo que me ensinava a me proteger e que vê o mundo dos dois lados ou seja, convive com vivos e os que já fizeram a passagem. Incrível! Enfim, tempos depois descobri que eu era mais espiritualista do que espirita, e passei a ler tudo que chegava as minhas mãos, hoje + fácil com a internet. Lendo esse texto passou um filme pela minha cabeça, tudo que já li, já fiz sem ao menos ter a certeza que estava correto. Obrigada!

  21. Como sei que posso ser ? Quer dizer, se sou escolhida para isso e etc? Sempre fui gostei de magia e etc, na verdade, tenho uma sensibilidade grande na “parte espiritual”, mas quando tive uma filha aos 17 p/ 18 resolvi sessar, mas a uma semana, minha amiga de trabalho tem falado de mal olhado, e procurando ajuda-la, encontrei o blog. E me interessei, e apesar de me atrair muito e de me alegrar, nao sei se sou escolhida para tal.. é um sentimento meio estranho dentro de mim, é como se o “mundo” em minha casa nada hostil quisesse me “banalizar” entende? Ah, tenho 19 e felizmente estou me mudando!

    • Boa tarde!

      Moça, não entendi o “escolhida”, mas vamos lá:
      TODOS NÓS possuímos poder dentro do nosso ser, e cada pessoa manifesta esse poder e dons de uma maneira diferente. Quer seguir o caminho que desperta isso dentro de você? Então será uma bruxa.
      Que bom que está se mudando, assim poderá estudar e praticar sem medo.
      Quanto ao mal olhado, proteja-se. Tem vários feitiços contra inveja no blog!

  22. Eu me interesso por magia faz uns 2 anos, mas nunca pesquisei nada sobre, esses dias me deu a louca e resolvi pesquisar sobre esse assunto e estou gostando, queria muito que você me aconselhasse, me ajudasse <3 pode me mandar um e-mail? agradeço se puder danielgrigorigf@gmail.com

  23. Estava lendo sobre bruxos e tudo mais q você disse, e cheguei ao ponto de perceber que me incaixo em cada um das descriçoes feitas…. ” bruxos sao solitarios… Curiosos.. Analizam tudo e todos… Sao tolerantes independente do assunto. Etc.”…. Quero muito me tornar um bruxo, pois acho magnifico mecher com energias além da minha, mas também para eu aprender a dominar minha própria energia.

  24. Eu decidi seguir por esse caminho bem recentemente. Tipo, bem mesmo. Estamos falando de “Nesse fim de semana”. Tenho 19 anos, tá? > A <)
    Mas a verdade é que eu sempre me identifiquei muito com esse estilo de vida, desde quando eu era uma criança e ficava andando maravilhada pela loja esoterica que tinha perto de casa, sem entender porque meu pai nao me deixava comprar nenhuma daquelas coisas
    Com 11 anos, eu colecionava a revista WITCH. Eu sempre ia direto nas matérias sobre esoterismo. Tinha de tudo. Tarot, zodiaco, numerologia, como ler a palma da mão, runas, dicas de meditação… Sem falar que sempre tinha um brinde do estilo. Meus favoritos, lembrados com carinho pelo meu coração, foram um mini baralho de tarot que eu usei até ficarem gastos e um saquinho que veio com cinco pedras: uma ametista, uma ônix, um quartzo rosa, um quarzo branco e uma quinta pedra a qual não me lembro mais qual era. Saudade das revistas A < )/

  25. kkkkkkkkk mais um vez obrigado !!! fui depois que li fui correndo para ver oque era tarot e meu eu tenho que comprar serio!!! entrei num jogo na net de tarot cara foi meio dificio de entender mais entendi kkkkk serio uma surpresa atras da outra

  26. Nossa! N sei como mas me identifiquei em td o q vc disse, tirando a parte do tarot…passei a me enteressar por causa de uma série kk, eu sou desse jeito q vc descreveu…fiquei feliz de saber que td o q eu imaginava sobre as bruxas era real, sabe qnd agente sente que somos meio diferentes….entao, tentei Para de pesquisar sobre as bruxa, pq minha irma disse q era coisas do diabo, mas do nada me deu algo e tive mais vontade ainda de saber sobre as bruxas!!

