Pode ser sem querer, pode acontecer mesmo a gente sabendo que está fazendo besteira. É, acontece. Todos nós cometemos ou já cometemos alguns deslizes.

“E lá vamos nós!”

e la vamos nós

Você comete um deslize quando…

– Faz um feitiço sem acreditar que vai funcionar;

Pois é… o feitiço é um auxílio para uma vontade. Ele é movido pela energia que você gera, o desejo, sua fé, sua positividade. Se você não acredita, não terá energia. Aí adivinhe? É, não vai funcionar.

– Faz uma oração achando que não estão nos ouvindo;

Se você vai orar, então que seja com suas palavras, de coração, que peça, e que agradeça. E que acredite que tem alguém te ouvindo. Seja universo, sejam deuses, anjos, guardiões… Sempre terá alguém ouvindo. Sempre nos escutam, o problema é que queremos tudo para ontem, não pensamos se merecemos e muitas vezes queremos que caia do céu, sendo que as coisas que pedimos muitas vezes aparecem como oportunidades! Deixe de pessimismo e abrace todas as oportunidades!

– Desacredita que temos guardiões;

Sim, você tem guardiões, o que não significa que você irá vê-los. Alguns escutam, alguns vêem, mas a maioria não vê e nem escuta. Não tem porque desanimar. Confie neles. Sempre que puder, acenda uma vela branca e conecte a energia de vocês, ajude-os a terem mais forças com sua confiança, agradeça. Pense nos guardiões como aquelas pessoas que nunca vimos em nossas vidas, mas existem, e já nos ajudaram sem sabermos.

– Não vê aprendizado numa situação ruim;

Toda situação, boa ou ruim, tem um aprendizado. Fulano foi um babaca com você? Taí um exemplo de como NÃO agir com os outros. Ciclano te enganou? Taí um exemplo de NÃO ser bobinho e aprender a prestar atenção na sua intuição.

– Não aceita que a vida muda;

Às vezes é um porre ter que mudar tudo. E de novo. E de novo. E… de novo!!? Seja de companheiro, seja de casa, seja de faculdade, seja do que for. A vida muda, e vai continuar mudando. Evoluindo. Te tirando da zona de conforto. Trazendo e levando pessoas. Te fazendo mudar de ideias, de caminhos. Evolua com a vida.

– Não aceita que teremos ganhos E PERDAS;

É bom ganhar algo, se dar bem… mas e quando perdemos algo? Será que é culpa de alguém? Será que foi o Mal que quis assim? Ou será que era necessário também? Afinal, quem nunca pediu para se livrar do mal? Muitos de nós nos recusamos a perceber os lobos em pele de cordeiro, mas eles existem, e vivem lá morrendo de inveja de você, do seu trabalho, família… enquanto finge ser seu amigo, namorado, se fingindo de alguém que se importa com você. Acontece também quando alguém da família morre. Dói, é triste, vai dar saudade… mas tinha chegado a hora dela. Aconteceu, não tem como voltar. Ore por esse espírito, que faça uma passagem tranquila. Acenda uma vela, faça algum feitiço ou ritual, se sentir necessidade, mas liberte-se e permita que a pessoa encontre o descanso. O marido pediu divórcio e está com outra? Bem, deixe-o ir. Não adianta querer fazer ele voltar. Foi porque quis. Sim, você vai sofrer, tenha seu momento e permita-se chorar. Mas depois precisa seguir adiante. vocês viveram um momento, e está na hora de viver outros momentos. Perdas também são importantes para lidarmos como nosso eu, com nossos defeitos, carências, medos.

– Esquece de se proteger espiritualmente;

Nunca pense que não precisa fazer aquele banho de proteção, ou que você está livre de energias negativas. Tem gente que é tão pesada energeticamente que só o fato de ela entrar num local as pessoas já ficam caladas, ou estressadas. Proteja-se sempre. É uma energia negativa aqui, um mal olhado ali, um deslize lá… e quando for ver, você está um poço de problema.