  27. Bom Rosea amei seu blog, eu amo ler livros e tambem sobre coisas e conhecer coisas novas e como eu acredito nessas coisas de bruxas , feitiço e etc.. resolvi saber mais sobre a bruxaria e achei o seu blog e de todos q e vi o seu é o mais complexo .. acho q encortrei o que estava faltando em min . Eu meio q ja sintia a energia das pessoas e dos lugares q eu estava eu achava q era besteria da minha cabeça mais quando eu comecei a ler sobre bruxas percebi que isso é meio normal e como voce eu acho o tarot incrivel .. bom vou ler mais um pouco dos seus artigos para enteder mais.
    Parabens pelo blog !! Ele vai ir para minha pagina de favoritos *.*

  28. Primeiramente parabens pelo blog..
    Eu venho a pouco tempo a me interesar por coisas paranormais, sobrenaturais e principalmente por magia..Procuro muito sobre magia e aprendo um pouco mais issu nao e o suficiente e procuro por ajuda de um qe teen esperiencia na magia ou alguem qe nao e e tambem qer ajuda..
    Boon vou dxar meu e-mail pra qeen quiser me ajudar ou pra qeen qer ajuda nois poderiamos conversar..
    Lavinia.dejesuskinhs@facebook.com
    Ahh eu procuro ajuda msm pois qero muito ser uma bruxa e esse e meu sonho desdos meus 10 de idade..

  29. Rosea, a poucos anos descobri o prazer pela leitura, e agora sinto-me uma devoradora de livros… e no meio deste (ainda) pequeno jantar, vim parar aqui no seu blog, eu acabei de ler “o livro perdido das bruxas de salem” Katherine Howe… e então tenho procurando igual uma louca sobre livro das sombras, querendo saber o que vocês bruxas têm a nos dizer/ensinar.

    Já fui uma pessoa mais “sensitiva” do que sou hoje, acho que o meio acadêmico e outras coisas me engessaram. Mesmo assim, acho que não me encaixaria no perfil bruxa, porque estou longe de tantas revelações.

    Adorei seu blog, muito bacana dividir sua história de como conheceu a bruxaria!

  30. Olá Rosea, gostei mt de sua história, eu sempre fui curiosa para saber o que é o mundo mágico dos bruxos e bruxas, estou lendo os seus textos, são incríveis! Queria saber como posso melhorar minhas habilidades em relação à bruxaria.

  31. Sempre, em toda a minha viida fui fascinada em magia, sempre curiosa pesquisava, sempre que eu tinha um tempo livre sobre a magia, minha famìlia, nunca aceitou o fato de eu ficar horas e horas, vendo magia, e diziam,me que eu era louca e me enternariam… Mas, nunca parei de pesquizar, já com outra maturidade encontrei estas instruçöes e acabei vendo, que sou realmente uma bruxa, eu sempre fui, só que não tinha vo8a mea aceitado, agora, agradeço a você Rosea, que me permitiu ver quem realmente sou, me libertando de uma face que nunca me coube ao certo, mais uma vez obrigada…

  32. Estou principiando meus estudos e me identifiquei muito com seu texto. é necessário se filiar a algum grupo para se definir bruxo(a)? Espero resposta. Beijos iluminados!

  33. Rosea,

    Já ouvi falar que é preciso ganhar de presente seu primeiro baralho de Tarot antes de começar a ler. Isso é verdade? Como você acha que isso pode interferir no aprendizado? Eu me interesso muito por Tarot, mas ainda não comecei a estudar realmente porque ainda não fui presenteado com um baralho, a despeito de já ter pedido às pessoas, rs… às vezes me pergunto se isso não será um sinal – ainda não ganhei porque ainda não chegou o momento. Será?

    Um beijo,
    Blessed be!

    Zoé

    • Zoé, dizem muitas coisas acerca do tarot… eu não ganhei o meu primeiro tarot e ainda assim nunca tive problemas com meus jogos, fossem para os outros ou para eu mesma! Compre um tarot! Tente jogar, tente descobrir o significado de cada carta… jogue de vez em quando, com alguma pergunta sobre si mesmo! Faça! VocÊ vai ver e entender! Recomendo para começar, que compre o Tarot de Marselha ou o Tarot Wicca se você for dessa religião (talvez se adapte melhor e terá a fixação dos símbolos que são tão úteis!)
      Beijokas!!

      • Obrigado pela dica, Rosea! Vou dar uma olhada nos dois baralhos e ver qual me atrai mais. Estou animado para aprender, bom saber que eu já posso começar, haha <3 Beijo!!

  34. Olá, tenho meu nome é Douglas e tenho 15 anos, eu sempre tive a impressão de que algo tinha dentro de mim, que precisava ser liberado…não sei o porque mas algo me diz, que sou um bruxo, achei esse site, maravilhoso, está me ajudando muito, vou ler muito, antes de tentar fazer um feitiço. tenho um pouco de medo, por favor poderíamos conversar por e-mail? desde já, muito obrigado.