– Acha que inveja não afeta sua vida;

Ah, mas quem vai invejar minha vida? Epa! Não diga isso! Pode ser algo irrelevante para você, mas sempre tem alguém invejando algo na sua vida, algo em você. A inveja é um negócio tão preocupante que precisei fazer um tópico só pra isso. Se tem crianças em casa, proteja a casa (Dá uma olhada no artigo: Quebranto). Tem gente que inveja sem saber que está invejando. E lá está você sem entender porque seu filho anda doente do nada, sem entender como seu emprego simples anda dando tão errado. Como seu cabelo tão lindo ficou tão ressecado… E você não consegue imaginar quem possa ser! Por isso… proteja-se. Sempre busque banhos, feitiços e rituais de banimento de energias negativas, de inveja… Por mais rodeado de gente boa que você esteja, sempre tem um invejoso…

– Faz apenas rituais visando material;

A magia, com o tempo, acaba se tonando um caminho espiritual – não exatamente uma religião. Quanto mais longe você caminha, mais você aprende sobre seus guardiões, forças da natureza, do universo… e descobre que a gratidão é poderosa! Então, os ingratos não têm vez. Se você só invoca os poderes do universo, dos deuses, dos guardiões, elementais e outros seres de luz para pedir… tenho péssimas notícias: você vai notar que as coisas não vão durar nada. Aí  é o típico caso onde você escuta as pessoas falarem “poxa, eu apelo pra todos os santos e nada dá certo”. Será que a pessoa agradece..? Será que visa mais do que material para si mesmo? Procure o autoconhecimento, proteção, busque poder ajudar (acredite, uma simples oração de coração vale muito), busque apenas estar em sintonia com a magia, a espiritualidade. Busque evoluir. Pode pedir, mas busque equilíbrio entre pedir e agradecer, entre material e o espiritual.

– Invoca deuses e seres de luz apenas para pedir, nunca para agradecer…

Como acabamos de ver, a gratidão é algo poderoso. Se ainda não entendeu isso, vou desenhar: imagina que você faz um favor pra uma pessoa e ela simplesmente some depois. Sem um “obrigado”. Ou melhor, imagine aquela pessoa que só aparece para pedir. Nunca ajuda em nada, só pede, só suga você. Os deuses, os seres de luz, eles não são cegos, nem bobinhos. Não, você não está enganando nenhum deles. Você pode mentir pro mundo todo, mas pros deuses não. Pro astral, não! E eles vão te ensinar de um jeito ou de outro a ser grato. A gratidão é uma forma de amor, de auxílio mútuo para evolução. Então, agradeça. Hoje foi um dia de merda, mas aprendi que não devo mais fazer tal coisa e nem a confiar em tal pessoa. Obrigado. Agradeça. Simples assim. Bote isso no costume. Bote isso na sua vida, pros outros, pra si mesmo. Hoje eu fui muito besta de não confiar em minhas capacidades. Pelo menos aprendi que fui besta, não serei da próxima vez. Agradeça. Agradeça a si, ao universo, aos deuses, a quem for.

Agradeço por ler esse artigo, por ajudar a si mesmo!

Beijinho!

Autor: Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor. 

Quer ver outros posts? Clique nos seguintes links a seguir:

32 COMENTÁRIOS

  1. Rosea, sou sua fã…amo seus posts…adoro a forma que escreve…faz com que estudantes solitarios como eu nao se sintam só.Que os deuses continuem te abençoando hoje e sempre!

  2. Obrigada, Rosea. De todo coração. Agradeço por todas as vezes que já nos ajudou, agradeço por todos nós (principalmente por esses ingratos, que já vi muitos!! rsrs) 😀

  3. Oi sou a clarissa d macae rj e sou medium só q corro dos meus dons, jogo tarot des dos meus 9 anos! Tenho um amor enorme por bruxas sempre quis estudar, conhecer e viver todo esse amor! só q n sei por onde começar! Se alguém poder me ajudar nesse passo ficarei muito agradecida!

  4. Meus parabéns Rósea, só tenho a agradecer por ter encontrado seu blog e perfil no face, tem transformado e mto a minha vida e eu compartilho isso com quem puder. Leio seu blog toda madrugada, é a luz q ilumina o meu dia. Gratidão imensa!!
    Bjuss de Luz

  5. Mais um dos seus posts que caiu como uma luva pra mim, quanta informação importante, muita coisa que eu estava precisando ouvir… De nada adianta querermos o muito e deixamos essas pequenas atitudes de lado. Muito obrigada Rosea! Por esses e tantos post que nos ajudam toda semana, parabéns pela dedicação ^^

  6. Poxa, tem sempre essas “pequenas” questões como agradecimentos que em alguns dias esquecemos(a questão de “há males que vem para o bem” eu só aprende recentemente). Parabéns!

    Conhece seu blog hoje, mas achei muito interessante!

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here