  35. Boa noite, Rosea. Além de ter gostado do post, me identifiquei muito com o que você escreveu. Sou moderador de uma comunidade no Google + e gostaria de pedir sua permissão para reproduzir a primeira parte do post na comunidade.
    Abraços e boa noite.

  36. olá eu gostaria de me tornar um bruxo mas sou um homem e em seu site só encontrei dicas para mulheres.
    como posso fazer. Eu diria que tenho todas as qualidades para ser um bruxo adoro ler, sou curioso em relação a tudo principalmente com a magia deuses e etc.
    Eu me sinto deslocado fora de tudo, já procurei varios tipos de religião mas não me identifiquei com nem uma, e hoje lendo seus artigos e parece ser o que eu procuro o vazio que você fala eu o sinto e nada parece tapa-lo e eu gostaria de ajuda, ou melhor eu preciso de ajuda.

    • Olá Elvis!
      Bom, quanto a sua afirmação sobre só ter info para mulheres… está bem enganado! As informações são tanto para mulher quanto para homem, apenas o nome do site é no feminino… Existe sim, um artigo direcionado somente para mulheres (sagrado feminino), mas também existe artigo somente para homens(sagrado masculino)!

      Que tal começar por esse artigo? Fiz exatamente para quem está na sua situação: http://oficinadasbruxas.com/quero-aprender-ser-bruxo/

      Qualquer coisa deixe outro comentário 🙂
      Bjosssss!

  37. Eu sempre AMEI a bruxaria tradicional,me lembro bem que descobri o que eram bruxas quando assisti “Jovens Bruxas”; é eu sei desculpa batida da maioria dos bruxos da antiga…rs
    Bem, achei tudo fantástico,mesmo sabendo que tudo aquilo era Hollywood,mas me fez pensar fora da caixinha sabe,meus pais me criaram(quando tinham tempo é claro) fazendo acreditar que TODO O MUNDO era católico e que se uma pessoa fosse diferente,era mentira dela.Porque bruxas não existem,e quem ousasse dizer que era bruxa, era para eu sair correndo pois provavelmente essa pessoa era uma pessoa muito perigosa.
    Continuando,eu também sou apaixonada pelo tarot e faço coleção deles(estou começando),no começo eu sabia jogar tarot e ler mão…porcamente mas sabia!
    Meus pais chamaram minha atenção e,foram categóricos ao dizer que ninguém gosta de pessoas diferentes e que bruxas não existe e que,tarot e leitura de mão era coisa de ciganos e que os ciganos não são pessoas confiáveis,como sempre eles só fizeram jogar um balde de água fria na minha cabeça para tudo que eu gostasse e que fosse diferente.Confesso que foi burrice minha abandonar uma coisa que eu AMAVA para ter a aceitação deles,bom ser filha única é muito difícil,ainda mais quando seus pais não gostam de você.Parece que ter a aceitação deles a todo custo é mais importante do que achar petróleo no quintal.Depois de quase 2 décadas eu estou voltando as minhas origens na bruxaria tradicional,to seguindo um caminho que eu acredito que seja verdadeiro e benéfico acima de tudo e, já os meus pais,eu já não preciso provar mais nada,pois já superei o fato deles não gostarem de mim do jeito que eu sou!
    As vezes a gente escolhe várias religiões para suprir algo que falta dentro de você,e eu tenho larga experiencia ao dizer que nem se você for batizada em todas as religiões do planeta,você não vai se sentir bem, enquanto você não consertar o que está estragado dentro de você.E sim vai demorar um pouco até você perceber o que de fato está errado na sua vida!

    • Poxa Scarlett, acabei de ler seu comentário e confesso que fiquei emocionada! Você é bem parecida comigo amiga, e te admiro pela sua coragem de voltar às suas origens! Não é fácil mesmo, sei como é, e acredite, centenas e milhares de outros bruxos passam ou passaram pelo mesmo! Concordo plenamente com sua posição ao dizer que ” nem se você for batizada em todas as religiões do planeta,você não vai se sentir bem, enquanto você não consertar o que está estragado dentro de você.E sim vai demorar um pouco até você perceber o que de fato está errado na sua vida!”. Obrigada por deixar seu comentário para outras pessoas verem que não estão sozinhas!

  38. Muito legal,é mesmo assim,a magia nos escolhe ,não tem jeito ….vç foi escolhida ,cada um em seu tempo……muito bom este texto ……me encontrei nele…..Parabéns……

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here